Reavivados por Sua Palavra


SALMO 44 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
17 de março de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Não confio no meu arco, e não é a minha espada que me salva” (v.6).

Um cenário de guerra e de derrota é descrito no Salmo de hoje. É o clamor de um povo pelo favor de Deus. Um povo que ouviu falar dos prodígios do Deus de Israel e que clamava para ser testemunha ocular do Seu livramento. O testemunho de seus pais fez toda a diferença e conduziu o povo a reconhecer que a vitória só vem do Senhor (v.8).

Quão importante é a orientação dada pelos pais! Este foi o segredo do sucesso da educação cristã dado por Deus: “tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te” (Dt.6:7). E não há melhor forma de fixar um ensinamento na mente dos pequeninos do que pelo exemplo. Quando praticamos o que ensinamos, transmitimos credibilidade e a lição deixa de ser apenas uma hipótese para ser algo concreto. O salmista revelou que tudo o que ouviu dos pais foi elevado a uma fé prática. Apesar de não ter visto o que os pais relataram, confiou plenamente no que eles disseram (v.7).

Não é fácil louvar a Deus após uma derrota. Por mais que nossos pais tenham sido tementes a Deus e tenham nos conduzido no caminho correto, nunca estamos preparados o suficiente para enfrentar as batalhas desta vida. Além das guerras que dão ibope aos noticiários, temos que enfrentar a maior de todas elas, a guerra cuja disputa envolve o nosso coração. Lembram do nosso estudo de ontem? Se estivermos em constante comunhão com Deus, poderemos afirmar com perseverança: “Não tornou atrás o nosso coração, nem se desviaram os nossos passos dos Teus caminhos” (v.18).

Este conflito espiritual é travado a cada dia em que abrimos os nossos olhos. Por mais que sejamos “considerados como ovelhas para o matadouro” (v.22), “… somos mais que vencedores, por meio dAquele que nos amou” (Rm.8:37). As batalhas que lutamos sozinhos são passos vacilantes na direção do abismo. As batalhas que Jesus luta por nós são vitórias contadas de geração em geração (v.1). E ainda que, por amor a Deus (v.22), tenhamos que enfrentar o vale da sombra da morte, Ele ouvirá o nosso clamor (v.23) e Se levantará para nos socorrer e nos resgatar (v.26) no tempo determinado. Deus conhece a intensidade da guerra pela qual estamos passando. Se reconhecermos que somente pelo auxílio divino estaremos seguros, então o Senhor dos Exércitos comandará a nossa vitória. Porque “é certo que não dormita, nem dorme o Guarda de Israel” (Sl.121:4). Vigiemos e oremos!

Bom dia, vitoriosos em Cristo Jesus!

Desafio da semana: Inclua em suas orações, às 6h, a situação do mundo frente à pandemia do Covid-19. Clamemos juntos por auxílio divino!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo44 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: