Reavivados por Sua Palavra


SALMO 117 by jefersonquimelli
25 de fevereiro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Introdução:

Este salmo, o mais curto capítulo da Bíblia, retoma a palavra “Aleluia”, que é o desfecho do salmo 116, e aplica aquela conclusão individual à raça humana inteira, convidando todos a participarem das experiências ali narradas. Bíblia Shedd.

Alguns comentaristas acreditam que o Salmo 117 tenha sido, em especial, o cântico entoado por Jesus e seus discípulos, antes de deixarem o cenáculo. Nesse momento de crise, Ele louvou, ao invés de murmurar ou se queixar (ver tb DTN, 672). (Conforme Comentário Adventista, col. 3, p. 997.)

O salmista convida todas as nações a louvar ao Senhor por Sua misericordiosa bondade para com o Seu povo. Jan Harry Cabungcal

Comentário devocional:

Este é o mais curto de todos os Salmos, no entanto sublime em seu conteúdo. Observe que nenhuma tribo ou nação é deixada de fora do convite glorioso para louvar o Senhor. Em Romanos 15:11 o apóstolo Paulo se refere a este capítulo, para demonstrar que, em Cristo, a misericórdia de Deus foi estendida tanto para os gentios quanto para os judeus.

Nestes dois versos podemos ver atributos suficientes de Deus para que O amemos e O louvemos. Estes atributos, a Sua misericórdia e a Sua fidelidade, são eternos como o próprio Deus, e foram registrados para nos lembrar que no meio da sociedade insegura podemos descansar seguros no amor de Deus.

O Senhor está esperando que proclamemos a Sua bondade e falemos do Seu poder. Ele é honrado pela expressão de nosso louvor e ação de graças.

Deus deseja que toda a vida do seu povo seja uma vida de louvor. Este estilo de vida expulsará o espírito de murmuração e queixa. Assim, Seus filhos cultivarão atributos de caráter que os prepararão para as mansões celestiais. Tal testemunho influenciará outros e será um meio eficaz para ganhar vidas para Cristo.

Peça a Deus para ajudá-lo a ter essa experiência hoje.

Jan Harry Cabungcal, neurocientista
Europa para Jesus, Suiça

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/117 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/117/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/12/02/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 117 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



SALMO 117 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO – PRIMEIRO DEUS by Maria Eduarda
25 de fevereiro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 117 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
25 de fevereiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Louvai ao SENHOR, vós todos os gentios, louvai-O, todos os povos” (v. 1).


Com apenas dois versículos, este é o menor Salmo e o menor capítulo da Bíblia. Contudo, sua mensagem é uma das mais abrangentes das Escrituras. De uma forma muito clara, o salmista deixa evidente que o convite a louvar a Deus não é para Israel apenas, mas para “TODOS OS POVOS”. TODOS são convocados a louvar Aquele que os criou e que os salvou: “Porque Deus amou ao MUNDO de tal maneira, que deu o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna (João 3:16).

Grande é a misericórdia do SENHOR “para conosco” e a Sua fidelidade é eterna (v. 2). Estes atributos de Deus são oferecidos à humanidade como presentes de Sua infinita graça. Não há uma explicação melhor diante de um Deus santo que aceita a adoração de seres corruptíveis.

Certa vez, ouvi alguém dizer que este Salmo tenha sido o que Jesus cantou com Seus discípulos logo após a ceia: “E, tendo cantado um hino, saíram para o monte das Oliveiras” (Mateus 26:30). Sobre isto, escreveu o teólogo adventista Jael Eneas: “Todos olham para Jesus. Ele se levanta e canta. Mesmo diante da expectativa de morte, Sua voz não era de lamento, mas, de júbilo. Timidamente, os discípulos foram se unindo a Cristo, e, todos passam a entoar o Salmo 117”. Creio que faz todo o sentido Jesus ter cantado este Salmo. No fim da celebração da Páscoa, os judeus cantavam os Salmos 113 a 118, conhecidos como “Hallel”, que no hebraico significa louvor. O Cordeiro de Deus estava prestes a entregar a Sua vida em favor de “TODOS OS GENTIOS”, “TODAS AS NAÇÕES”.

Precisamos aceitar diariamente o convite de louvar ao SENHOR aqui, para que então, muito em breve, tenhamos o inigualável privilégio de entoarmos um “novo cântico diante do trono” (Apocalipse 14:3). Um cântico que ninguém mais poderá aprender, a não ser “os seguidores do Cordeiro por onde quer que vá… os que foram redimidos dentre os homens, primícias para Deus e para o Cordeiro” (Apocalipse 14:4).

Para onde quer que você for e onde você estiver, que a sua vida seja um louvor ao Cordeiro de Deus!

Feliz sábado, coro de adoradores!

*Leiam #Salmo117

#PrimeiroDeus – Na leitura de hoje, aprendi que Deus quer isto de mim:

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: