Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 31 by Jobson Santos
21 de setembro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/Is/31

De acordo com uma lenda folclórica norte-americana, John Henry ganhou o concurso que testava sua força humana com uma marreta contra uma furadeira de impacto à vapor. Infelizmente, ganhar tal concurso lhe custou a vida. Henry morreu de exaustão depois da vitória pois ele era apenas um homem. A furadeira continuou a ser usada na construção de estradas de ferro durante muito tempo após John Henry estar morto, mas isso também não significa que nós devemos colocar nossa confiança em máquinas. Nossa confiança precisa ser colocada na fonte da força verdadeira.

Israel pensou que poderia encontrar ajuda ao se voltar para o poderio militar do Egito, mas Isaías 31:3 diz, “Porque os egípcios são homens, e não Deus; e os seus cavalos, carne, e não espírito.” A conclusão é clara: confie em Deus e no poder do Seu Espírito. A última parte de Zacarias 4:6 nos traz, “Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos.” Isso me diz que não podemos nos livrar dos problemas pela força física e nem pela força das palavras. Precisamos do Espírito de Deus. É necessário permitir que Deus seja a fonte da nossa força.

Karen D. Lifshay
Coralista
Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA.

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=956
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: