Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 11 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
1 de setembro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Não se fará mal nem dano algum em todo o Meu santo monte, porque a Terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar” (v.9).

De tudo o que o homem pode conquistar, certamente a busca pelo conhecimento intensifica as realizações. Quanto mais se obtém conhecimento acerca de algo, mais aumentam as oportunidades de crescer e de colher os resultados almejados. De nada adianta, porém, conhecer e não praticar. A teoria aliada à técnica aperfeiçoa e revela a nossa capacidade e constante necessidade de aprender.

Como alunos na escola de Cristo, precisamos conhecê-Lo a fim de estreitar de tal forma o nosso vínculo com Ele a ponto de como Pedro declararmos: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna; e nós temos crido e conhecido que Tu és o Santo de Deus” (Jo.6:68-69).

É importante lembrar que o apóstolo Pedro fez essa declaração quando ainda no início de sua vida cristã. Ele havia compreendido que a sua vida não fazia sentido sem Jesus e que andar com Ele e dEle aprender poderia até frustrar seus planos terrenos; ele descobriria também quão débil era a sua fé e quão sujo o seu coração, mas quão maravilhosa é a graça imerecida que o levou a suportar os açoites deste mundo a fim de lograr a coroa da vida. De um homem rude e impetuoso, a um evangelista e líder piedoso, Pedro foi brilhando mais e mais avistando, pela fé, a consumação do dia perfeito (Pv.4:18). Com os olhos fitos em Jesus, despido de sua arrogância e ruins suspeitas, cheio do “Espírito do Senhor” (v.2), ele compõe a lista dos que serão ressuscitados e recolhidos “desde os quatro confins da Terra” (v.12) na gloriosa volta de Jesus.

Fomos criados e formados com a necessidade intrínseca de conhecer a Deus, pois Ele “pôs a eternidade no coração do homem” (Ec.3:11). Sendo assim, o conhecimento das Escrituras deve refletir em nós o desejo profundo de nos encher de Deus e da beleza de Sua santidade. É o esforço humano aliado ao poder do Espírito Santo que nos impulsiona em nossa jornada cristã, nos faz querer estar mais perto de Cristo e vivifica o nosso desejo de habitar na morada gloriosa (v.10). Certa vez ouvi um experiente ferreiro dizer que apenas olhando para o seu pai e prestando atenção no que ele fazia, que aprendeu o seu ofício. Jesus declarou: “E a vida eterna é esta: Que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a Quem enviaste” (Jo.17:3). Olhar para Jesus, o “rebento” do “tronco de Jessé” (v.1), é a chave da vitória que nos levará para a terra em que “o lobo habitará com o cordeiro” (v.6) e “o leão comerá palha como o boi” (v.7).

Jesus é o estandarte para onde devem afluir todos os povos (v.10). Todos são convidados à salvação e a experimentar a fragrância de uma vida movida pelo Espírito excelente (v.2). Nas palavras de Cristo e nas atitudes que revolucionaram aquela geração e alvoroçaram o cenário religioso da época, encontramos a plenitude do conhecimento de Deus aliada ao perfeito altruísmo. Jamais rejeitaremos o que o mundo oferece se não olharmos para Aquele que nos oferece um mundo melhor. Jamais conheceremos Jesus se não estivermos dispostos a viver como Ele viveu: “Assim como o Pai, que vive, Me enviou, e igualmente Eu vivo pelo Pai, também quem de Mim se alimenta por Mim viverá” (Jo.6:57).

Ergamos a nossa cabeça para o céu enquanto curvamos o nosso coração ante a Majestade Celeste! A nossa redenção se aproxima, quando o Senhor “julgará com justiça os pobres e decidirá com equidade a favor dos mansos da Terra… e com o sopro dos Seus lábios matará o perverso” (v.4). Conhecer a Jesus e praticar as Suas obras é tudo de que necessitamos. Então, perceberemos que mais do que um lar glorioso, um lugar de paz e de alegria, aguardamos ansiosos pelo encontro face a face com o nosso Senhor e Salvador; que amamos a Sua vinda não somente pelo que Ele prometeu, mas porque não vemos a hora de abraçar Aquele que não desistiu de nos procurar. Permita que o Espírito de Cristo repouse sobre a sua vida e Ele lhe conduzirá por “caminho plano” (v.16) até o pleno conhecimento de Deus (v.9). Vigiemos e oremos!

Bom dia, mansos da Terra!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Isaías11 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: