Reavivados por Sua Palavra


Deuteronômio 26 by jquimelli
6 de janeiro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

As “primícias” [primeiros frutos] referem-se à primeira porção da colheita, a qual devia ser dada a Deus. Curiosamente, a Festa das Primícias foi instituída quando a nação de Israel ainda estava vagueando no deserto, sem possuir terra ou plantações. E foi observada pela primeira vez ainda no deserto, na fé de que Deus levaria o povo à terra que Ele havia prometido.

Espiritualmente falando, ao dar a Deus as primícias, Israel reconhecia que todas as coisas boas vêm de Deus e que tudo pertence a Ele. Dar os primeiros frutos era também uma forma de expressar confiança na provisão de Deus.

A oferta das primícias é mencionada em conexão com os três principais feriados judaicos (ver Nm 28:16; Êx 23:16, Lv 23:10). Deus queria que eles expressassem sua gratidão pelas bênçãos abundantes, concedidas por Ele ao longo do ano.

No Novo Testamento, a oferta de primícias é mencionada sete vezes, sempre simbolicamente. Apesar de não haver admoestação no Novo Testamento para que déssemos nossos “primeiros frutos”, sabemos que “Deus ama ao que dá com alegria” (2Co 9:7). Espera-se que os cristãos dêem de seus bens para apoiar o trabalho da igreja e das missões. Nós, assim como os israelitas, precisamos dar. “Dêem, e lhes será dado” (Lc 6:38, NVI)

“Querido Deus, dá-me hoje uma oportunidade para dar, e que eu possa fazê-lo com alegria.”

John Ash
União Missão Chinesa
Hong Kong

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/deut/26 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/deut/26 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/deut/26/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/10/12/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Deuteronômio 26
Comentário em áudio
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/1



DEUTERONÔMIO 26 – Comentário Pr. Heber Toth Armí by pastorheber
6 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

DEUTERONÔMIO 26 – Existem cristãos de diversos tipos. Se usássemos uma classificação tipo A, B e C… que tipo de cristão seria você?

• Cristão tipo A, seria aquele que aceita a Bíblia inteira como soberana regra de fé e prática, valoriza toda a revelação de Deus e busca poder para viver a altura do padrão por Ele estabelecido.

• Cristão tipo B, nunca leu a Bíblia inteira e não crê que seja relevante no presente toda a revelação de Deus, congrega na igreja esporadicamente e ora de vez em quando.

• Cristão tipo C, passa uma semana sem orar, sem ler a Bíblia e alega estar cansado para ir à igreja, mas continua crendo que é cristão – GRANDE ilusão!

Moisés, exemplo de excelente líder espiritual, desejava implantar no coração de seu povo o mais alto nível de padrão moral. Ele queria que Deus estivesse em primeiro lugar, estivesse sempre acima das…

1. …bênçãos, da prosperidade e da produção das plantações (vs. 1-11);
2. …finanças, dos recursos e dos bens materiais – dinheiro (vs. 12-15);
3. …filosofias que regem a vida humana neste mundo (vs. 16-19).

Neste capítulo, Moisés apresenta ao povo uma ideia do que dizer a Deus ao oferecer-Lhe as primícias das colheitas; além disso, mostra também a declaração e a oração a ser proferida após a entrega do dízimo trienal (O dízimo prescrito neste capítulo refere-se ao dizimo do terceiro ano. Existiam três dízimos no período Teocrático de governo israelita. Não confunda um com outro); e, conclui apelando ao povo a ser íntegro no compromisso com Deus; por duas razões:

• Primeira, porque Deus é Deus, poderoso libertador, gracioso salvador;
• Segunda, pelo compromisso entre o povo e Deus.

A questão financeira é a que mais compromete nosso relacionamento com Deus; precisamos prestar atenção para que nossa religião não seja mera hipocrisia.

Amigo(a)… se Deus não for o primeiro em nosso coração, não restará nenhum espaço para Ele em nossa vida. Se Ele não for o primeiro em tudo, qualquer coisa ocupará o lugar do Autor da vida tornando-se ídolo que nos levará à morte.

Se não somos exclusivamente do Senhor, não somos nada dEle. Assim como ninguém quer um cônjuge que se entrega pela metade – um compromisso superficial –, Deus também anseia por relacionamento especial.

“Senhor, reaviva-nos!” – Heber Toth Armí




%d blogueiros gostam disto: