Reavivados por Sua Palavra


I CORÍNTIOS 1 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
8 de junho de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

I CORÍNTIOS 1 – Onde existem pessoas juntas podem surgir problemas de relacionamentos. Numa comunidade de crentes são perceptíveis brigas, conflitos, desentendimentos; contudo, o verdadeiro evangelho visa impedir isso com seu poder transformador do caráter perverso do pecador.

Temos, neste capítulo, após uma saudação apostólica de Paulo aos crentes de Corinto (vs. 1-3), os seguintes pontos delineados por David Lipscomb, que precisamos considerar com seriedade:

1. Ações de graças por causa das vantagens espirituais dos crentes de Corinto (vs. 4-9);
2. Exortação à unidade e repreensão ao espírito faccioso (vs. 10-17);
3. A doutrina da cruz e a forma de apresentar tal doutrina em contraste com as tendências facciosas (vs. 18-31).

Deus não é um Ser que aprecia confusão. A guerra que se iniciou no céu (Apocalipse 12:7-9) não foi provocada por Ele, mas por Satanás. Essa guerra extinguiu-se no Céu porque seu causador foi expulso para a Terra; consequentemente, um grande conflito é perceptível em nosso planeta.

Quem gosta de brigas, não reflete o caráter de Cristo; pelo contrário, imita o mau comportamento do diabo. O orgulho e o egoísmo são características contrastantes ao efeito da presença de Cristo na vida do discípulo (Mateus 11:28-29).

Robert Traill diz o seguinte do versículo 30: Precisamos ir além da teoria, pois a…

• …sabedoria fora de Cristo não passa de loucura incriminatória;
• …justiça fora de Cristo não passa de culpa e condenação;
• …santificação fora de Cristo não passa de imundícia e pecado;
• …redenção fora de Cristo não passa de cativeiro e servidão.

Por isso, a vida sem Jesus é amarga, pautada pelo sofrimento, brigas, contendas e facções.

Quando aceitamos a cruz de Cristo e permitimos que o Espírito Santo crave nosso EU nela e, em seu lugar deixamos Jesus ser nossa sabedoria, justiça, santificação e redenção, então seremos bem diferentes do que éramos.

A vanglória será substituída por dar glórias a Deus. O egoísmo pelo altruísmo. A desobediência pela obediência. A independência pela dependência de Deus. O orgulho pela humildade. A ambição pela submissão. Assim desfrutaremos da essência de uma vida de qualidade, que promove e experimenta a paz divina.

Até mesmo igrejas nominalmente cristãs podem estar sem Jesus e era terrível a situação da igreja de Corinto.

• E tua igreja, como está?
• E você?

Reflita! Precisamos reavivarmo-nos? – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: