Reavivados por Sua Palavra


Apocalipse 2 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
22 de setembro de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (v.7)


Este capítulo apresenta as cartas às quatro primeiras igrejas de Apocalipse: Éfeso, Esmirna, Pérgamo e Tiatira. Cada uma delas representa um tempo profético na história da igreja cristã, mas também simboliza o estado espiritual do povo de Deus e a necessidade de perseverança frente às dificuldades que surgem, quer seja de cunho pessoal, quer seja coletivo.

A igreja de Éfeso ficava localizada na mais importante zona portuária da Ásia Menor, além de ser uma cidade muito conhecida por sua cultura e religião pagã. No meio desta sociedade corrompida, uma igreja cristã foi estabelecida e seu estado espiritual prefigurou a fase da igreja dos anos 31 a 100 d.C. Foi uma igreja que permaneceu firme em seus princípios e que perseverou mesmo em meio às provações. Porém, o seu zelo havia ultrapassado o amor. Na busca por fazer o que é correto, perderam de vista o principal. Precisavam redescobrir o “primeiro amor” (v.4). Jesus então lhes apresenta o caminho: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras” (v.5). Quando o conhecimento da verdade é desvinculado do amor, há uma quebra da perfeita conexão. Afinal, sem amor, nada nos aproveita (1Co.13:3). Só pelo amor que “regozija-se com a verdade” (1Co.13:6), venceremos e poderemos desfrutar “da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus” (v.7).

A igreja de Esmirna corresponde aos anos 100 a 313 d.C. Localizada na Ásia Oriental, Esmirna era uma cidade que ficava na rota comercial marítima e seu nome significa “aroma agradável”. O título de Cristo apresentado a esta igreja é, por si só, uma declaração de amor aos Seus filhinhos que tiveram de suportar fortes tribulações e muita pobreza: “Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver” (v.8). Perseguidos pelos que se declaravam judeus, intitulados por Jesus de “sinagoga de Satanás” (v.9), os fiéis de Esmirna tiveram de lidar com semelhante sofrimento pelo qual passou o próprio Salvador. Porém, o seu curto tempo de provação não seria nada comparado à gloriosa promessa: “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (v.10). A fidelidade não fora sempre provada ao extremo, mas a fidelidade nas pequenas coisas fortalece o espírito em doses constantes até ao tempo em que, frente à morte, a fé, a esperança e o amor prevalecem. O mais importante, no entanto, “é o amor” (1Co.13:13). O amor que nem a morte pode destruir: “O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte” (v.11).

Sendo a antiga capital da Ásia, a cidade de Pérgamo era um dos principais centros do paganismo, abrigando diversos templos pagãos, e representa a fase da igreja cristã do período de 313 a 538 d.C. Jesus Se apresenta como “Aquele que tem a espada de dois gumes” (v.12). Mas o que representa esta espada? O apóstolo Paulo escreveu: “Porque a Palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes…” (Hb.4:12). Algumas coisas são declaradas contra esta igreja: “a doutrina de Balaão” (v.14) e “a doutrina dos nicolaítas” (v.15). A história de Balaão nós conhecemos: um profeta que se deixou corromper pela recompensa de um rei pagão (Nm.22-24). Já sobre os nicolaítas não há um consenso sobre sua origem, mas o significado desta palavra de origem grega supõe que se tratasse de um povo autoritário e exclusivista. Eles precisavam retornar à Palavra, ou a própria Palavra os condenaria. Duas promessas são feitas aos fiéis desta igreja: o “maná escondido” e “uma pedrinha branca” (v.17). Ou seja, o pão do Céu e um “nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe” (v.17). Deus deseja dar de Sua provisão aos Seus filhos, e assim como mudou o nome de alguns de seus servos, Ele nos dará um novo nome que representará o que Ele realizou em nossa vida.

À igreja em Tiatira, que compreendeu a igreja de Deus do período de 538 a 1517 d.C., há uma mensagem de forte advertência. Mesmo representando uma igreja perseverante em fé, amor e serviço, foram tolerantes com a apostasia que a estava contaminando. Assim como Jezabel corrompeu o rei Acabe e todo o Israel com sua prostituição e idolatria, a igreja cristã estava sendo governada por semelhante doutrina. Mas, mesmo diante de tamanha apostasia, o Senhor convida a todos quantos desejam se manter incontaminados a conservar o que tem até que Ele venha (v.25). E aquele que não se permite ser governado pela apostasia deste mundo, Jesus mesmo prometeu dar “autoridade sobre as nações” (v.26) e “a estrela da manhã” (v.28).

Há uma recompensa real a todos que perseveram em conhecer não somente a verdade, mas que buscam o conhecimento da Palavra para conhecer o Senhor da Palavra. Lindos presentes nos aguardam no Céu! Vamos aceitá-los hoje?

Feliz sábado, herdeiros dos tesouros celestes!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Apocalipse2 #RPSP

*Participe deixando um comentário:


3 Comentários so far
Deixe um comentário

Feliz Sábado irmã Rosana🎀 Muito obrigado pelo clareamento à minha mente sobre tantos textos bíblicos. Comentários inspiradores. Deus te bendiga e em breve experimentaremos do Maná escondido, amém. Abraço da Irene. Contribuo no ministério de discipulado com recém batizados em Campo Grande MS igreja do bairro Amambaí. Ore por uma irmã que se batizou e não consegue permanecer longe do mundo… mas ela quer e está lutando. Obrigado 🙏

Comentário por Irene

Obg.👐 pelo comentário que tem me ajudado bastante na compreensão deste capítulo

Comentário por Rita Oliveira

Obrigada! Gostei deste comentário que me ajudou a entender melhor sobre o assunto, amém!

Comentário por Rita Oliveira




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: