Reavivados por Sua Palavra


II Samuel 9 – quinta, 17.01.2013 by Jeferson Quimelli
16 de janeiro de 2013, 23:02
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico à II Samuel 9
Texto de hoje do blog da Bíblia:

Existem dois relatórios dos registros mantidos no palácio de Davi e Salomão, que o escriba, ao escrever sobre a vida de Davi, colocou juntos em um capítulo. Nós sabemos disso pela repetição de certas frases e pela menção do nome Mephibosete, que era coxo de ambos os pés e comia à mesa do rei Davi (vv. 1-8 é um relatório e vv. 9-13 é o segundo relatório) . Dois escribas escreveram os eventos de forma independente, detalhada e esses registros foram armazenados no palácio. Em seguida, o historiador reuniu estes dois relatórios em um capítulo.
O pano de fundo deste capítulo nos leva de volta para quando Saul e Jônatas, morreram na batalha de Gilboa. Quando a notícia de suas mortes chegaram à casa de Jônatas, a criada que cuidava de seu filho Mefibosete decidiu fugir para salvar a vida do garoto. Ela agarrou o menino de cinco anos de idade e durante a fuga, ele caiu e ficou coxo de ambas as pernas (ver 2 Sam. 4:4). Anos mais tarde, o escriba ao escrever este capítulo nos fala das boas ações de Davi para Mefibosete, agora mais velho.
Ao longo deste capítulo aprendemos de um rei que quer ser gentil com seu inimigo passado, o rei Saul, sendo gentil com seus descendentes. Davi pediu que qualquer parente vivo de Saul viesse a ele e aconteceu que o filho de Jônatas, Mefibosete, foi trazido para ele. Davi tratou dele muito gentilmente, restaurou-lhe a propriedade de Saul e também deu a Mefibosete o servo pessoal de Saul, incluindo os 15 filhos do servo e seus 20 funcionários para trabalhar as terras do jovem coxo. Então Mefibosete mudou da cidade de Lo-Debar para Jerusalém para comer regularmente à mesa de Davi. Por que Davi fez isso? 2 Samuel 9:7 diz que foi em consideração ao seu amigo Jonathan, o pai de Mefibosete.
Qualquer pessoa que tenha feito inimigos no passado sabe que em determinado momento um dos lados desejará transpor a barreira existente entre as duas pessoas. Davi está fazendo isso aqui e o Espírito Santo inspirou o autor para selecionar este bom acontecimento na vida de Davi como um exemplo do que é correto fazer. Ele sente que tem de fazer a restauração o mais breve possível. Demorou alguns anos para que Davi fizesse isso, mas o Espírito Santo quer que façamos o mesmo e que também sejamos pacificadores.
Querido Deus
Ajude-nos a dedicar nosso tempo e energia para construir pontes onde as anteriores foram queimadas, parcial ou totalmente, devido às nossas próprias ações ou envolvimento. Em nome de Jesus oramos. Amém.
Koot van Wyk
Kyungpook National University
Sangju, South Korea
Trad JAQ – Rev GASQ

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: