Reavivados por Sua Palavra


TIAGO 5 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
4 de setembro de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas” (v.7).


As derradeiras palavras de Tiago nos exortam a olhar para o presente século. O Espírito Santo lhe revelara os piores problemas e as maiores necessidades dos últimos dias. Dentre os pecados perniciosos, as riquezas mal adquiridas e mal administradas são veementemente condenadas: “Tesouros acumulastes nos últimos dias” (v.3). Cristo mesmo já havia advertido: “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam” (Mt 6:19). O tolo se esquiva de tais palavras, construindo celeiros maiores a fim de viver “regaladamente sobre a terra” (v.5). “Mas Deus lhe [diz]: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?” (Lc 12:20).

A má administração dos bens que o Senhor nos dá, contudo, não será um mal maior do que o mau uso da língua. O julgamento parcial e o falso testemunho são fortes artimanhas malignas a fim de enfraquecer e destruir o povo de Deus. No sofrimento e na paciência, os profetas de Deus “perseveraram firmes” (v.11) no caminho do Senhor. E dois nomes em particular surgem no texto como modelo a ser considerado: Jó e Elias. A “paciência de Jó” (v.11) redundou em um fim que nem ele mesmo esperava. Assim como a fé de Elias e sua vida de oração o tornou as primícias dos vivos que serão salvos no segundo advento de Cristo. Realmente, a vida destes dois servos de Deus têm muito a nos ensinar.

De todos os livros históricos do Antigo Testamento, o livro de Jó é o único que apresenta uma cena do mundo invisível, relatando um diálogo entre Deus e Satanás. O grande conflito é desvendado e temos uma visão mais clara da intensa luta entre o bem e o mal. Jó era um “homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal” (v.1), e ao contrário do que Satanás sugeriu, nenhuma dessas características dependia das circunstâncias, mas faziam parte de seu firme caráter, que foi provado “no sofrimento e na paciência” (v.10). Já Elias, “era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos” (v.17). Sua confiança em Deus e vida de oração lhe renderam um ministério singular de restaurar a verdadeira adoração em Israel.

Nestes dois servos, encontramos algo em comum que será encontrado no remanescente dos últimos dias: a perseverança. Jesus assegurou: “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mt 24:13). Mesmo ante as dificuldades extremas que os assolaram, preservaram a firme esperança na vinda de Cristo. Foi com inequívoca certeza que Jó declarou: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim Se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus. Vê-Lo-ei por mim mesmo, os meus olhos O verão, e não outros; de saudade me desfalece o coração dentro de mim” (Jó 19:25-27). Jó representa a classe de justos que será despertada do sono da morte no grande Dia do Senhor. Elias, que em vida “subiu ao céu num redemoinho” (2Rs 2:11), representa a classe de justos vivos que será transformada “num abrir e fechar de olhos, ao ressoar a última trombeta” (1Co 15:52).

Não sabemos se estaremos vivos ou não quando Cristo vier “sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória” (Mt 24:30). É por isso que o nosso tempo de oportunidade se chama Hoje: “Hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais o vosso coração” (Hb 3:15). “Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores” (v.13). Que a nossa vida glorifique ao Senhor, e certamente Ele atenderá as nossas súplicas. Como Jó intercedeu por seus amigos e Elias orou para que chovesse, oremos uns pelos outros, quanto mais percebemos que o Dia se aproxima. Seja este o nosso lema até o fim: “Quer, pois, vivamos ou morramos, somos do Senhor” (Rm 14:8).

Bom dia, justos do Senhor!

Desafio do dia: Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. (v.13)

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Tiago5 #RPSP

*Participe deixando um comentário:


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: