Reavivados por Sua Palavra


SALMO 106 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
18 de maio de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Bem-aventurados os que guardam a retidão e o que pratica a justiça em todo tempo” (v.3).

Humilhados à condição de escravidão, os filhos de Israel sofreram 400 anos sob a tirania de um monarca cujo objetivo principal era engrandecer o seu reino sobre todos os outros. Ouvindo o clamor de Seu povo oprimido, o Senhor suscitou os irmãos Moisés e Arão a fim de guiá-los de volta à terra que outrora prometera por intermédio de Abraão. Grandes sinais e prodígios deixaram o grande reino do Egito em ruínas, pela dureza do coração de Faraó, abrindo caminho aos hebreus para seguir em liberdade ao destino prometido.

As vozes, porém, que antes haviam se erguido em clamor e súplica, encurralados entre os inimigos e o Mar Vermelho, logo se esqueceram das pragas que apenas com os olhos contemplaram, erguendo-se em ofensas e acusações contra a liderança de Moisés. Mais uma vez, o Senhor manifestou o Seu poder abrindo caminho seco no improvável e destruindo aos que os ameaçavam. “Então, creram nas Suas palavras e Lhe cantaram louvor. Cedo, porém, se esqueceram das Suas obras e não Lhe aguardaram os desígnios” (v.12-13).

O salmista apresentou uma lista dos pecados de Israel: ingratidão (v.13), desobediência (v.14), cobiça (v.15), inveja (v.16), idolatria (v.19), murmuração (v.25), rebeldia (v.33), jugo desigual (v.35), infanticídio e culto aos demônios (v.37). De forma que Deus “abominou a Sua própria herança e os entregou ao poder das nações” (v.40-41). Os grandes milagres realizados a favor de Israel certamente podem ser classificados dentre as maiores maravilhas já realizadas à vista de homens. As pragas derramadas sobre o Egito, a abertura do Mar Vermelho, a coluna de nuvem durante o dia, a coluna de fogo à noite, o maná, a fonte de águas direto da rocha, os livramentos quanto aos inimigos que os assediavam, são exemplos da misericórdia do Senhor sobre um povo que constantemente O provocava à ira (v.29) por rejeitar as Suas leis e estatutos.

Uma sociedade sem leis é passível de desordem e toda sorte de hediondos resultados. É do intuito de Satanás promover tamanha ruína sobre o mundo, lançando sobre a Terra as sementes do engano e do desprezo pela verdade com o mesmo afinco com que instigou Israel a pecar. Ao seus agentes humanos apontarem para a Palavra de Deus como uma obra retrógrada e passível de mudanças, a autoridade e a Lei de Deus são negadas e rebaixadas à condição de um mero livro de aleatória consulta.

Neste tempo em que “Satanás está exercendo o seu poder”, com suas malignas visitações cada vez “mais frequentes e desastrosas” (O Grande Conflito, p.594), o maior perigo para a nossa vida e para a nossa família está em afastar-nos das verdades que por sua eficácia, e fidelidade de Seu Autor, são a nossa única salvaguarda. Aproxima-se o momento em que pela lealdade e obediência dos filhos de Deus, estes receberão sobre si a acusação de serem a causa das calamidades finais. Quando for assinado o decreto que nos obriga a honrar um sábado ilegítimo, que nossa vida assinale o testemunho da perseverança dos santos. Vigiemos e oremos!

Bom dia, santos do Altíssimo!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo106 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Nao entendi o “honrar o Sabado ilegitimo”.

Comentário por Bianca Sardinha

Bom dia, amada! A expressão se refere ao dia de descanso instituído por leis humanas, lançando por terra a verdade (Dn.7:25; 8:12) de que o sétimo dia, o sábado, é o dia do Senhor, como afirmam as Escrituras desde o Gênesis até o Apocalipse (Gn.2:1-3; Êx.16:23; Êx.20:8-11; Ez.20:12, 20; Mc.2:27-28; Mc.3:4; Lc.4:16; Lc.23:56; At.16:13; Hb.4:9; Ap.1:10).

Comentário por Rosana Garcia Barros




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: