Reavivados por Sua Palavra


I SAMUEL 3 – COMENTARIO PR. HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
8 de junho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Em julho de 2015, quando no UNASP Campus Engenheiro Coelho-SP, cursando um mestrado em Teologia Pastoral, assisti, com a Ketlin, minha esposa, a um sermão do Pr. Valdecir S. Lima. Dentre frases e aplicações impressionantes desse excelente orador e proclamador da palavra de Deus, uma, em especial, chamou-me a atenção:

“A igreja nunca será o que você quer que ela seja; ela será aquilo que você é”.

Isso vale não apenas para a liderança eclesiástica como também é relevante aos membros da igreja em geral. Nos dias dos juízes tanto líderes do povo (os juízes) como o povo em geral viviam a religião de forma deturpada, vergonhosa, uma vida imoral.

Por causa disso, Ana orou e consagrou Samuel para uma obra especial.

Não adianta criticar, apontar erros, condenar líderes religiosos ou políticos; é preciso clamar a Deus para Ele te usar para influenciar, impactar e reavivar as famílias, a igreja e… por que não toda uma nação?

Quem era Ana comparada ao Sumo Sacerdote Eli? Ana era pobre, mulher, estéril, depressiva…; e, Eli, líder máximo da igreja, com dois filhos no ministério sacerdotal/pastoral…

Mas, quem fez a diferença: Ana ou Eli?

· Com Eli, líder espiritual negligente, a espiritualidade do povo descambou nos dias dos juízes a ponto de Deus fazer uma profecia (cap. 2:27-36) sem demorar cumpri-la na vida desse Sumo Sacerdote (vs. 11-18);

· Com Hofni e Fineias havia profanação/perversão do nome sagrado e do santuário a tal ponto de haver necessidade de Deus tomar providências imediatas para que as consequências nacionais não fossem piores;

· Como uma flor pura em meio às imundícias de uma sociedade imoral ligada à perversão da religião “Samuel crescia. O Eterno estava com ele, e a reputação profética de Samuel era impecável. Todos em Israel, de Dã, ao NORTE, até Berseba, ao SUL, reconheciam que Samuel era íntegro, um verdadeiro profeta do Eterno” (vs. 19-21).

· Deus falou pessoalmente ao menino Samuel, por estar ele disposto a ouvir Sua voz (vs. 1-10). De norte ao sul, Samuel tornou-se a influência que a igreja precisava. Porém, essa influência resultou, primeiramente, da poderosa influência de Ana.

Qual é nossa influência? Ao clamar a Deus, nossa influência fará diferença; ao reclamar/criticar/acusar seremos pessoas revoltadas/resmungonas/azedas em meio à indiferença religiosa!

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: