Reavivados por Sua Palavra


II Samuel 19 – domingo, 27.01.2013 by Jeferson Quimelli
26 de janeiro de 2013, 23:02
Filed under: Sem categoria
Texto bíblico à II Samuel 19
Texto de hoje do blog da Bíblia:
Este capítulo trata da reinstituição da realeza. Davi fugiu de Absalão e mais tarde, as pessoas o responsabilizaram por ter feito isso (v. 9). Elas queriam saber o porquê do silêncio do rei quanto a restaurar a monarquia. Davi lamentou a perda de seu filho Absalão, mas Joabe, seu sobrinho (2 Samuel 17:25), veio a ele e lhe perguntou porque estava agindo como um “bebê chorão”. Joabe usou isso como uma terapia de choque para  trazer Davi de volta à realidade. Superar a emoção da perda de seu filho é uma coisa. Retornar ao seu escritório de trabalho no palácio era outra. 

Davi não sabia agora quem eram seus amigos e quem eram seus inimigos. Então ele começou a trabalhar diplomaticamente, a partir de Judá. Ele enviou alguns homens de confiança para perguntar aos líderes de Judá por que eles não tinham sido os primeiros a recebê-lo de volta (v. 11). Davi instruiu os homens para falarem com Amasa, sobrinho de Joabe, e para lembrá-lo de que eles, Davi e Amasa, eram da mesma família e lhe perguntar por que ele não tinha vindo recebê-lo de volta. Ele ofereceu-lhe o cargo de general do exército em lugar de Joabe. Judá atendeu às palavras do rei (v. 14), este foi para o rio Jordão e Judá veio escoltá-lo para casa.

O historiador da vida de Davi, então, registra a vinda de Simei que desceu ao Jordão para declarar lealdade ao rei, junto com os homens de Judá e 1.000 homens benjamitas. Admitindo sua culpa, ele veio receber Davi. Abisai, irmão de Joabe, sugeriu matá-lo (v. 21), mas Davi não o permitiu.
O próximo que veio saudar o rei foi Mefibosete. Suas necessidades físicas haviam sido muito negligenciadas, mas ele foi graciosamente restaurado por Davi. Durante a rebelião, Davi havia dado toda a propriedade de Mefibosete a Ziba, seu servo (2 Sm 16:4), mas agora ele determinou que Ziba lhe devolvesse a metade. Porém, Mefibosete disse que Ziba poderia ficar com tudo, pois o rei, de quem ele tudo dependia, já havia retornado (v.30).

Um avô de 80 anos, Barzilai, que sustentara Davi em Maanaim, veio e também saudou o rei. Davi queria que ele fosse com ele para o palácio, mas Barzilai preferiu ficar em sua terra e abrir mão dos privilégios da corte (comida, bebida, cantores e cantoras, v. 35), argumentando que não eram mais desfrutáveis por alguém de sua idade, mostrando que “uma árvore adulta não é fácil de arrancar.”
Todo o povo de Judá e metade do povo de Israel vieram saudar o rei. Mas as pessoas se dividiram em dois grupos: norte e sul. As tribos do norte se ressentiram de que o sul agisse como se fossem os únicos responsáveis ​​do rei, desprezando o fato de que elas compunham 8/10 da nação (v. 43). Percebemos aqui que o escriba queria mostrar as raízes da futura divisão de Israel.

Querido Deus
Como somos fácil e apressadamente levados a pensar de forma tendenciosa a partir de “verdades transmitidas pelo twitter”, em vez de escavar profundamente em Tua Palavra! Dá-nos a generosidade e desprendimento de Mefibosete e da misericórdia de Davi para superar as divisões com a atitude de Cristo. Em nome de Jesus. Amém

Koot van Wyk
Kyungpook National University
Sangju, Coréia do Sul
Trad JAQ – Rev GASQ



%d blogueiros gostam disto: