Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 17 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
7 de setembro de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

771 palavras

1-14 Profecias contra Damasco [Síria] e Efraim [Reino do Norte]. Foram proferidas contra a coalizão siro-efraimita, conforme atestaram 7:1-9 e 8:14. Os assírios derrotaram a Síria em 732 a.C. e Israel em 722 a.C. Bíblia de Estudo Andrews.

1 [Damasco deixará] De ser cidade. … Por um tempo, a cidade pareceu ter ficado em ruínas, mas foi finalmente reconstruída, pois Jeremias transmitiu outras mensagens contra ela (Jr 49:23-27). Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

3 Efraim. Efraim, o reino do norte, ou Israel… Visto que se uniram para atacar Judá (2Rs 16:5; Is 7:1, 2), as duas nações sofreriam o mesmo juízo decretado pelo Senhor … Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

O Reino do Norte … é mencionado aqui por causa de seu pacto com Damasco contar a Assíria [e Judá]. Damasco [deixará de ser uma ] realeza. Em 732 a.C., Tiglate-Pileser III conquistou Damasco e fez dela uma província assíria. Muitas das cidades de Israel também foram conquistadas. Bíblia de Estudo NVI Vida.

A glória. A glória de Israel foi efêmera. Assim também seria com os restantes da Síria.Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

4 Jacó. Clara referência a Efraim, o reino do norte. As dez tribos seriam extintas. Portanto, esta mensagem deve ter sido transmitida antes de 723/722 a.C., data quando o reino do norte chegou ao fim… Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

5 Segador. A metáfora desta vez é a de um segador que colhe “trigo” (ver com [CBASD] de Lv 2:14). Da mesma forma, as cidades de Israel seriam cortadas pelo cruel invasor assírio. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

6 Sacudir. Neste método de colher as azeitonas, sempre fica alguma que não vale a pena subir para arrancar. Semelhantemente, Judá seria reduzida a um estado tão desprezível, que os exércitos dos estrangeiros não se dariam mais ao trabalho de ver se ainda sobrou algo. Bíblia Shedd.

Rabiscos. A ideia é mais uma vez a de um restante que escapará da destruição geral, dessa vez em Israel. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

7,8 Este trecho mostra que o julgamento de Deus, em desencadear a invasão da Síria e Israel, teria o efeito desejado: alguns ainda reconheceriam que Deus é justo nos seus julgamentos e se arrependeriam. Bíblia Shedd.

7 Olhará o homem para seu Criador. Pode ser necessário sofrer amarga desilusão e desastre para que as pessoas desviem os olhos das coisas terrenas, mas os juízos do Senhor finalmente fariam com que desviassem o olhar dos ídolos e o voltassem ao criador. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

8 O que fizeram seus dedos. Isto é, os ídolos (ver Dt 4:28; Is 2:8; 31:7; 37:19; Os 14:3; Mq 5:13). Os pagãos buscavam ajuda dos deuses que eles mesmo tinham feito. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

Altares de incenso (ARA e NVI). Heb hammãnm, pilares erguidos em adoração ao Sol, ou imagens, por intermédio das quais se prestava culto ao Sol, 21.9; 30:22; 41.29; 42.8, 17. Bíblia Shedd.

NIV: “Postes de Asherah“. Os postes de Asherah era imagens de Asherah, a deusa cananita que era a mulher de Baal. A rainha Jezabel pode ter trazido a adoração a Asherah ao Reino do Norte. O culto encorajava práticas sexuais imorais e atraía muitas pessoas. … Manassés foi condenado por colocar um poste de Asherah no templo (2Rs 21:7). Life Application Study Bible Kingsway.

10 Salvação. Esta palavra, como substantivo, heb yêsha’, só ocorre esta única vez no livro, mas a ideia é encontrada 23 vezes; além disto, faz parte do nome de Isaías, que significa “Deus é salvação”. Bíblia Shedd.

Plantações formosas. Plantações como trigo, cevada ou diferentes tipos de vegetais ou flores, plantados em cestas e potes e que germinavam rapidamente. Eram considerados como símbolos do poder mágico dos deuses da fertilidade. embora fossem consideradas poderosas, essas divindades não possuíam força alguma e nada podiam fazer por seus adoradores. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

Mudas de fora. Literalmente, “brotos”ou “rebentos” de “[deuses] estranhos ou “[deuses] ilícitos” (ver Sl 44:20; 81:9), talvez brotos usados de uma forma similar às “plantações formosas”. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

11 A colheita [voará]. A ideia parece ser de que o povo, tendo abandonado a Deus, sua força real, buscaria em vão a força dos deuses da fertilidade. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.

13 Montes. As eiras para debulhar se achavam em pontos altos, de onde a palha e o debulho eram levados para longe pelo vento, quando o cereal era atirado para o ar com a pá. Bíblia Shedd.

14 Anoitecer … amanheça. O cumprimento desta profecia descreve-se em 37.36 e em 2Rs 19.35-36. Bíblia Shedd.

Daqueles que nos despojam. De acordo com os registros de Senaqueribe, ele levou um grande despojo de Judá na sua primeira invasão (ver vol. 2 [CBASD], p. k46). Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: