Reavivados por Sua Palavra


SALMO 38 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
11 de março de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 38 – O salmos penitenciais são: Salmo 6, 32, 51, 102, 130, 143, e este em apreço.

Segundo Derek Kidner, esses salmos penitenciais se compõem em três partes:

1. O fardo repugnante (vs. 1-8).
2. A vítima solitária (vs. 9-14).
3. A única esperança (vs. 15-22).

Não precisa ter muito discernimento para saber que o pecado aflige, sufoca, esmaga e mata; o salmista Davi clama pela graciosa misericórdia divina devido ao terrível castigo que sofria pelo seu pecado.

• Ao recorrer a Deus é preciso ser humilde e reconhecer Sua intolerância ao pecado devido a Sua santidade (vs. 1-2).
• Ao orar é necessário admitir ser um causador de problemas, um transgressor da Lei divina, traçando uma existência pautada pela loucura do pecado (vs. 3-5).
• Ao confessar pecados a Deus é imprescindível relatar tudo, o fedor das feridas na alma, o ardor dos lombos, a franqueza física, seus órgãos débeis e o abandono – uma vida miserável por causa do pecado (vs. 6-12).
• Ao colocar o caso nas mãos do Deus que sabe todas as coisas e livra aos que O buscam, não é necessário gastar energia física e mental para fazer justiça com as próprias mãos (vs. 13-15).
• Ao entregar as questões da existência nas mãos do Autor da vida, nosso único foco deve ser o nome de Deus. Como representantes dEle, não devemos sujar Seu caráter com nossos atos contaminados com pecados para lidar com os que se acham superiores e pisam nos outros (vs. 16-20).
• Ao encerrar a oração de aflição diante de um Deus que possui todas as soluções, é preciso apegar-se a Ele como uma criança apega-se a seu pai quando corre perigo (vs. 21-22).

O pecado nos faz enfermar total e mortalmente, já a oração que nos liga a Deus que é o Médico dos médicos, tem poder de nos reavivar.

A saúde perdida por causa do pecado pode ser recuperada através da busca incessante dÀquele que atende as nossas orações em quaisquer situações.

Aqueles moribundos, capengando espiritualmente, devem entrar de cabeça num ministério fervoroso de oração a fim de ser reavivados e fortalecidos na fé.

A falta de vigor resulta de uma vida desprovida de oração; pois, a oração restaura fisicamente, revigora emocionalmente e fortalece espiritualmente! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: