Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 46 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
6 de outubro de 2020, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO ISAÍAS 46 – Primeiro leia a Bíblia

ISAÍAS 46 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

ISAÍAS 46 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUÁREZ(link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)



ISAÍAS 46 by Jobson Santos
6 de outubro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/Is/46

O que acontece quando você olha para uma fotografia sua? Você automaticamente examina a imagem cuidadosamente para ver se a foto retrata o melhor de sua aparência? Você compara tal foto mentalmente com fotos tiradas de você quando era mais jovem e mentalmente toma a decisão de ligar para o seu cabeleireiro para marcar uma hora a fim de disfarçar aqueles cabelos grisalhos irritantes ou pensa em voltar à academia para trabalhar sua forma física?

Muitos de nós parecemos sentir que devemos manter uma aparência jovem o tempo todo. E embora seja bom manter-nos arrumados e limpos para ter a melhor aparência (e de fato DEVEMOS cuidar de nossa saúde), cada dia de vida que nos foi concedido é um presente, e não algo para ser escondido como se estivéssemos com vergonha de quantos anos temos.

“Serei o seu Deus por toda a sua vida, até que seus cabelos fiquem brancos” (v. 4a NVT)

Seu Criador não sabe quantos anos você tem? Ele não concedeu a você cada dia, Ele não prometeu carregá-lo? Nenhum de nós decidiu que nasceria. Mas alguém tomou essa decisão. . .

“Eu os criei e cuidarei de vocês, eu os carregarei e os salvarei.” (v. 4b NVT)

Você tem um Criador que prometeu lhe carregar no colo, sustentar e salvar. Não temos nada a temer!

Susan Menzmer
Dona de casa / professora de educação domiciliar
Collegedale, Tennessee, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=971
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



ISAÍAS 46 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
6 de outubro de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

715 palavras

1 Bel se encurva. Em Isaías 40:19, 20; 41:23, 24; 44:9-20; 45:16, o profeta enfatiza a tolice de se adorar ídolos. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 282.

Bel era um dos principais deuses dos babilônios. Bel, assim como Baal, significa “senhor”, e era também o título aplicado ao principal deus deles, Marduk (Jer. 50:2 ), e a seu filho Nebo, o deus do conhecimento e da literatura. Os babilônios costumavam peregrinar até à cidade de Bel, no início de cada ano, levando as imagens em carroças puxadas por animais (v. 1). Mas esses deuses e todo esse esforço não conseguiriam evitar a queda de Babilônia. Pr Ron M E Clouzet, em https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/04/11/.

O nome Bel ocorre nos nomes de Beltessazar (Dn 1:7) e Belsazar (Dn 5:1). CBASDvol. 4, p. 282.

Nebo. Ou, Nabu, o deus babilônico do conhecimento e da literatura. Seu centro de adoração era em Borsipa, próximo a Babilônia. Depois de Marduque, este era o mais importante dos deuses, e era considerado seu filho. Nebo honrava seu pai com uma visita anual a Babilônia, durante a celebração do Ano Novo. Em retribuição, Marduque acompanhava Nebo em parte do caminho de volta para Borsipa. O nome Nebo faz parte dos nomes de Nabucodonosor (ver com. de Dn 1:1) e Nabopolassar. CBASDvol. 4, p. 282.

2. Entram em cativeiro. A história revela que quando o rei assírio Senaqueribe destruiu Babilônia cerca de um século antes, levou o ídolo Marduk como despojo de guerra. Deus estava dizendo através de Isaías que o mesmo que acontecera no passado aconteceria de novo com os deuses de babilônia: “eles mesmos vão para o cativeiro” (v. 2b NVI). Pr Ron M E Clouzet, em https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/04/11/.

Sobre os animais. Nas viagens mencionadas, Bel e Nebo eram levados por homens ou nos lombos de animais. Em contraste, o Deus de Israel tinha levado e libertado Seu povo (v. 3). Enquanto Bel e Nebo precisavam da ajuda de seus devotos, o verdadeiro Deus ajudava aqueles que O adoravam. CBASDvol. 4, p. 282.

Até à vossa velhice. O Senhor jamais deixaria de cuidar dos Seus. Enquanto houvesse vida, Ele os protegeria como pais amorosos protegem seus filhos. CBASDvol. 4, p. 282.

Você já ouviu falar do Poema das Pegadas? Certamente já. “Uma noite eu sonhei que estava andando na praia com o Senhor…” Às vezes, o autor (quem quer que seja), ao olhar para trás, só podia discernir um par de pegadas na areia, e isso o incomodava, porque ele imaginava que o Senhor o tinha deixado a andar sozinho durante o período mais difícil de sua vida. Finalmente, o Senhor lhe sussurrou: “Quando você viu apenas um par de pegadas, foram os momentos em que Eu te carreguei no colo.”  Pr Ron M E Clouzet, em https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/04/11/.

Nenhuma resposta. Quando a madeira ou o ouro assume  forma de um ídolo, ela continua sendo um material inanimado, incapaz de ouvir o clamor de uma alma. Nas horas de desespero, o ser humano procura um deus que possa ouvir o clamor de seu coração e que possa suprir sua necessidade (ver Sl 107:9). Ídolos deixam apenas um doloroso vazio na alma de que os adora. CBASDvol. 4, p. 283.

8-11 Quando somos tentados a seguir atrás de qualquer coisa que nos promete prazer, conforto, paz ou segurança à parte de Deus, devemos lembrar do compromisso que fizemos com Deus. Life Application Study Bible Kingsway.

Lembrai-vos disto. Deus advertiu Israel dos males da transgressão …, contudo, não foi ouvido … Isaías reitera essa mensagem … , na esperança de salvar a nação da tragédia. CBASDvol. 4, p. 283.

O Meu conselho permanecerá de pé. Deus tem um propósito para o mundo, e esse propósito prevalecerá. CBASDvol. 4, p. 283.

11 A ave de rapina desde o Oriente. Esta expressão representa Ciro … . Ciro foi um “pastor” para o rebanho disperso de Israel, mas uma ave de rapina para Babilônia, a inimiga do povo de Deus. CBASDvol. 4, p. 283.

12 Vós, os que sois de obstinado coração. O professo povo de Deus se mostrou teimoso e voluntarioso. Não ouvia a Deus nem à razão. a teimosia é o arqui-inimigo da justiça, ao passo que a mansidão leva à bondade (ver com. de Mt 5:5). CBASDvol. 4, p. 283.

13 Faço chegar a Minha justiça. Isto é, Deus libertaria Seu povo de Babilônia, por meio de Ciro (Is 45:3). A libertação do cativeiro babilônico é um símbolo da grandiosa libertação dos grilhões do pecado por meio de Criso. CBASDvol. 4, p. 283.



ISAÍAS 46 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
6 de outubro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Até à vossa velhice, Eu serei o mesmo e, ainda até às cãs, Eu vos carregarei; já o tenho feito; levar-vos-ei, pois, carregar-vos-ei e vos salvarei” (v.4).

A invasão persa promoveu terrível perturbação entre os babilônios e muitos, fugindo, colocaram tudo quanto podiam em cima de seus animais de carga, inclusive seus ídolos (v.1), e até sobre os ombros (v.7) levaram consigo os seus deuses. Mas nenhum deles pôde livrá-los da disciplina do Deus vivo. A invasão que julgaram ser uma maldição, para o povo de Deus foi a resposta de seu livramento. O contraste apresentado por Isaías apresenta clara distinção entre os deuses que são carregados: “Esses deuses juntamente se abaixam e se encurvam, não podem salvar a carga; eles mesmos entram em cativeiro” (v.2) e o Deus que carrega: “vós, a quem desde o nascimento carrego e levo nos braços desde o ventre materno” (v.3).

Deus é o único pai de que se tem notícia que carrega os filhos no colo até à velhice. O Deus que de tal maneira considera os Seus filhos não deveria jamais ter Seu amor questionado. Quando Belsazar e “os seus grandes e as suas mulheres e concubinas” beberam nas taças do vinho de sua prostituição dando “louvores aos deuses de ouro, de prata, de bronze, de ferro, de madeira e de pedra” (Dn.5:3-4), seus pecados encheram a taça do vinho da ira de Deus. Contudo, o sacrilégio cometido com os utensílios da Casa de Deus não foi maior do que a apostasia de seus corações. “Naquela mesma noite, foi morto Belsazar, rei dos caldeus” (Dn.5:30).

Certa vez, “Jesus viu um homem cego de nascença. E os Seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus. É necessário que façamos as obras dAquele que Me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar” (Jo.9:1-4). Sabemos que o pecado trouxe consigo inúmeras sequelas, dentre elas as enfermidades e a morte. Mas até mesmo estas coisas o Pai deseja usar para revelar a Sua glória. Ele é o único poderoso para curar as enfermidades do corpo e da alma. “Lembrai-vos disto e tende ânimo” (v.8).

Tão perto como estamos de viver os momentos mais escuros desta Terra, o Espírito Santo tem clamado com grande voz: “Ouvi-Me vós, os que sois de obstinado coração, que estais longe da justiça. Faço chegar a Minha justiça, e não está longe; a Minha salvação não tardará” (v.12-13). Amados, não é hora de tombar do posto de nosso dever! Nem tampouco de ver o cumprimento dos sinais a se avolumar e apegar-se ao que não pode nos livrar da tribulação (v.7). “Afligi-vos, lamentai e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto, e a vossa alegria, em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e Ele vos exaltará” (Tg.4:9-10). Supliquemos ao Senhor por nossa vida, nossa casa e nossos irmãos! Acenda-se em nosso meio a ardente chama do Espírito e saiamos para declarar ao mundo que há um Deus no Céu que os ama com amor eterno. Em nome de Jesus, amados, não desanimem!

O Senhor nos declara nestes últimos dias: “Lembrai-vos das coisas passadas da antiguidade: que Eu sou Deus, e não há outro… que desde o princípio anuncio o que há de acontecer e desde a antiguidade, as coisas que ainda não sucederam; que digo: o Meu conselho permanecerá de pé, farei toda a Minha vontade” (v.9-10). Portanto, nos apeguemos à Palavra de Deus, que é fiel e verdadeira e Àquele que prometeu: “Certamente, venho sem demora” (Ap.22:20). Que a noite não traga sobre nós a morte, mas a firme certeza de que a nossa redenção se aproxima. Vigiemos e oremos!

Bom dia, filhinhos no colo do Pai do Céu!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Isaías46 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



ISAÍAS 46 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
6 de outubro de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

ISAÍAS 46 – A sabedoria de Deus é infinita. Seu saber não é limitado como o nosso. Deus conhece o fim desde o princípio. O Deus verdadeiro é onisciente. Ele conhece tudo, sabe tudo sobre tudo. Deus nos conhece, inclusive nossas decisões antes mesmos delas serem pensadas. Deus também conhece quais decisões tomaremos lá no futuro.

As profecias relacionadas com gente possuindo o livre arbítrio provam que Deus é verdadeiramente onisciente. Conhecer o futuro de forma infalível é característica exclusiva de Deus que O distingue dos ídolos e tantos outros deuses falsos (ver Salmo 147:5; Isaías 41:21-24).

Em Isaías 46 encontramos esta informação dada por Deus: “Eu sou o Eterno, o único Deus que já tiveram e terão – incomparável, insubstituível – Desde o começo dizendo a vocês como será o fim, ao longo de toda a caminhada revelando a vocês o que irá acontecer… Conheço tudo há muito tempo, vou fazer exatamente o que me propus a fazer” (vs. 9-11).

Ninguém consegue atrapalhar os propósitos de Deus (Jó 42:2). Além de onisciente, Deus é onipotente. Consequentemente, Ele…

1. …Faz o que, quando e onde quiser. No presente Ele prediz o futuro e no futuro Ele age como falou no passado – sem que ninguém interfira: nem o diabo com suas hostes demoníacas O impedem executar Seus extraordinários planos para um mundo decadente (vs. 1-4).

2. …Chama as pessoas à responsabilidade, incentiva os pecadores a serem sábios, aos incrédulos a crerem, aos injustos a serem justos, aos pagãos a se converterem. Sua oferta de salvação é um presente para todos os que estão presos a um destino de total perdição (vs. 5-13).

Além destas, o texto inspirados transmitem-nos as seguintes verdades:
• O Deus verdadeiro é onipotente, todos os outros são absolutamente impotentes.
• O Deus verdadeiro conhece e sustenta os Seus seguidores, os outros deuses precisam ser transportados por seus seguidores.
• O Deus verdadeiro cuida e protege; os outros deuses precisam de cuidado e proteção para não quebrarem ou caírem.
• O Deus verdadeiro conhece o passado, o presente e o futuro; os outros deuses nada sabem.
• O Deus verdadeiro age, interage e executa obras impossíveis aos humanos; os deuses falsos não fazem nem o que é possível aos humanos fazerem.

Conheça melhor o Deus que te conhece bem! Anime-se! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: