Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 43 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
8 de dezembro de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

JEREMIAS 43 – A injustiça existe para mostrar-nos quão ruim é o pecado. O justo Daniel e seus três amigos foram levados cativos pelos caldeus devido à rebeldia coletiva de Israel (Daniel 1).

Gedalias, que protegia aos abandonados nas terras de Judá foi assassinado injustamente. Joanã e o povo procuraram ajuda com o profeta de Deus. Mas, apesar da graça divina em responder aos que procuraram ao profeta, eles ignoraram as orientações de Deus para tomar a pior e mais complicada das decisões: Ir para o Egito quando deveriam ter permanecido sob a proteção e bênção de Deus na Terra Prometida. 

(Leia Jeremias 43, depois retorne para continuar a leitura deste comentário).

Quando não damos atenção à voz profética, que é a fina revelação divina à humanidade, nossa atitude será patética até que retornemos à estaca zero. Israel saiu do Egito sob a regência de Moisés com poder e grandeza, atravessou o Mar Vermelho e viu a destruição do exército mais poderoso da Terra afogar no mesmo mar; mas, agora, um resto quase insignificante busca refúgio no Egito, onde se dará de cara com a morte (Jeremias 42:19-22).

Jeremias foi arrastado junto ao Egito. Os bons pagam pelos pecados dos maus. Abel sentiu isso na pele. Isaías e Jeremias também. Além desses, o melhor homem que pisou na Terra também sentiu isso como ninguém. Jesus foi terrivelmente injustiçado, pois foi maltratado como o pior dos piores criminosos sendo que só fazia o bem sem nunca praticar injustiças.

Medite nestes pontos de Jeremias 43: 

• Sempre tem alguém que pensa saber mais que Deus e leva muita gente à desgraça com sua influência (vs. 1-4). 

• Deus conhece o futuro, conquanto é vantagem obedecer Suas orientações antes que seguir nossas avaliações de segurança. Desobediência não tem futuro! (vs. 5-7).

• Deus não negligencia a negligência do povo, mas aproveita qualquer oportunidade e recursos para advertir-nos dos perigos existentes (vs. 8-13).

Enfrentamos ao caos maior que o caos em que estamos, quando rejeitamos as profecias divinas. Pois, a sabedoria de Deus nunca falha; a nossa, dificilmente acerta. 

Quanto mais tomamos decisões baseadas no medo, parece que nossa capacidade de raciocinar diminui. Assim, a ação e reação não passam de impulsos, pior que as decisões de animais irracionais.

Sejamos sábios! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: