Reavivados por Sua Palavra


A CONQUISTA DE CANAÃ E ÉTICA DA ‘GUERRA SANTA’ EM JOSUÉ by jquimelli
15 de janeiro de 2016, 12:00
Filed under: Sem categoria

O pano de fundo do livro de Josué é a conquista militar de Canaã.

O direito dos israelitas tomarem aquela terra e a forma como deveriam tê-lo feito é, ainda hoje, objeto de muito questionamento, que inclui até dúvidas quanto ao caráter de Deus e o direito atual sobre a Terra Santa.

Quanto a isto, é bastante significante o comentário da Andrews Study Bible  que discorre sobre a “Conquista e Ética da ‘Guerra Santa’”:

“Por que Deus ordenou Israel para destruir os cananeus em ‘guerra santa’? Esta questão deve ser colocada em contexto histórico mais amplo. A ordem de Deus não era um padrão geral para as guerras de Israel (ver Deut. 20): só se aplicava a essas nações em Canaã na época da conquista. Mais de 400 anos antes, Deus havia dito “a maldade dos amorreus ainda não atingiu a medida completa” (Gn 15:16 NVI). Por pelo menos quatro séculos o conhecimento do verdadeiro Deus esteve disponível aos cananeus (cf. Gen. 14:17-20;. Num 22-24), e eles tiveram tempo suficiente para se arrepender.

Mais evidências foram dadas para os habitantes de Canaã quando Israel começou a conquista da terra (Js 2:9-11; 6:22-25). Neste momento a iniqüidade dos amorreus realmente estava completa. A palavra hebraica cherem descreve a condição dessas nações. Ela significa “totalmente entregue” ao mal e, portanto, dedicado à destruição. Sempre que a Escritura usa esta palavra em qualquer referência a uma nação, é sempre dentro do contexto da conquista de Canaã (Dt 7:26; 13:18; Josh 6:17-18;. 7:1, 11-13, 15; 1 Sm 15:21). Isso aponta para a singularidade desse evento na história bíblica de julgamentos de Deus sobre as nações. A cultura não será mais elevada do que a sua compreensão de Deus e da religião que possui. Dado os equívocos e as práticas de sexo e violência no centro da religião cananéia, não é de estranhar que, no prazo de alguns séculos toda a civilização havia como um todo perdido sua capacidade moral de responder à influência do Espírito de Deus. Deus, tanto em Sua misericórdia quanto em Sua justiça, declarou que não havia mais nada a fazer a não ser por fim à cultura cananéia (religiosa e política), enquanto poupava indivíduos que responderam em fé (como Raabe e sua casa).

No entanto, não era o plano original de Deus que Israel destruísse os cananeus por suas próprias mãos. Deus havia prometido enviar o Seu Anjo e ‘vespas’ (ou ‘terror’) antes deles para expulsar os habitantes inimigos (Êxodo 23:23, 28). No Mar Vermelho e mais tarde na história de Israel quando o Seu povo se atreveu a confiar totalmente em Deus, Ele lutou as batalhas para eles, enquanto eles pararam e testemunharam os Seus atos de salvação (ver Ex 14-15; 2 Reis 19, 2 Cro.20, 32; Is. 37). Como resultado da falta de fé de Israel, Deus lhes permitiu lutar. Mas, mesmo assim, como o livro de Josué deixa claro, não foi uma questão de Israel lutar e Deus lhes dar a vitória, mas Deus lutou em nome de Israel e Israel foi o instrumento de Deus do juízo. ” Andrews Study Bible , p. 264. (Trad JAQ – Rev GASQ)



Bíblia de Estudo de Andrews by jquimelli
15 de janeiro de 2016, 8:02
Filed under: Sem categoria

É com enorme e incontida satisfação que vejo chegar a Bíblia de Estudo Andrews em português. Como possuidor de um exemplar da versão original, em inglês, desde 2011, fico muito contente que todos de fala portuguesa possam ler esta Bíblia de estudo em sua língua materna.

Li, inicialmente os evangelhos, capítulo a capítulo, acompanhando seus comentários verso a verso e a experiência foi maravilhosa.

Quando soube, em fevereiro de 2012, do início do programa Reavivados Por Sua Palavra, vi que esta experiência de ler capítulo a capítulo me havia sido dada para que compreendesse a importância e a relevância e a inspiração divina deste programa.

Louvo a Deus por termos tão significativo material a nossa disposição.

Biblia de Andrews



Josué 1 by jquimelli
15 de janeiro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

“Seja forte e corajoso” (NVI). Estas palavras estão registradas quatro vezes neste capítulo de abertura (vs. 6, 7, 9, 18), quando Josué, por ordem de Deus, assume a responsabilidade de liderar os filhos de Israel. Com tantos desafios à frente, seria fácil Josué perder a coragem ao enfrentar o medo. Então, qual seria o seu segredo para a vitória? A resposta estava nas promessas de Deus: a promessa que Deus fez a seus antepassados ​​(v.6) e a promessa de que Deus iria acompanhá-lo onde quer que fosse (v.9).

Nós, também, temos “gigantes” à nossa espera, no nosso presente e futuro. Mas não precisamos temer, pois Deus é fiel ao que prometeu. A vitória nos pertence, não porque somos fortes, mas sim, porque Ele é forte! Portanto, precisamos nos agarrar a Deus e sermos fortes e corajosos, por causa de Suas promessas.

Willie Edward Hucks II
Secretário Ministerial Associado
Conferência Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/js/1 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jos/1 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jsh/1/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/10/21/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Josué 1
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 2



JOSUÉ 1 – Comentário Pr. Heber Toth Armí by pastorheber
15 de janeiro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

JOSUÉ 1 – Você já leu o livro de Josué com atenção? Já parou para analisar, meditar e extrair lições para a vida? “Os relatos de Josué estão entre os mais empolgantes da Bíblia” destaca Richard Hess. E, então, afirma: “…hoje, mais do que nunca, sua mensagem precisa ser ouvida”.

· Este livro extraordinário possui mensagens relevantes para cada habitante deste planeta!

Deus quer interagir conosco. Ele não é um Ser arrogante, orgulhoso e autoritário, distante e indiferente às nossas lutas e desafios. Ele é um Deus que promete, incentiva, cria estratégias, age, luta e vence para nós.

· Aquele que, humildemente, se inclina perante Deus para ouvir Suas instruções certamente alcançará a vitória!

Sobre o capítulo, Marten H. Woudstra sintetiza da seguinte forma:

1. Introdução e temas principais do livro:

a) Exortação e ânimo (vs. 1-9);

b) Todo o Israel participa da conquista (vs. 10-18).

Deus quer dar a vitória aos que querem compartilhá-la com Seu povo. Deus Se doa aos que se doam para Seus filhos. Deus abençoa aqueles que desejam ser uma bênção; pois, vencer egoisticamente leva ao orgulho – o que é pecado – e, Deus não compactua com isso.

O livro de Josué foi escrito por ele mesmo, entre 1451-1426 a.C., nas planícies de Moabe. Seu nome é significativo: “Jeová, o Salvador”. Através dele, Deus estava conduziria o plano de salvação de Israel e do mundo.

Aplicações:

1. Líderes espirituais são essenciais; por isso, Deus suscita um na ausência de outro para benefício de todos (vs. 1-5);

2. Promessa, vitória e conquista são obras de Deus, mas quer cooperação humana; conhecendo nossa limitação, Deus dá instruções, capacitação, motivação e proteção (vs. 5, 9);

3. Um dos segredos do sucesso é falar da Lei para não esquecê-la, meditar nela diariamente para absorver Seus ensinamentos, e, praticá-la completamente (vs. 7-8);

4. Orientar e organizar o povo para viver a vontade de Deus – sair desta harmonia é rebelar-se contra Ele: Nisto consiste o segredo do fracasso (vs. 10-18).

Este primeiro capítulo deixa claro que Deus não deseja o fracasso de ninguém. O fracasso é para os que não buscam a Deus; para os ingratos diante dos atos de amor e misericórdia de Deus; para os indiferentes aos planos maravilhosos que Deus tem para nós.

Reavivemo-nos e venceremos! – Heber Toth Armí.



Josué 1 – Comentários selecionados by jquimelli
15 de janeiro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

O Senhor dá início à ação ao ordenar que Josué, o substituto escolhido por Ele para Moisés (v. Dt 31.1-8), conduzisse Israel pelo Jordão e tomasse posse da terra prometida. Conclama à coragem e promete o sucesso – mas somente se Israel obedecer à lei de Deus transmitida por Moisés à nação. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Esse livro é para o Antigo Testamento o que o livro de Atos dos Apóstolos é para o Novo. O nome “Josué” é equivalente a Jesus, e significa “Ele Salvará” (Hb 4.8). A Jericó da Igreja Primitiva foi Jerusalém, que os cristãos rodearam durante dez dias de oração como Israel rodeou durante em sete dias de marcha. No Pentecoste as muralhas do preconceito ruíram. Ananias e Safira foram o Acã dos primeiros dias. As vitórias da igreja em Samaria, Antioquia e em outros lugares lembram as conquistas de Josué. Comentário Bíblico Devocional Velho Testamento. F. B.Meyer.

Moisés, servo do SENHOR. Esse título de honra sugere o papel especial de Moisés dentro dos propósitos de Deus (vs. 1-2, 7, 13, 15; cf Is 42.1). Esse título também foi dado a Abraão (Gn 26.24) e será aplicado a Josué por ocasião de sua morte (24.29). Bíblia de Genebra.

Josué.Era da tribo de Efraim (1 Cr 7.27) e nasceu no Egito, no tempo da escravatura. … Seu nome significa “Jeová é Salvação” ou “Jeová Salvador”. Jesus é a forma grega de Josué (cf At 7.45; Hb 4.8). Bíblia Shedd.

O nome de Josué foi mudado de Oseias (“salvação”) para Josué (“o SENHOR é salvação”) por Moisés (Nm 13.16). … Na transição entre Moisés e Josué, há continuidade, porque o propósito de Deus para com Israel persiste, mas também existe descontinuidade, porquanto a era de Moisés foi ímpar e é o padrão de comparação para a gerações futuras. Há, semelhantemente, uma continuidade e também descontinuidade na tradição neotestamentária, entre os Evangelhos e o Livro de Atos. Bíblia de Genebra.

2-9 Estes versos contém o tema de todo o livro, uma estratégia divina de batalha de quatro passos para a vitória e o sucesso, arranjado em um lindo padrão literário paralelo: 1) inamovível confiança nas promessas divinas (vs. 3-5, 9b); 2) coragem inabalável e ousadia divina (vs. 6-7a, 9a); 3)obediência total à vontade de Deus (vs 7b-8b); e 4) meditação constante em Sua Torah (v. 8a). Andrews Study Bible.

vosso pé. Este versículo sugere que os israelitas deviam fazer algo para tomar posse da terra. eles só possuiriam as terras sobre as quais colocassem a planta do pé. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 162.

A palavra “vosso” está no plural, indicando que a promessa foi dirigida a todo o povo de Israel. Bíblia de Genebra.

desde o deserto, i. e., da Arábia, que forma o limite sul da Palestina, enquanto o Líbano era o limite norte. Bíblia Shedd.

heteus, cf Jz 1.26n. Bíblia Shedd.

mar Grande. O Mediterrâneo. Bíblia Shedd.

A extensão da terra Prometida aqui excede aquilo que foi, de fato, conquistado nos dias de Josué e corresponde aos reinos de Davi e Salomão (1Rs 4.21). Apesar da ênfase sobre o cumprimento nos dias de Josué (21.45, nota), o livro estende a promessa como se ainda apontasse para o futuro (13.1, nota; 23.5, 12-13). Bíblia de Genebra.

5 A nova tarefa de Josué consistia em liderar mais de dois milhões de pessoas a uma terra estranha e conquistá-la. Que desafio – mesmo para um homem como este! Cada nova tarefa é um desafio. Sem Deus, isto pode ser assustador. Com Deus, isto pode ser uma grande aventura. Assim como Deus estava com Josué, Ele está conosco ao enfrentarmos nossos novos desafios.Podemos não conquistar nações, mas todos os dias enfrentamos situações difíceis, pessoas difíceis e tentações. Contudo, Deus promete nunca nos abandonar ou deixar de nos ajudar. Ao pedirmos a Deus para  nos dirigir, podemos conquistar muitos dos desafios da vidaLife Application Study Bible Kingsway.

6-8 Muitas pessoas pensam que prosperidade e sucesso vem de se ter poder, influentes contatos pessoais e um persistente desejo de ir em frente. Mas a estratégia para obter prosperidade que Deus ensinou a Josué vai contra este critério. Ele disse que, para ser bem sucedido, Josué deveria: 1) ser forte e corajoso porque as tarefas à frente não seriam fáceis, 2) obedecer a lei de Deus, e, 3) constantemente ler e estudar o Livro da Lei – a Palavra de Deus. Para ser bem sucedido, siga as palavras de Deus a Josué. Você pode não ter sucesso de acordo com os padrões do mundo, mas você será um sucesso aos olhos de Deus – e a Sua opinião dura para sempreLife Application Study Bible Kingsway.

a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. A herança, esperada durante muito tempo, prometida aos descendentes de Abraão (Gn 15.7-21) e de Jacó (Gn 28.13). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Ao Josué tomar a frente na liderança, cheio de um senso da enormidade da tarefa e de sua própria insuficiência, Deus prometeu dar a israel a terra que havia prometido com juramento aos seus ancestrais se´culos atrás (Gn 22:16-18; 24:7; 26:3). Andrews Study Bible.

Tenha o cuidado de obedecer (NVI). O sucesso não era garantido incondicionalmente (v. Dt 8.1; 11.8, 22-25). Bíblia de Estudo NVI Vida.

falar. V. Dt 4.9, 10; 6.6, 7; 11.19. A lei em geral era lida oralmente (cf. Dt 30.9-14; At 8.30). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Não cesses de falar (ARA; NKJV: “não deve se afastar de sua boca, dia e noite”). Isto implica a memorização da escritura de forma que possamos meditar nela mesmo à noite. A meditação sobre a Palavra está colocada no centro no centro literário desta passagem (ver nota em 1:2-9), como fonte de todas os outros passos de ação descritos no capítulo, e como a base do sucesso. Andrews Study Bible.

medita. O significado original desta palavra é “suspirar”e a imagem que esta palavra traduz é a de alguém se derramando sobre a Palavra de Deus com suspiros audíveis de contentamento e prazerAndrews Study Bible.

11 provisões (NVI). Gêneros alimentícios necessários para os vários dias de marcha que se seguiriam. Bíblia de Estudo NVI Vida.

12-15 Nm 32 mostra-nos como os rubenitas, os gaditas e a meia tribo de Manassés (13.8, nota) já tinham recebido sua porção de terras a leste do rio Jordão. Bíblia de Genebra.

13 descanso. Conceito importante do AT… que subentende fronteiras seguras, paz com os países vizinhos e a ausência de ameaças à vida e ao bem-estar dentro do país. Bíblia de Estudo NVI Vida.

16-18 A resposta obediente dos israelitas a Josué e, portanto, a Deus, será ecoada e elaborada no fim do livro (Js 24.16-24). A conexão essencial entre a fé e a obediência fica implícita aqui: a obediência do povo era uma evidência de que eles acreditavam na promessa. As qualidades necessárias para a liderança de Josué consistiam em Deus estar com ele (v. 5, nota)e de ele ser um homem de fé (v. 6, nota).

18 Todo homem que se rebelar. Tendo acabado de tomar o juramento de lealdade a Josué, agora concordam com a pena de morte por qualquer ato de traição (e.g., o pecado de Acã, 7.15). Bíblia de Estudo NVI Vida.




%d blogueiros gostam disto: