Reavivados por Sua Palavra


SALMO 119 by jquimelli
27 de fevereiro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Este é o capítulo mais longo da Bíblia e é dividido em 22 segmentos, cada um deles iniciado, no original, pelas palavras do alfabeto hebraico. Cada segmento ou estrofe é uma meditação sobre as excelências da Palavra de Deus e da importância dela em nossas vidas. É uma canção de amor apaixonado de Davi pela Palavra de Deus.

É incrível como Deus preservou a Bíblia ao longo da história. Ela é publicada em mais de 400 línguas e milhares de exemplares são distribuídos todas as semanas. Mais livros foram escritos sobre a Bíblia do que sobre qualquer outro assunto e mais escritores citaram a Bíblia do que qualquer outra fonte. Existem mais manuscritos antigos da Bíblia do que documentos de qualquer outro escrito antigo popular. Então, quando Davi canta a Palavra de Deus como uma luz que brilha na escuridão (v. 105), a evidência é esmagadora.

Muitas bênçãos nos chegam a partir do estudo da Palavra de Deus, mentalmente, fisicamente , e, acima de tudo, espiritualmente. Quando Jesus foi tentado no deserto pelo maligno, Ele dependeu unicamente das Escrituras (Mateus 4:1-11). Isso é o que precisamos fazer cada vez mais à medida que avançamos em direção ao fim dos tempos.

Passemos tempo com a Palavra de Deus. Não somente para aprender intelectualmente o que a Bíblia diz, mas para colocar em prática os seus ensinos em nossas vidas. Deus fala amorosamente ao nosso coração através da Bíblia.

Dwight Nelson
Andrews University, Estados Unidos

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/119 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/119/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/12/04/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 119 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



COMENTÁRIO SALMO 119 – PR. HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
27 de fevereiro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 119 – Bebidas alcoólicas, cigarros, drogas, sexo sem compromisso, jogos de azar, e todo tipo de prazer que é contra os princípios divinos apenas iludem, pois são apenas paliativos que apenas arruínam a alma humana.

Estudar a Bíblia de verdade, com oração e dedicação intensa, resulta em alegria e prazeres que superam aos prazeres mundanos mesmo concentrados. O Salmo 119 é o maior dos Salmos, o maior capítulo bíblico, com 176 versículos. Por que alguém escreveria tanto sobre a Palavra de Deus senão por prazer?

Uma síntese do Salmo realizada por E. W. Grand revela o apreço do Salmista pela Palavra divina:

1. A bem-aventurança de obedecer a Palavra (vs. 1-8);

2. Purificação pela Palavra (vs. 9-16);

3. Discernimento pela Palavra (vs. 17-24);

4. Insuficiência pessoal percebida por meio da Palavra (vs. 25-32);

5. O poder da Palavra (vs. 33-40);

6. Vitória por meio da Palavra (vs. 41-48);

7. Descanso e consolo por meio da Palavra (vs. 49-56);

8. A perseverança na Palavra (vs. 57-64);

9. A preciosidade da Palavra em bons e maus momentos (vs. 65-72);

10. Discernimento por meio da Palavra (vs. 73-80);

11. O aflito é fortalecido pela Palavra (vs. 81-88);

12. O caráter eterno da Palavra (vs. 89-96);

13. Sabedoria por meio da Palavra (vs. 97-104);

14. A Palavra é lâmpada e luz para todas as ocasiões (vs. 105-112);

15. Os perversos e a Palavra (vs. 113-120);

16. Separação e livramento por meio da Palavra (vs. 121-128);

17. Alegria e comunhão por meio da Palavra (vs. 129-136);

18. Zelo pela Palavra (vs. 137-144);

19. Experiência por meio da Palavra (vs. 145-152);

20. Salvação por meio da Palavra (vs. 153-160);

21. A perfeição da Palavra (vs. 161-168);

22. Oração e louvou por meio da Palavra (vs. 169-176).

Cada estrofe contém oito versículos, iniciando com cada uma das 22 letras do alfabeto hebraico – um magnífico poema artístico exaltando a Palavra de Deus revelada à humanidade.

Um ponto relevante deste Salmo é que não existe reavivamento espiritual genuíno, sólido e duradouro fora da Palavra de Deus (vs. 25, 37, 40, 50, 88, 107, 149, 154, 156, 159). “A Palavra de Deus tem um poder vivo, porque a Palavra escrita não pode ser separada de Sua pessoa” (Neil T. Anderson).

Sejamos reavivados pela Palavra – Heber Toth Armí.



SALMO 119 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
27 de fevereiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Já é tempo, SENHOR, para intervires, pois a Tua lei está sendo violada” (v. 126).


O maior Salmo e o maior capítulo da Bíblia é  para exaltar a excelência da lei divina. Para cada letra do alfabeto hebraico, há um parágrafo de palavras sábias e repletas de preciosos ensinamentos. Davi encontrou nos preceitos divinos a essência do caráter de Deus: o amor. 
“Quanto amo a Tua lei!” (v. 97). 

Apesar do grande conhecimento do salmista e da intimidade com a lei de Deus, ele os destacou como fontes inesgotáveis, como mandamento ilimitado (v. 96). Davi se colocou na posição de quem crê, vive e tem prazer em obedecer ao SENHOR, mas também como qualquer homem tendente a cair (v. 59). Com humildade e “de todo o coração” (v. 2), ele faz este pedido a Deus: “Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da Tua lei” (v. 18). Em guardar a palavra que sai da boca de Deus (v. 88) há felicidade real (v. 1), há pureza (v. 9), há prudência (v. 100), há verdade (v. 142), há justiça eterna (v. 160), há paz (v. 165).

Não estamos somente diante de um texto grande, mas de um enorme privilégio espiritual. Se o salário do pecado traz o resultado morte; se foi pela desobediência que o homem entrou na enrascada em que nos encontramos hoje, pela obediência encontramos o resultado vida. A Bíblia nos diz que Jesus foi “obediente até à morte e morte de cruz” (Filipenses 2:8). Por Sua obediência fomos salvos. Por Sua obediência recebemos a herança da vida eterna. 

Assim como o salmista, o sol não encontrava o nosso Salvador em Seu leito (v. 147 e 148). E o Seu exemplo assinou com propriedade o próprio testemunho de submissão à vontade do Pai. Precisamos, como Seus seguidores, sermos igualmente Seus imitadores. O Deus que não esqueceu Sua promessa e que se fez homem para servir, procura servos que não esqueçam dos Seus mandamentos (v. 176).

O mesmo Jesus que disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida” (João 14:6), é O mesmo que inspirou o Seu servo Davi a escrever que a Sua lei é o caminho (v. 14), a verdade (v. 151) e a vida (v. 144). Assim como Ele é a Luz do mundo, a Sua Palavra é lâmpada e é luz (v. 105). Cristo é o Verbo (João 1:1). Ele é a própria Palavra. E a lei é uma extensão dEle mesmo e de Seu caráter imaculado. 

“Já é tempo” (v. 126), amados, de levarmos a sério o que Deus estabeleceu como a lei sob a qual seremos todos julgados (Tiago 2:12). Percebam que este Salmo é uma oração. Davi  derramou-se perante o SENHOR da lei e em oração buscou a excelência da lei divina na sua vida. Não é exatamente isto que nos falta? Os líderes judeus foram achados em falta justamente porque seus padrões morais desvirtuados do real propósito da lei eram para agredir e acusar os seus semelhantes e não para apontar-lhes a salvação. Apesar de não ter o papel de nos salvar, a lei do SENHOR nos lembra a nossa condição de pecadores e nos aponta a nossa necessidade de um Salvador. E esta obra deve ser particular, pessoal.

Que assim como Cristo foi obediente até ao fim, por amor a mim e a você, que este seja o nosso desejo e a nossa oração: “Ensina-me, SENHOR, o caminho dos Teus decretos, e os seguirei até ao fim” (v. 33). Então, faremos parte dos restantes da descendência da igreja do SENHOR, “os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus” (Apocalipse 12:17).

Bom dia, “Bem-aventurados… que andam na lei do SENHOR” (v. 1)!

Desafio do dia: Divida o Salmo de hoje em três partes e estude-o em três horários diferentes, destacando o que você aprendeu. #PrimeiroDeus 

*Leiam #Salmo 119

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: