Reavivados por Sua Palavra


Josué 11 by jquimelli
25 de janeiro de 2016, 1:21
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O que Deus promete, Ele cumpre. Tudo o que Ele requer de nós é a nossa cooperação. Enquanto Josué continuava sua conquista de Canaã, os reis da cidade do Norte se reuniram para atacar os israelitas. Mas “o Senhor disse a Josué: ‘Não tenha medo deles, porque amanhã a esta hora os entregarei todos mortos a Israel. A você cabe cortar os tendões dos cavalos deles e queimar os seus carros’” v. 6 NVI). Josué obedeceu e avançou com fé e obediência. Ele sabia que tudo aquilo que Deus ordena, Ele provê um modo para que Seu povo execute.

Os israelitas não deviam colocar a sua confiança em carros e cavalos, mas, sim, no Senhor, e assim eles o fizeram. O Senhor deu a Josué a vitória e o capítulo termina dizendo: “Foi assim que Josué conquistou toda a terra, conforme o Senhor tinha dito a Moisés, e deu-a por herança a Israel, repartindo-a entre as suas tribos. E a terra teve descanso da guerra.” (v. 23 NVI). Isso significa que não houve mais resistência unificada dos reis e as terras puderam ser divididas de modo proporcional entre as tribos. Contudo, cada tribo deveria subjugar os cananeus em sua área.

Em muitos casos parece que os nossos inimigos, sejam eles problemas espirituais, educacionais, sociais, físicos ou de trabalho, são muito numerosos e muito fortes para que os vençamos. Mas precisamos lembrar que Deus nos ajudará assim como ajudou a Josué. Sempre que fizermos a nossa parte, Deus nos ajudará a superarmos os obstáculos que nos atrapalham individualmente e nos concederá a vitória!

Willie Edward Hucks II
Secretário Ministerial Associado
Conferência Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/js/11 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/11 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jsh/11/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/10/31/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Josué 11
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 5



Josué 11 – Comentário Pr Heber Toth Armí by pastorheber
25 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 11 – É muito bom dedicar tempo para ler, analisar, meditar e aplicar a Palavra de Deus à vida pessoal. Caso Michael Rossane esteja certo ao declarar que, “a leitura é um dos melhores métodos para expandir sua visão, conhecimento e uma melhor compreensão de tudo a sua volta” – quanto mais a leitura diária da Bíblia!

Experimente-a sem moderação! Aprofunde-se intensamente! Leia Josué 11, depois considere o que Francis A. Schaeffer observou:

“Josué 11, do mesmo modo que os capítulos anteriores, insiste na continuidade da lei de Moisés […]. Essa insistência é importante porque os teólogos liberais tentam inserir uma cunha entre o Pentateuco e o restante da Bíblia. Isso não pode ser feito. O restante da Bíblia, começando com Josué, está em total continuidade com o Pentateuco”.

Após conquistar a parte sul de Canaã, o exército israelita avançou rumo ao norte. Observe o esboço baseado no que foi realizado por Harold L. Willmington:

A CAMPANHA DO NORTE:
1. Os cabeças do movimento de oposição: Rei Jabim com outros reis do norte de Canaã para lutar contra Israel (vs. 1-5);
2. A confirmação: O Senhor garante vitória a Josué (v. 6);
3. A expulsão: Josué devasta completamente todos aqueles reis (vs. 7-9);
4. A devastação: Josué arrasa as cidades inimigas, matando pessoas e levando seus bens (vs. 9-15).

PANORAMA DE TODAS AS CAMPANHAS:
1. Terra inimiga ocupada (vs. 16-23);
2. Líderes inimigos derrotados (Josué 12:1-24 – aguarde detalhes amanhã).

Preste atenção:

• Neste mundo, o povo de Deus vive um grande conflito sem fim; pois, o mal anseia domínio total principalmente no coração dos filhos de Deus.

• Aos que se opõem ao povo de Deus, que insurgem em batalhas organizadas para combater aos servos de Deus… está claro que eles devem preparar-se para a derrota.

• Hoje, o conflito continua; o Apocalipse revela sua intensificação no tempo do fim, mas dá a certeza da vitória àquele que se submete a Deus, como Josué; e, garante derrota a quem O ignora, como os canaanitas.

• Quanto maior a oposição ao povo de Deus, maior o combate; mas, também, maior será a vitória. Isso aponta ao Armagedom vinculado ao retorno de Cristo!

Vamos continuar estudando adequadamente a Palavra de Deus; senão, não venceremos! Vamos à luta?

Que Deus te abençoe! – Heber Toth Armí.



Josué 11 – Comentários selecionados [atualizado] by jquimelli
25 de janeiro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

A narrativa sobre a conquista da região Norte da Palestina é semelhante em suas ênfases com o relato das vitórias obtidas no Sul, no cap. 10 …, e leva à conclusão o registro do livro sobre a conquista do território por parte de Israel. Bíblia de Genebra.

1 Jabim era o nome genérico dos reis de Hazor. Bíblia Shedd.

Hazor. A escavação arqueológica de Hazor demonstra que era a maior e a mais bem fortificada de todas as cidades de Canaã. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Era uma cidade fortificada, a sudoeste do lago Hulé, hoje seco. … num dos vales mais agradáveis da Palestina. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia,, vol. 2, p. 225.

Quinerete. Significa “harpa”, o nome para o Mar da Galiléia, em forma de harpa. Andrews Study Bible.

águas de Merom. Onde os reis confederados se ajuntaram e foram derrotados. Acha-se entre os lagos de Hulé [hoje seco] e Galileia, onde abundante água corre de nascentes próximas à aldeia de Merom. Bíblia Shedd.

Por todas as aparências, Jabim tinha uma clara vantagem sobre Josué e suas tropas, que estavam em menor número. Mas todos os que honram a Deus podem ser vitoriosos, contra todas as probabilidadesLife Application Study Bible Kingsway.

os seus cavalos jarretarás, e queimarás seus carros. Esta é uma promessa de que Deus prevaleceria sobre os armamentos mais avançados da época (Sl. 20.7). Bíblia de Genebra.

jarretarás, isto é, cortando os tendões das pernas o que os inutilizaria para a guerra. Israel foi ajudado por Deus e era uma tentação muito grande confiar em cavalos, que, havia pouco, tinham surgido como força real de guerra (cf Dt 17.16; Is 31.1, 3). Bíblia Shedd.

O hebraico significa “cortar o grande tendão acima do jarrete”. … Na Palestina, os cavalos só eram usados para fins militares, e Deus não desejava que Israel confiasse em cavalos, nem em carros (Dt 17:16; Sl 20:7), mas somente nEle. Além disso, se os israelitas tivessem ficado com eles, isso resultaria num ônus duplo, uma vez que esses animais não são adequados para a agricultura na Palestina. Israel devia ser um povo agrícola, não uma nação comerciante. CBASD, vol. 2, p. 228.

grande Sidom acha-se ao norte de Tiro. Era uma cidade muito velha, fundada por Sidom, o primogênito de Cão (Gn 10.15, 19). Tornou-se a capital da fenícia, fonte da idolatria introduzida em Israel por Jezabel e outros (1 Rs 16.31-33). Bíblia Shedd.

13 outeiros (ARA; NVI: “colinas”). O hebraico é tel (árábico tell); este termo ainda é usado pelos arqueólogos para descrever montes artificiais formados por sucessivas camadas de destruição dos muitos assentamentos em lugares bíblicos antigos. Andrews Study Bible.

…formado pelos detritos acumulados de muitas povoações da antiguidade, construídas uma em cima da outra (v. nota em 7.2). Bíblia de Estudo NVI Vida.

…nem todas as cidades deveriam ser destruídas, porque Israel estava destinado a viver em “grandes e boas cidades”, que eles não haviam edificado (Dt 6:10). CBASD, vol. 2, p. 229.

Hazor. A arqueologia confirma que Hazor foi queimada no tempo de Josué. Bíblia Shedd.

Os invasores vitoriosos usualmente mantinham intactas as cidades capturadas, movendo-se para elas ou fazendo delas centro de comércio ou de defesa. … Hazor, contudo, foi queimada. Como primeira capital da terra, simbolizava a cultura ímpia que Israel viera destruir. Além disso, sua captura e destruição quebrou a espinha dorsal da federação e enfraqueceu a vontade do povo de resistir. Life Application Study Bible Kingsway.

15 nem uma palavra deixou de cumprir. O sucesso de Josué deve ser medido à luz das ordens específicas dadas por Deus que ele cumpriu totalmente, e não por comparação com a área total que teria de ser finalmente ocupada por Israel. Bíblia de Estudo NVI Vida.

16 toda aquela terra. Em princípio, toda aquela terra agora pertencia aos israelitas, embora ainda “muitíssima terra ficou para possuir” (13.1). Bíblia de Genebra.

Neguebe. “Região do sul” ou “Sul” da Palestina, que é deserto. Bíblia Shedd.

17 monte Halaque. Este era o limite da conquista, ao sul. Bíblia Shedd.

Baal-Gade. Era o limite da conquista ao norte, no monte Hermom, onde era adorado “Gade”, o rei da fortuna. Bíblia Shedd.

18 Por muito tempo, Josué. Levou cerca de cinco anos nestas conquistas; este número baseado na idade de Calebe, que tinha 85 anos quando recebeu sua herança (14.6-10) e tinha 40 anos quando saiu do Egito e gastou mais 40 anos no deserto. Assim, pois, tinha cerca  de 80 anos quando entrou na Palestina. Flávio Josefo, nas Antiguidades judaicas, concordou que a conquista durou 5 anos. Bíblia Shedd.

Muitas vezes esperamos rápidas mudanças em nossas vidas e rápidas vitórias sobre o pecado.Mas nossa jornada com Deus é um processo que dura toda a vida e as mudanças e vitórias levam tempo para acontecer. É fácil ficar impaciente com Deus e perder a esperança porque as coisas estão acontecendo muito lentamente. Mas quando olhamos para trás, podemos ver que Deus nunca parou de trabalhar. Life Application Study Bible Kingsway.

20 do SENHOR vinha o endurecimento do seu coração. Ver com. de Êx 4:21. Deus não exerce poder arbitrário para controlar uma pessoa contra sua vontade. O caso em questão nada tem que ver com o livre-arbítrio, que permite ao ser humano aceitar a vida eterna e não o impede de recusá-la. Neste caso, Deus estava lidando com nações que já haviam recusado Suas repetidas ofertas de misericórdia. Elas haviam recebido ampla oportunidade de arrependimento. Agora a justiça divina exigia sua execução sumária (ver PP, 492) e definia o meio pelo qual deviam ser exterminadas. CBASD, vol. 2, p. 231.

21-22 anaquins. Esse povo eram os temíveis habitantes da terra de Canaã, que atemorizaram os israelitas e os tinham levado à desobediência a Deus, uma geração anterior (Nm 13.26-33; Dt 1.28; 2.10-12 e notas,; Js 14.12; 15.14). A destruição deles concluiu a narrativa da conquista obediente sob Josué. Bíblia de Genebra.

Gate. “Prensa de lagar”. Era uma das cinco cidades dos filisteus. Bíblia Shedd.

23 a terra repousou da guerra. Essas palavras relatam de forma resumida a conquista e o cumprimento da promessa de Deus, dada em 1.2-5. Bíblia de Genebra.




%d blogueiros gostam disto: