Reavivados por Sua Palavra


II Samuel 15 – quarta, 23.01.2013 by Jeferson Quimelli
22 de janeiro de 2013, 23:02
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico à II Samuel 15

Texto de hoje do blog da Bíblia:

Sabemos que os eventos descritos ao final do capítulo 14 ocorreram quando Davi já estava morando em Jerusalém, cinco anos após a reconciliação entre Davi e Absalão (cf v. 7). Absalão havia matado seu irmão Amnon ao fazer justiça por suas próprias mãos, por meio de um assassinato premeditado. Ele também queimara o campo de Joabe e, em certo sentido, “roubara” a sua propriedade.

Este problema de roubo de Absalão, cresceu como o passar dos anos. “E aconteceu que, no final de 40 anos” (v. 7 NKJV e NASB*), no final do reinado de Davi, Absalão começou a roubar a lealdade dos corações dos cidadãos de Davi para si mesmo. Esta usurpação chegou ao ponto máximo quando Absalão pediu permissão a seu pai para adorar a Deus, cumprindo seu voto em Hebrom, sua cidade natal (2Sm 3.2,3). Davi de nada suspeitava, a despeito que o usual seria oferecer o sacrifício em Jerusalém, onde estava a arca. Absalão era muito esperto e astuciosamente organizou uma rebelião contra seu pai. E “a conspiração ganhou força” (v. 12 NVI).

Sabendo isso, Davi, decidiu fugir (v. 13). Muitas pessoas deixaram a cidade com ele, até mesmo um estrangeiro, que prometeu lhe ser leal, lembrando o que aconteceu no livro de Rute (v. 21). E Davi aceitou que cruzassem com ele o vale do rio Cedrom [NT: vale que existe entre a cidade antiga de Jerusalém e o Monte das Oliveiras] (v. 22, 23).

Entretanto, Davi mandou que os sacerdotes Zadoque e Abiatar voltassem a Jerusalém com a arca do Senhor (v. 25). E  também organizou uma rede de espiões que trabalharia próxima a Absalão, em Jerusalém, para mantê-lo informado dos planos de seu filho. Aimaás e Jônatas,  filhos dos dois sacerdotes, Zadoque e Abiatar, participariam das operações de espionagem (v. 36). Davi, criou, assim, um plano baseado na lealdade de seus colaboradores. Ele não tinha intenção de matar seu filho e pediu que Husai servisse ao seu filho como o havia servido (v. 34). Davi orou para que Deus transformasse em loucura as palavras de Aitofel que aconselhava Absalão todos os dias (v. 31).

Devemos novamente nos lembrar que o escriba e autor bíblico, reuniu informações e relatos os eventos ao redor do mesmo tema, para que tivéssemos uma seqüência de eventos que revelassem os acontecimentos da vida no palácio de Davi. O Espírito Santo operou no sentido de que houvesse transparência na descrição desses eventos. Por vezes, estes eventos não são apresentados em ordem cronológica, mas que não altera o quadro geral. A tolice, a cobiça, as atitudes de auto-engrandecimento, a esperteza, o roubo de lealdade, são práticas que nos fazem lembrar de outra de outra rebelião que começou no céu.

Querido Deus
Nós também estamos envolvidos, Senhor, no drama da grande luta que começou naquela rebelião celestial. Ajuda-nos  hoje , que busquemos ser  fiéis a Ti e não a nós mesmos; servir, ao invés de dominar; a pedir, ao invés de dar ordens. Em nome de Jesus oramos. Amém.

Koot van Wyk
Kyungpook National University
Sangju, South Korea
Trad JDS – Rev JAQ/GASQ


[*NT: Apesar da ARA e a NVI trazerem aqui “4 anos”, o autor parece preferir o período de “quarenta anos”, como traduzido nas versões NKJV – New King James Version – e NBASD, Nova Versão Americana, que fazem, provavelmente, referência ao final do reinado de Davi] 

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: