Reavivados por Sua Palavra


Zacarias 11 by Jeferson Quimelli
25 de outubro de 2014, 0:00
Filed under: correção, liderança, profecias, relacionamento | Tags: ,

Comentário devocional

O pinheiro, o cedro e o carvalho (Zac 11:1-3) representam os líderes proeminentes. Continuando o pensamento do capítulo anterior, os líderes do povo são reprovados mais uma vez. Eles vendem o rebanho de Deus por dinheiro e se enriquecem, sem ter pena deles. Eles compram e matam o rebanho, mas não se sentem culpados. 

Deus não teria simpatia desses habitantes da terra. Isso é mostrado nos versos seguintes (6-14). O Senhor tomou duas varas e deu a uma o nome de “Favor”, que pode ser traduzido também como doçura, graça ou beleza. Mas o Senhor quebrou este bastão, com o qual estava conduzindo o rebanho. O verso 10 diz que Deus quebrou o bastão para ilustrar que a aliança entre Ele e Seu povo estava quebrada. 

No verso 14 o Senhor tomou a outra vara que tinha sido chamada de “União” (ou “Ligação”) e também a quebrou. Ao quebrá-la, Ele mostrou que a aliança de irmandade entre Judá e Israel tinha sido quebrada. 

Quando a “Graça” está quebrada, nosso relacionamento vertical com Deus também se quebra. Quando a “União” se quebra, nossa relação horizontal com as pessoas ao nosso redor também se rompe. Quando você e eu deixamos o Senhor ou não O seguimos totalmente, os vários relacionamentos que mantemos são afetados e se quebram.

Os versos 12 e 13 são citados nos Evangelhos como uma profecia que se cumpriu em Judas ao ele trair Jesus por 30 moedas de prata (Mat 26:15; 27: 3-10). Deus pediu ao povo através de Zacarias que Lhe colocassem preço e eles pesaram 30 moedas de prata. Por isso, Deus diz a Zacarias que este era o valor pelo qual O valorizavam. Como lemos em Mateus 26 e 27, este foi o preço da vida de Jesus estimado por Judas e pelo sumo sacerdote, justamente o preço habitual de um escravo. 

Zacarias não era bem vindo como profeta pelos líderes arrogantes e autoritários. Jesus também não foi bem vindo pelos líderes de sua época. E você? Que valor você dá para Jesus? Valorizemos ao Senhor com tudo o que temos e de todo o nosso ser, como Ele nos tem valorizado. Amemos ao Senhor acima de tudo, como Ele nos amou. A restauração do nosso relacionamento com Deus abrirá portas para melhores relacionamentos com o nosso próximo e resultará em vida eterna.

Na última parte do capítulo, os líderes recebem uma repreensão severa, sendo comparados a um pastor infiel. Ele não confortam os que estão tristes nem curam os quebrantados. Os que são fortes o suficiente para resistir, ele não as alimentam ou as fazem crescer, utilizando-os para seu benefício próprio, como um pastor que come a carne dos das suas ovelhas gordas. Eles são chamados de “pastores inúteis.” Deus está muito infeliz com eles. “Ai do pastor imprestável, que abandona o rebanho!” 

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook 
Coréia do Sul

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/11/

Traduzido por JAQ/JDS

Texto bíblico: Zacarias 11 

Comentário em áudio 



Zacarias 10 by Jobson Santos
24 de outubro de 2014, 0:16
Filed under: acontecimentos finais | Tags: , , , ,
Comentário devocional:

Na Palestina as primeiras chuvas após o verão ocorrem entre os meses de setembro, outubro e novembro. Os agricultores aproveitam essas chuvas, também chamadas de temporãs, para semear e plantar. Por outro lado, as últimas chuvas, também chamadas de serôdias, vem para amadurecer os grãos para a colheita e ocorrem nos meses de março, abril e maio.

A chuva temporã representa o início da obra do Espírito Santo quando a semente do evangelho foi semeada, logo após a primeira vinda de Cristo. A chuva serôdia vem no fim da história da Terra, antes de segunda vinda de Cristo, momento de se fazer a colheita. O Espírito Santo tem duas funções principais: amadurecer o caráter de crentes para a colheita e permitir a pregação mundial final do evangelho a fim de preparar um povo para a Sua vinda. Zacarias aconselha o povo a pedir ao Senhor a chuva serôdia para que venha a colheita.

A chuva serôdia produzirá o verdadeiro reavivamento e reforma. No entanto, esta será precedida por uma falsa experiência de chuva espiritual, caracterizada por emocionalismo, sons ritmados e barulhentos, e emoções descontroladas. As pessoas envolvidas neste falso reavivamento carecem de uma percepção tranquila da verdade e de decisões racionais em prol do Senhor. Haverá falsas doutrinas, populares, mas incorretas. Para não sermos enganados precisamos compreender profundamente a verdade e praticá-la diariamente.

As ovelhas têm a tendência de facilmente se perderem. Pastores amorosos farão de tudo para trazer as ovelhas perdidas de volta ao redil. Este é o trabalho dos líderes fiéis.

Zacarias repreende os líderes (vs. 2-3), que enganaram o rebanho de Deus por sua adoração de ídolos, pelos ensinamentos inverídicos, e por suas falsas visões. Você é um líder? Você ocupa uma posição administrativa na igreja? Você é um pastor ou professor? Você é um ancião de sua igreja local? É um diácono ou diaconisa? Você precisa agir em total harmonia com a verdade. Procure jamais afastar as pessoas da verdade, mas busque levá-las até a Cristo, a água da vida.

Deus tem um grande interesse em seu povo. Ele anseia por sua restauração. Ele irá trazê-los de volta como se nunca os tivesse castigado antes. Embora Ele os tenha dispersado, fará com que se lembrem dEle, e Ele mesmo recolherá o Seu remanescente.

Zacarias 10:4 (ARA) diz: “De Judá sairá a pedra angular; dele, a estaca da tenda; dele, o arco de guerra; dele sairão todos os chefes juntos”. A pedra angular, a estaca da tenda, e o arco de guerra são todos símbolos do verdadeiro líder, o Messias. Ele trará de volta para casa Seu povo remanescente de todas as partes do mundo (vs. 8-9).

A pregação das três mensagens angélicas, a última advertência a ser dada ao mundo, será feita pelo poder da chuva serôdia. Esta pregação produzirá dentro da igreja uma sacudidura em que muitos sairão da igreja. Então o remanescente será reunido para preencher os espaços vazios deixados. Eles vão substituir aqueles que foram sacudidos. Haverá tantos se unindo ao corpo de Cristo que dificilmente haverá espaço suficiente para eles (v. 10).

Em sua segunda vinda, o Messias pisará os seus inimigos, ferirá o orgulho da Assíria, e do Egito (v. 11). Jesus está vindo. O principal propósito de Sua vinda não é tanto julgar os ímpios, mas reunir o Seu povo e levá-los de volta para casa. É hora de sermos fortalecidos pelo Senhor e de sermos verdadeiros representantes do Senhor (v. 12). Queremos ser cheios do Espírito Santo, queremos receber a chuva serôdia.

“Querido Senhor, abre os nossos olhos para ver o momento em que todas as pessoas remanescentes voltarão para Ti pela pregação da última mensagem. Dê-nos o anseio genuíno pelas chuvas do Espírito Santo, a temporã e a serôdia, a fim de que estejamos prontos para a Tua vinda. Amém”.

 

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/10/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 10

Comentário em áudio



Zacarias 9 by Jobson Santos
23 de outubro de 2014, 0:13
Filed under: Messias | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:

Zacarias 9 pode ser dividido em quatro partes:

1) o julgamento das nações (9:1-8);
2) a primeira vinda do Rei messiânico (v. 9-12);
3) a segunda vinda do Rei messiânico (v. 13-15); e
4) o estado de felicidade das pessoas redimidas (v. 16-17).

Na primeira parte, o profeta apresenta a mensagem de Deus com advertências para as nações. Ele enumera cidades como Damasco, Tiro, Sidon, etc, representando as nações do mundo. Elas irão enriquecer com prata e ouro, mas o Senhor as consumirá com fogo.

Em meio ao veredicto divino sobre as nações, haverá um remanescente destes povos que retornará ao Senhor e será para Ele como Judá e Jerusalém. Quão surpreendente! Aqui temos um vislumbre do coração de Deus, que anseia que todas as nações se cheguem a ele.

Na segunda parte, o versículo 9 é citado por Mateus e João ao eles retratarem a cena da entrada triunfal de Cristo em Jerusalém. Imagine Jesus montado sobre o filho de uma jumenta por ocasião de Sua entrada em Jerusalém. Imagine que em poucos dias ele será crucificado. Imagine a brisa da primavera de Jerusalém na época da Páscoa e a multidão espalhando ramos de palmeiras e gritando Hosana. Ele é o Rei dos reis, mas não vem montado em um cavalo ou numa carruagem, como uma figura real, mas em um jumento, conforme indicado pela profecia.

Alguns comentaristas Judeus ficaram perplexos porque a Bíblia apresenta duas imagens do Messias. Em Daniel 7, a figura messiânica é retratada, vindo sobre as nuvens do céu. Em Zacarias 9, o Messias é retratado humilde, assentado sobre um jumento. Segundo a explicação destes comentaristas judeus, se Israel for digno, o Messias virá sobre as nuvens do céu, mas se Israel for indigno, Ele virá como uma pessoa humilde (ver Talmude Judeu Sanh 98a). No entanto, nós, os crentes em Jesus, compreendemos que estas duas descrições do Messias correspondem a primeira e segunda vinda de Cristo (Mateus 24:30).

A terceira parte (Zc 9:13-15) descreve a segunda vinda do Messias. O Senhor aparecerá, tocará a trombeta, e virá com um vento turbilhão. Ele acampará ao redor do seu povo e os protejerá. Seu reinado se estenderá por todo o universo, e o mal não mais existirá. Seu povo viverá em Sua presença como um rebanho bem cuidado.

O capítulo termina falando sobre a paz e a felicidade dos redimidos (v. 16-17). Aqueles que farão parte do reino glorioso do Messias serão lindos no caráter e no aspecto físico. Eles brilharão como jóias de uma coroa! Os redimidos terão a certeza de que estão no céu não por qualquer mérito de sua parte, mas porque foram salvos por Jesus. Eu quero estar lá nesse reino! E você?

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/9/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 9

Comentário em áudio

 



Zacarias 8 by Jobson Santos
22 de outubro de 2014, 0:13
Filed under: acontecimentos finais | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:

A frase “o Senhor dos exércitos” aparece 18 vezes nesse capítulo. “Exércitos” representam miríades de anjos, e a frase quer dizer que o Senhor é poderoso para governar sobre todo o universo. Podemos ter confiança nEle e em Sua Palavra!

Este capítulo foi escrito enquanto eles estavam reconstruindo o templo depois do exílio (v. 9). Zacarias está descrevendo como será a condição após o povo de Israel retornar a Jerusalém. Eles irão desfrutar de segurança e abundância. Como resultado do Seu profundo anseio pelo bem estar do seu povo, Deus diz que Jerusalém será chamada a cidade da fidelidade (v. 3). Eles não haviam sido fiéis no passado, mas o desejo de Deus é de que agora eles sejam fiéis. A paz e a alegria que o Senhor queria lhes conceder é algo fabuloso.

O profeta sugere algumas condições para isso. O Senhor instrui gentilmente as pessoas a respeito de como elas devem agir para desfrutar de Suas bênçãos na terra restaurada: devem falar a verdade ao próximo, realizar julgamentos justos nas cortes e não maquinarem o mal contra seus companheiros (v. 16 e 17).

Fortaleçam as mãos para reconstruírem a cidade e o Templo. Não tenha medo (v. 13 e 15). Eu serei o seu Deus e vocês serão o meu povo. Coisas que parecem impossíveis aos olhos dos seres humanos, poderão ser feitas pelo poder do Senhor dos exércitos.

Apesar de todas essas promessas animadoras, de alguma forma, o povo que retornou para a terra de Israel não cumpriu as condições estipuladas pelo Senhor, e os olhos do profeta agora se movem do período de construção do segundo templo para o povo remanescente do tempo do fim.

Zacarias vê as pessoas buscando os mensageiros do tempo do fim. Muitas pessoas virão ao Senhor de diferentes cidades e países, buscando a Sua graça e salvação. Aquilo que o antigo Israel não cumpriu, nós seremos capazes de realizar, pelo poder do Seu Espírito. Estas pessoas vêm para ouvir sobre a “verdade presente”, que está sendo pregada pelo remanescente fiel. Dez pessoas de diferentes nações irão nos procurar e expressarão o desejo de seguir com a gente, porque ouviram dizer que Deus está conosco.

Tal visão brilhante está esperando a nossa fidelidade para alcançar o seu cumprimento. Queremos fazer parte da visão que Zacarias teve. Queremos ser fiéis ao nosso Senhor. Amém.

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/8/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 8

Comentário em áudio



Zacarias 7 by Jobson Santos
21 de outubro de 2014, 0:06
Filed under: obediência | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:

A palavra de Deus tem poder. Ela tem o poder de revelar a nós o próprio Deus. Ela tem o poder de nos encorajar e confortar quando estamos abatidos. A palavra de Deus tem o poder de nos mostrar como realmente somos e de nos inspirar a sermos diferentes.

No entanto, se endurecemos nossa coração como uma pedra, eventualmente, a palavra de Deus não poderá alcançar-nos. Este foi o problema do antigo Israel. Se nos recusarmos a valorizar a lei de Deus e a ouvir os Profetas que nos foram dados pelo Espírito do Senhor (Zacarias 7:11-12), as consequencias serão de nossa inteira responsabilidade.

Este capítulo começa com a palavra do Senhor vindo a Zacarias. Isto aconteceu no quarto ano do rei Dario, que foi 518 aC, dois anos antes da reconstrução do Templo ter sido concluída. Essa estrutura não era tão bonita quanto a antiga, então as pessoas foram perguntar a Zacarias se deviam continuar chorando como vinham fazendo durante os 70 anos em que estiveram exiladas na Babilônia. Zacarias os faz retornar em pensamento 70 trás, e mostra-lhes que foi condição moral daquele tempo que trouxe a destruição do Templo e fez com que eles fossem levados cativos.

Eles não estavam seguindo as instruções de Deus. Eles eram injustos em seus julgamentos, eles não demonstravam solidariedade e compaixão para com o seu povo, e oprimiam os necessitados. Deus os havia advertido por meio dos profetas, a não planejarem o mal contra seus irmãos, mas eles não deram ouvidos.

Quando lemos acerca dessa situação no passado, ficamos indignados com o comportamento deles. No entanto, a descrição é muito semelhante ao que está acontecendo ao nosso redor hoje. Podemos imaginar a profunda ira de Deus e o Seu sofrimento.

Então Deus pergunta nos versos 5-6: Quando você jejuava e chorava, você fazia isso para mim? Quando você comia e bebia, não era para si mesmo? (Compare com 1 Coríntios 1:31, onde Paulo diz: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”, ARA) Quais são os motivos que nos levam a ação? É, realmente, a nossa gratidão ao Senhor, que se entregou até a morte pela nossa redenção? Ou, lá no fundo do coração, o que nos motiva é a busca de nossos interesses, mesmo quando participamos de cultos e atividades religiosas?

Ao refletirmos sobre a mensagem de Zacarias, chegamos a conclusão de que é hora de retornarmos para Deus. Voltemo-nos para o Senhor com um espírito contrito. Busquemos ao Senhor com sinceridade e Ele nos ouvirá.

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/7/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 6 http://biblia.com.br/novaversaointernacional/zacarias/zc-capitulo-7/

Comentário em áudio http://vod.novotempo.org.br/mp3/Reavivados/Reavivados21-10-2014.mp3



Zacarias 6 by Jobson Santos
20 de outubro de 2014, 0:10
Filed under: caráter | Tags: , , , ,
Comentário devocional:

Muita coisa aconteceu nos cinco anos em que o templo foi reconstruído. Satanás fez de tudo para impedir que isso acontecesse. E o que os vários cavalos coloridos tem a ver com isso? Estes cavalos e carros simbolizam os seres celestiais que trabalham em favor daqueles que se entregam para realizar a obra de Deus. Os anjos de Deus puderam descansar após o rei Dario emitir um novo decreto. Ele reforçou o decreto original dado por Ciro. Além de fornecer dinheiro e materiais, este decreto ameaçou aqueles que se opunham a obra de Deus (Esdras 6:6-12).

Além disso, Heldai, Tobias e Jedaías vieram dentre os judeus que permaneceram na Babilônia trazendo presentes. Isto também animou os dirigentes e o povo. A fé tinha produzido o seu fruto. O templo seria concluído. Não sabemos nada mais sobre os três homens que trouxeram o ouro e a prata. Deus tem  muitas pessoas fiéis a respeito de quem nada sabemos. Elas brilham em seu lugar e seus nomes estão escritos no livro da vida.

Notamos no versos 9 a 15 o plano do Senhor para o futuro do seu povo. A coroa de ouro que foi feita e colocada na cabeça de Josué, o sumo sacerdote não era apenas para homenageá-lo. Foi para ilustrar o “homem cujo nome é Renovo.” e que seria tanto Sacerdote como Rei. Isso é algo que nenhum sacerdote levita poderia ser. Esta informação complementa a promessa feita em Ageu 2:6-9, de que Deus viria ao seu templo e a glória do segundo templo seria maior do que o primeiro. A glória que Cristo revelou foi a glória do caráter de Deus. É-nos dito que Ele “edificará o templo do Senhor” (v. 12). Sim, estamos sendo edificados em um templo espiritual no Senhor.

O último verso de Zacarias 6 traz as seguintes palavras, “Isto só acontecerá se obedecerem fielmente à voz do Senhor, o seu Deus” (v. 15, NVI). A minha oração é: “Senhor, escolho obedecer a Sua palavra e fazer parte do seu templo espiritual. Amém”.

David Manzano
Pastor aposentado
Estados Unidos

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/6/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 6

Comentário em áudio

 



Zacarias 5 by Jobson Santos
19 de outubro de 2014, 1:04
Filed under: Juízo | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:
 
Em seguida, Zacarias viu um grande rolo de pergaminho voando pelo ar. O anjo disse que era a maldição que avança sobre toda a terra. E o que é que traz essa maldição? É a desobediência à lei de Deus (ver Dt. 27:26; 28:15; Isa. 24:5, 6).
Depois de citar Zacarias 5:1-4, Ellen G. White escreveu: “Contra todo malfeitor a lei de Deus profere condenação. Pode ele deixar de atender àquela voz, pode procurar fazer silenciar o seu aviso, mas em vão. Ela o acompanha. Faz-se ouvir. Destrói-lhe a paz. Desatendida, persegue-o até à sepultura. Dá testemunho contra ele no juízo. Qual fogo, inextinguível, consumirá finalmente corpo e alma” (Educação p. 144.5).
 
O Espírito Santo está em ação “convencendo o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:8) Ao mesmo tempo, Ele convoca todos a buscarem a Deus e Sua salvação. Deus terá na Terra um povo que guarda os Seus mandamentos. A promessa da Nova Aliança é de que Ele escreverá Sua lei no coração e na mente daqueles que recebem o Salvador divino. No Salmo 50:1-6, ficamos sabemos que o Poderoso, o Deus que proclamou a Sua lei no Monte Sinai, virá em Sua majestade para julgar.  “Os céus anunciam a Sua justiça, porque é o próprio Deus que julga” (Sal 50.6, ARA).
                      
Nesse capítulo de Zacarias, os versos 5-11 apresentam uma visão intrigante, uma grande cesta na qual uma mulher representando a “maldade” é colocada e mantida ali por uma tampa de chumbo. Duas mulheres com asas levantam o cesto e o levam para a terra de Sinear (Babilônia). O que tudo isso significa? Esta não é uma descrição da obra de Deus. As duas mulheres com asas não têm nenhuma glória. Elas representam anjos caídos. O Senhor estava chamando o Seu povo para sair das terras da Babilônia. Já esses anjos caídos, que carregam a cesta, estavam retornando para a Babilônia.
Deus havia limitado a obra de Satanás e seus anjos. Os planos perversos deles de impedir que Israel e o Templo fossem restabelecidos não tiveram êxito. Satanás teve que deixar Jerusalém e ir para outro lugar a fim de continuar a desenvolver a sua “Babilonia”, como a rival de Deus e Sua verdade. Os judeus que optaram por permanecer nas terras da Babilônia, que estavam então sob domínio persa, sentiriam a ira de Satanás. Cerca de 40 anos mais tarde, nos dias da Rainha Ester seriam ameaçados de extinção.
 
Como foi que Zorobabel, Josué, e as pessoas obtiveram a vitória e realizaram grandes feitos para Deus? Eles avançaram em obediência à palavra de Deus e confiando em Suas promessas. Este é o segredo da vitória da fé.
David Manzano
Pastor aposentado
Estados Unidos

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/5/
Traduzido por JDS/JAQ
Texto bíblico: Zacarias 5
Comentário em áudio


Zacarias 4 by Jobson Santos
18 de outubro de 2014, 0:07
Filed under: Espírito Santo | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:

Zacarias vê um candelabro de ouro com sete lâmpadas, que são alimentadas pelo óleo de duas oliveiras. O anjo deu a Zacarias o significado, “‘Não por força nem por violência, mas pelo meu Espírito’, diz o Senhor dos Exércitos” (v. 6, NVI). O Senhor estava dizendo que a reconstrução do templo não seria realizada pelo poder do homem, mas pelo poder de Deus.

Quando Zorobabel e Josué olharam para a sua situação comparando-a com o templo construído por Salomão, que contraste! A fundação que eles estabeleceram para a reconstrução era muito menor. Salomão tinha grandes recursos de trabalhadores e de ouro, prata e bronze. Eles tinham escassez de tudo. Eles jamais poderiam ficar a altura do mobiliário do templo de Salomão. Ele tinha paz e a ajuda de seus vizinhos, enquanto eles tinham constante oposição. Sob a perspectiva humana a reconstrução do templo era uma impossibilidade.

O mobiliário do templo de Salomão, cheio de simbolismo, tinha sido levado embora, mas as realidades simbolizadas pelo mobiliário não tinham ido embora. Deus não tinha ido embora. Ele estava com eles. “Não despreze o dia de pequenos começos”, é a mensagem para aquele que se dispõe a trabalhar para o reino. “A montanha de dificuldade será superada e você vai colocar a pedra angular, concluindo o que foi começado”. A obra de Deus tem sido realizada pelo esforço humano aliado ao poder do Espírito Santo. Isso aconteceu vez após vez na história da igreja.

As duas oliveiras vistas por Zacarias simbolizam os dois “ungidos”, literalmente, “filhos do óleo fresco”, que estão diante do Senhor de toda a terra, Josué e Zorobabel. Como as lâmpadas produzem luz? Elas dão luz pelo óleo que as alimenta. E comumente o óleo do Espírito é obtido através da leitura da Palavra de Deus.

“A palavra de Deus é uma lâmpada e uma luz” para o mundo todo. O Espírito Santo, simbolizado pelo óleo, inspirou homens a escreverem as mensagens que Deus lhes deu. Conforme as pessoas lêem ou ouvem a palavra, o Espírito Santo faz com que alcance sua mente e coração. Assim a palavra viva os desperta para a vida.

Ao dar atenção a mensagem profética de Deus, Zorobabel tornou-se “Reavivado pela Palavra” e assim foi capaz de completar a sua missão. Deus fará o mesmo por nós ao estudarmos diariamente a Bíblia e suplicarmos para sermos “Reavivados por Sua Palavra”.

David Manzano
Pastor aposentado
Estados Unidos

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/4/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 4

Comentário em áudio

 



Vídeo sobre Zacarias by Jeferson Quimelli
17 de outubro de 2014, 2:44
Filed under: Sem categoria



Zacarias 3 by Jobson Santos
17 de outubro de 2014, 0:12
Filed under: salvação | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:

Essa visão de Zacarias exalta as maravilhas da imensa salvação trazida por Jesus Cristo. Josué, o sumo sacerdote, e todos os que haviam retornado do exílio estavam procurando agradar a Deus, mas pensamentos de indignidade passavam pela mente deles. Como sumo sacerdote, Josué representava todas as pessoas, em pé diante do Senhor.

Mas, Satanás está lá também. Ele era a fonte de toda a oposição que os judeus enfrentavam. Além disso, ele aponta para a sujeira moral, a incredulidade e os pecados do povo. Satanás alegava que não era correto Deus ajudar a Josué. Pensamentos de desesperança e de nunca conseguir levar as pessoas a amar a Deus acima de todas as coisas e assim cumprirem a missão rondavam a mente dos líderes. Mas a graça de Deus repreendeu a Satanás.

 A verdade apresentada nesta visão é linda. Nossas vestes sujas de pecado são removidas e somos cobertos com o manto da justiça de Cristo. A visão trouxe esperança para o povo daquela época e para nós também. O Senhor nos ama e está conosco. Sigamos em frente com fé. Deus promete justificação e santificação pela fé. Ele promete remover as nossas inclinações terrenas a fim que que a imagem de Cristo seja plenamente revelada em nós.

No verso 8 e também no capítulo 6, Zacarias fala acerca da vinda do “Renovo”, que é Cristo. Por sua vida e morte Ele deu uma resposta positiva a cada acusação lançada por Satanás contra Josué e o povo. A vinda de Cristo a este mundo também respondeu a todas as perguntas que já se levantaram contra Deus. A vida e morte de Cristo foi uma revelação do amor e da compaixão de Deus.

Essa visão nos assegura que nossa aceitação e vitória vem de Deus. Quando o desânimo e a dúvida lhe assaltarem, olhe para Jesus, creia em Suas promessas e viva uma vida de vitória pela fé!

David Manzano
Pastor aposentado
Estados Unidos

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/zec/3/

Traduzido por JDS

Texto bíblico: Zacarias 3

Comentário em áudio

 



%d blogueiros gostam disto: