Reavivados por Sua Palavra


Josué 17 by Jeferson Quimelli
31 de janeiro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Este capítulo se inicia com as filhas de Zelofeade, descendente de Maquir, primogênito de Manassés, que não haviam tido irmãos homens. Baseado na promessa feita por Moisés, elas poderiam herdar o quinhão das propriedades de seu pai se casassem com homens da mesma tribo – o que elas fizeram. Portanto, Josué, Eleazar e os demais líderes deram às mulheres a sua herança.

Os outros filhos de Manassés receberam sua porção na terra de Gileade, mas não expulsaram os habitantes das cidades e deixaram que os cananitas continuassem vivendo na terra, contrariamente à expressa ordem divina. Mais tarde, quando os descendentes de Manassés ficaram mais fortes, em vez de expulsar os cananitas, a cobiça falou mais forte e eles decidiram deixá-los ficar mediante o pagamento de impostos. Os manassitas estavam mais interessados ​​no dinheiro do que em obedecer ao Senhor e fazer o que era certo.

Muitas vezes o povo de Deus hoje olha para a tarefa que precisa ser feita, como levar o evangelho ao mundo, e hesita em avançar em fé, mesmo sabendo que o Espírito Santo irá abrir o caminho e criar oportunidades para que esta última mensagem supere todos os obstáculos e alcance a todos os lugares.

Ralph Neall
Professor aposentado e missionário

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/js/17 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/17 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jsh/17/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/11/06/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Josué 17
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 6



Josué 17 – Comentário Pr Heber Toth Armí by pastorheber
31 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 17 – As promessas de Deus devem ser experimentadas individualmente. O líder espiritual é ajuda essencial, contudo, somente com tua participação e envolvimento total o cumprimento dela será completo.

Neste capítulo, Kenneth A. Mathews comenta que “Josué distribuiu a terra às famílias de Manassés ao oeste do Jordão. Ele honrou todas as promessas de Deus (Js 17.3-4), conforme mostra o fato de ter dado terra às filhas de Zelofeade (Nm 27.1-7). A exemplo de Efraim, Manassés também optou por coexistir com cidades cananeias (17.11-12) […]. Quando Efraim reclamou que sua porção era pequena demais, Josué o desafiou a aumentar o território, expulsando os cananeus (Js 17.14-18)”.

Precisamos reconhecer nossas fraquezas oriundas de nossos medos e anseios para que confiemos na força sobrenatural disponível a todo aquele que depende do Deus Todo-poderoso.

· Nossas queixas, reclamações e angústias muitas vezes se devem a nossa preguiça em cumprir exatamente tudo o que Deus revelou.

· Nossa vida limitada, raquítica e mixuruca deve-se muitas vezes à nossa mornidão espiritual, relaxo para com as promessas divinas e, nossa negligência em agarrar com fé, ousadia e determinação tudo o que Deus já nos deu.

· Nossas frustrações com as coisas, pessoas e instituições tem suas raízes em nossa preguiça, indiferença e acomodação.

Sobre as reclamações dos filhos de José (vs. 14-18), Marten H. Woudstra faz o seguinte comentário:

“Há uma semelhança formal entre essa seção e 14.6-15, mas o espírito é contrastante. A exigência de Calebe procedia da sua grande fé na palavra procedente de Deus em seu favor. Os filhos de José discordam do ‘quinhão’ que receberam, embora, na realidade, esse quinhão tivesse sido determinado por Deus. Além disso, a atitude medrosa deles relativa aos cananeus podia ser tudo, menos louvável”.

Aprecio muito o livro de Josué por vários motivos, observe com atenção estes pontos:

· RAABE, que era uma prostituta, se salva (Josué 2); BALAÃO, que era profeta de Deus, morre perdido, sem salvação (Josué 13:22; 24:9-10).

· CALEBE, que era idoso se dispõe a segunda milha e conquista lugares incríveis (Josué 14:6-15; 15:13-19); os FILHOS DE JOSÉ se acomodam, não fazem nem o que deveriam e, ainda reclamam (Josué 16:10; 17:13-18).

Estude… e, descubra mais coisas interessantes! Antes, porém, considere: Com quem você se parece mais no livro de Josué?

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



Josué 16 by Jeferson Quimelli
30 de janeiro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Josué concedeu Hebrom a Calebe, a cidade que tanto aterrorizara os espias por conta dos gigantes anaquins que ali viviam. Confiando no Senhor, o idoso, mas vigoroso Calebe, de 85 anos de idade, expulsou os anaquins e depois marchou contra Quiriate-Sefer. Otniel, seu sobrinho, tomou a cidade e reivindicou Acsa, a filha de Calebe como recompensa.

Infelizmente muitos outros em Israel não tiveram a mesma fé de Calebe. Os membros da tribo de Judá (judaítas) não conseguiram desalojar os jebuseus de Jerusalém, e 16:10 relata que os efraimitas não desalojaram os cananeus. “Ao permitirem os estrangeiros permanecerem no meio deles, os efraimitas se expuseram a um perigo espiritual. A história posterior da tribo mostra que ela caiu tão completamente na idolatria que Deus, por intermédio de um profeta, declarou: ‘Efraim está entregue aos ídolos: é deixá-lo’. (Os 4:17).” (CBASD, Vol. 2, p. 260). Nos capítulos que se seguem, lemos que os manassitas não foram capazes de ocupar algumas de suas cidades, porque os cananeus “estavam decididos a viver naquela região” (17:12 NVI), e os danitas tiveram muita dificuldade em tomar posse de seu território.

Se eles tivessem tido fé e se esforçado, o Senhor lhes teria dado a vitória como deu a Calebe. Deste modo foi preparado o caminho para a apostasia futura.

E a nossa fé? Permanecerá firme contra o mundo ao nosso redor?

Ralph Neall
Professor aposentado e missionário
Secretário Ministerial Associado
Conferência Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/js/16 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/16 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jsh/16/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/11/04/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Josué 16
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 5



Josué 16 – Comentário Pr. Heber Toth Armí by pastorheber
30 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 16 – Muitas vezes interesses pessoais levam-nos a mudar de ideia, quando interesses e ideias deveriam ser regidos pela Palavra de Deus.

· A Bíblia deve ser a regra de fé para que nossas inclinações não resultem em complicações futuramente.

· Nossas fraquezas precisam ser sufocadas pelo poder da vontade de Deus em nossa vida, gerando atitudes que nos levem a vitórias plenas.

Sob a regência do líder instituído por Deus, os filhos de José, Manassés e Efraim, alcançaram sua herança na Terra de Canaã; todavia, há um detalhe que não deveria existir.

Observe os tópicos a seguir:

1. Relato geral das fronteiras dos filhos de José na Terra Prometida (vs. 1-4);

2. Descrição da herança de Efraim: Território e cidades (vs. 5-9);

3. Exposição da “pequena” falha da tribo de Efraim (v. 10).

Tem coisas que fazemos que parecem boas mesmo que diferem um pouco da orientação divina. Decisões tomadas adaptando as orientações de Deus, pensando melhorar o que Deus pediu, trás consequências.

Não podemos dar brecha ao inimigo. Ele aproveita qualquer fresta. Mesmo na missão de Deus, vivendo Suas promessas, se descuidarmos, deixaremos um cantinho – o suficiente para o inimigo fazer festa.

Josué capítulo 16 termina da mesma forma que o capítulo 15. Nem Judá nem Efraim expulsaram totalmente os inimigos de seus territórios. “De acordo com Deuteronômio 7.1-5 o fracasso em erradicar a população original de Canaã teria sérias consequências para o povo de Deus. Mas Efraim não expulsou os cananeus que habitavam em Gezer” (Marten H. Woudstra).

Atenção…

· Praticar apenas um pouco daquilo que alardeamos acreditar pode resultar em tristezas, frustrações e angústias.

· Contentar-se com sucesso parcial, pode gerar fracasso total.

· Permitir que inimigos – ainda que subjugados, humilhados e escravizados –, vivam quando Deus pediu que fossem todos eliminados, é garantia de grandes perigos.

Impossível é servir a Deus plenamente dando espaço para inimigos de Deus em nossa vida! Tem coisas que usamos como justificativa visando acalmar nossa consciência, entretanto, por mais que exista explicação lógica, diferir do plano divino implica em prejuízo próprio.

Às vezes aquilo que sentimos, desejamos e apreciamos afetam nossas crenças. E, crenças deterioradas resultam em atitudes erradas que trazem situações indesejadas.

Deus deu Jesus para dar-te vitória total sobre o pecado, não se conforme com sucesso parcial! – Heber Toth Armí.



Comentários selecionados by Jeferson Quimelli
29 de janeiro de 2016, 9:43
Filed under: Sem categoria

Caríssimos,Infelizmente, por um tempo, nosso trabalho de compilação dos comentários selecionados ficará prejudicado.
Por conta de uma tendinite recorrente (Túnel do Carpo/pulso) terei de reduzir drasticamente o trabalho de digitação até a recuperação, que espero ocorra logo, com o tratamento.
Orem por nós e por toda a equipe Reavivados, pois todos estamos enfrentando muitas dificuldades em exercer este nosso ministério.
Um abraço,
Jeferson



Josué 15 by Jeferson Quimelli
29 de janeiro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Deus cumpre Sua promessa.

Israel havia conquistado suficiente terra em Canaã para distribuir para as nove tribos e meia restantes. Ruben, Gade e metade de Manassés já haviam recebido suas porções a leste do Jordão. Para Josué a distribuição da terra era como uma obrigação sagrada, pois assinalava o cumprimento da promessa feita a Abraão 430 anos antes (Gên. 12:2, 3).

Abraão, Isaque e Jacó esperavam herdar Canaã desde o rio do Egito até o Eufrates, mas Gn. 13:14-17 mostra que Deus tinha planos muito maiores. Ele disse a Abraão que olhasse para o norte, sul, leste e oeste, pois Ele lhe daria toda a terra que pudesse ver. Abraão teria tido problemas para esticar uma cerca em torno de tudo isso, porque quando ele saísse em qualquer direção, tão longe quanto pudesse ver, ele veria ainda mais longe! Paulo disse que era o plano de Deus que Abraão fosse “o herdeiro do mundo” (Rm 4:13).

A promessa é para nós também. “E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa” (Gl 3:29 NVI).

Graças a Deus por Sua promessa!

Ralph Neall
Professor aposentado e missionário
Secretário Ministerial Associado
Conferência Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/js/15 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/15 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jsh/15/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/11/04/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Josué 15
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 5



Josué 15 – Comentário Pr Heber Toth Armí by Jeferson Quimelli
29 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 15 – Não é só quem casa que quer casa. Todo ser humano, casado ou não, anseia um cantinho que possa chamar de lar. Sabendo disso, Deus opera para tornar realidade esse sonho a Seu povo.

O capítulo em cheque apresenta-nos várias lições, uma delas é que Deus cuida de Seu povo até na limitação do território para que a vida seja em paz entre os irmãos: Um conjunto de lares: Cidades!

Os 63 versículos deste capítulo que descrevem os limites dos territórios de Judá, destacam os seguintes pontos extraídos de Harold L. Willmington:

1. Terra dada ao povo:

• Seu território (vs. 1-12);
• Suas cidades (vs. 20-63).

2. Terra dada à pessoa (Calebe): Conforme prometido, Josué dá a Calebe a parte montanhosa de Hebrom.

• Calebe, o lutador (vs. 13-15): Ele tem sucesso ao expulsar os gigantes de sua terra.
• Calebe, o pai (vs. 16-19): Como recompensa por capturar Debir (ou Quiriate-Sefer), Calebe dá sua filha Acsa por esposa ao primo dela, Otniel, e entrega a ela algumas fontes de água.

Calebe permaneceu mais tempo do que devia no deserto, devido à incredulidade dos outros; contudo, não reclamou nem criticou ninguém por isso. Se fossem fieis e crédulos nas promessas de Deus como ele, cerca de 40 anos antes, todos estariam organizando suas casas nas terras que manam leite e mel. Entretanto, isso não o tornou arrogante, orgulhoso ou vaidoso, nem crítico, amargo nem murmurador.

Calebe é exemplo de crente fiel, perseverante e humilde. É modelo de sucesso, determinação e ousadia. É inspiração de pai que importa com o futuro de sua descendência – ele criou estratégias para beneficiar suas filhas.

“Embora [Calebe] seja pouco mencionado [na Bíblia], comparando-se com Josué, o que está escrito reflete um homem que se igualava a Josué em termos espirituais. De fato, em alguns aspectos, excedia a este em termos de liderança. No entanto, uma vez que Deus nomeou Josué como sucessor de Moisés, Calebe permaneceu quieto ao seu lado – muitas vezes nos bastidores, fazendo a vontade de Deus e apoiando o líder escolhido” (Gene Getz).

Precisamos de líderes como Calebe que…

• Não questionam aos líderes chamados/instituídos por Deus;
• Faz grande trabalho sem depender de cargos/títulos/nome.
• Seja humilde, mas gigante na fé e na espiritualidade.
• Confie sempre em Deus!

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



Josué 14 by Jeferson Quimelli
28 de janeiro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Josué e os chefes das tribos dividiram a terra por sorteio como o Senhor instruíra Moisés: nove tribos e meia a oeste do rio Jordão e duas tribos e meia a leste. Calebe lembrou a Josué que 45 anos atrás os dois haviam obedecido fielmente ao Senhor, se posicionado contra os 10 espias infiéis e que durante todos estes anos o Senhor os havia mantido vivos, conforme a Sua promessa. Durante todo esse tempo ele havia esperado pelo cumprimento da promessa, feita por Deus, de Israel herdar a terra.

Calebe, um membro da tribo de Judá, pediu que a terra de Hebrom lhe fosse concedida como herança. Este foi o lugar onde Abraão, Isaque e Jacó viveram por algum tempo, anos atrás, e onde viviam os Anaquins, os gigantes que tanto haviam aterrorizado os israelitas quando eles se aproximaram de Canaã. Embora Calebe tivesse 85 anos, ele ainda era saudável e forte. Por conta de sua idade e experiência Ele era muito respeitado, mas não tirou proveito desse prestígio para benefício próprio com intenções egoístas. Sua fé era exatamente a mesma que ele tinha quando se levantou contra o relatório desanimador dos outros dez espias.

Calebe não se acomodou para desfrutar sua herança; em vez disso, o “bravo e velho guerreiro estava desejoso de dar ao povo um exemplo que honraria a Deus, e incentivaria as tribos a subjugar completamente a terra” (Patriarcas e Profetas, p. 374) para benefício de Israel e para a glória de Deus.

Muitas vezes parece que a espera para experimentar a realidade de sonhos adiados é eterna. Mas as abençoadas promessas de Deus nunca deixam de se cumprir, mesmo que tenhamos que esperar por seu tempo.

Willie Edward Hucks II
Secretário Ministerial Associado
Conferência Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/js/14 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/14 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jsh/14/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/11/02/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Josué 14
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 5



Josué 14 – Comentário Pr Heber Toth Armí by pastorheber
28 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 14 – Aquele que vive os sonhos de Deus consegue mais do que aqueles que são proprietários das mais ousadas ambições egoístas. Uma vida sem Deus é um constante perder da vida, ainda que rodeado dos mais luxuosos prazeres possíveis neste mundo.

Neste capítulo, cujo objetivo é apresentar a distribuição da terra ao oeste do Jordão, atendendo às orientações divinas através de Moisés (vs. 1-5), está uma ênfase na herança de Calebe (vs. 6-15). Realmente, a atitude deste servo de Deus merece destaque e, oxalá impacte nossa vida ao meditar em seu exemplo registrado objetivando incentivar-nos.

• Provavelmente o maior princípio deste capítulo seja este: O verdadeiro líder espiritual respeita os líderes espirituais que antecederam em sua função. Josué cumpriu exatamente as orientações de Moisés, ele não alterou, nem cancelou nada.

O restante deste comentário focará a pessoa que o texto enfatiza: Calebe.

“Antes de fornecer os limites territoriais de Judá, o Espírito de Deus registrou o pedido de Calebe requisitando a cidade de Hebrom. Embora estivesse com oitenta e cinco anos de idade, a fé, a coragem e a força de Calebe eram invencíveis. Ele desejava mais vitórias espirituais, de modo que recebeu Hebrom como herança” (William MacDonald).

Calebe possuía um espírito diferente dos demais. 45 anos antes do episódio deste capítulo ele revelou valentia, ousadia, determinação e fé (Números 14). 45 anos depois, agora com 85, continuava o mesmo, talvez com mais fibras que antes – não se faz mais idoso como antigamente!

Gene Getz, de olho neste homem de caráter, focando no texto de Josué 14, apresenta cinco lições práticas de vida:

1. Deus honra os homens que andam segundo a Sua vontade.
2. Deus honra os homens que ficam firmes contra a maioria, quando esta maioria está errada.
3. Deus honra homens que ficam firmes, mesmo quando isto implica rejeição do grupo.
4. Deus honra homens que O seguem fielmente.
5. Deus não esquecerá os homens que O servem com fidelidade e consistência.

Calebe inspira juvenis, jovens, adultos e idosos a cumprirem a missão do Céu na Terra!

A essência da existência neste mundo está na total dependência do Deus Todo-poderoso. O relaxo espiritual explica a razão de muitas pessoas estarem aquém de uma existência realizada, satisfeita e inspiradora!

Precisamos reavivar-nos urgentissimamente! – Heber Toth Armi.



Josué 14 – Comentários selecionados [atualizado com CBASD] by Jeferson Quimelli
28 de janeiro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

Breve capítulo que serve de introdução à seção que se segue (caps. 15-19), com uma anotação especial a respeito da fidelidade so Senhor a Calebe. Bíblia de Estudo NVI Vida.

São estas as heranças. Séculos haviam se passado desde o chamado divino a Abraão de Ur dos caldeus e desde a promessa de que seus descendentes herdariam a terra. Algumas vezes, as promessas de Deus demoram a se cumprir por causa da infidelidade daqueles a quem foram feitas. Temos o privlégio de apressar o cumprimento das mesmasCBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 245.

por sorte. Literalmente, “seixo”. Fica claro que o nome foi preservado da maneira primitiva de lençar sortes usando seixos [pequenas pedras]. CBASD, vol. 2, p. 245.

Manassés e Efraim. Estes dois filhos de José foram adotados oficialmente por Jacó como seus próprios filhos (Gn 48.5, 14-20). Ainda que Levi não recebeu uma herança, houve doze divisões na terra por causa dos filhos de José. Bíblia Shedd.

em Gilgal. Local em que ainda estavam o tabernáculo e o arraial de Israel, pois Josué não havia retirado o acampamento dali. CBASD, vol. 2, p. 246.

como sentia o coração. O relatório de Calebe tinha expressado sua confiança na promessa de Deus. Ver Nm 14.6-9. Bíblia de Genebra.

10 o Senhor me conservou em vida. Se os acontecmentos houvessem seguido seu curso normal, e provável que Calebe tivesse morrido antes dessa data. … Calebe sabia que sua vida longa era resultado da obediência. Ele seguira plenamente ao Senhor. Sua vida era uma demonstração de fé, pois, em todas as coisas, aceitava os planos de Deus em vez de seguir a própria vontade. O Senhor pode fazer grandes coisas pelos que se entregam plenamente a Ele. No entanto, os que seguem só as partes do plano divino que lhes agradam e negligenciam as que lhes incomodam não podem esperar a bênção do Céu. CBASD, vol. 2, p. 247.

quarenta e cinco anos. Uma vez que Israel passou quarenta anos no deserto, sabemos, por esta frase, que a conquista de Canaã durou cinco anos, cf 11.18. Bíblia Shedd.

11 Estou forte. A recompensa de uma vida marcada por juventude virtuosa e idade madura temperante, pela lei da própria natureza, é uma velhice vigorosa, sã e respeitada. Ao que tudo indica, a lealdade a Deus poupara Calebe dos pecados dissolutos de seus companheiros israelitas. Não tinha cedido aos apetites como eles, nem perdera o sono e o descanso noturno lutando com a consciência pesada. Sua vida abstêmia lhe proporcionara recompensas, e agora Calebe se apresentava perante Josué com plenas forças numa idade em que a maioria dos outros já se despedira deste mundo. CBASD, vol. 2, p. 2467.

12 dá-me este monte (ARA; NVI: “Dê-me, pois, a região montanhosa”). Hebrom está situada numa posição alta da região montanhosa da Judeia, uns 40 km ao sul de Jerusalém. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Da total submissão a Deus nasce uma fé que ousa reivindicar o cumprimento de uma antiga promessa. Comentário Bíblico Devocional Velho Testamento. F. B. Meyer.

porventura. A palavra hebraica traduzida assim pode expressar tanto esperança quanto temor… A declaração como um todo expressa a ideia de alguém que não se atreve a confiar na própria habilidade… O exemplo de Calebe, de dependência total de Deus, atesta da certeza da presença divina em todas as iniciativas dos servos de Deus. Podemos não ter os melhores equipamentos à disposição nem preparo superior, mas “se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8:31)CBASD, vol. 2, p. 247, 248.




%d blogueiros gostam disto: