Reavivados por Sua Palavra


CANTARES 07 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
20 de agosto de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Quão formosa e quão aprazível és, ó amor em delícias” (v.6).

Uma das consequências que o pecado impôs ao ser humano foi manifestada na primeira percepção do homem e da mulher após a queda: “… percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira e fizeram cintas para si” (Gn.3:7). A vergonha da nudez impactou o coração do casal edênico, que acabara de perder as gloriosas vestes da luz divina. A partir daí, a corrupção do coração do homem deturpou o que o Criador havia feito para ser uma bênção. O sexo dentro do casamento foi estabelecido por Deus tanto para a procriação, quanto para o deleite do casal. Marido e mulher devem ter por privilégio a intimidade que os une como “uma só carne” (Gn.3:24).

O esposo praticamente desenhou a sua amada com palavras. O corpo de sua esposa lhe era um tesouro particular e ele conhecia cada parte dele com riqueza de detalhes. Ele a amava e a desejava. Perceba que antes de subir “à palmeira” (v.8), ou seja, antes de desfrutar do “amor em delícias” (v.6) de sua amada esposa, ele a admirou desde a sua forma de andar (v.1). Ele usou palavras de conquista. O desejo sexual pode não ser o fator principal no casamento, mas com certeza é essencial. Diante de um mundo onde o apelo sensual tem sido tão explorado, onde a pornografia tem arruinado casamentos, ter uma vida íntima saudável, dentro dos limites estabelecidos por Deus, é realmente uma bênção.

O inimigo transformou o sexo em algo sujo e repugnante. Por isso que muitos casais casados têm sofrido com uma intimidade promíscua e mal administrada, ou com um relacionamento frio e uma culpa infundada. As relações sexuais ilícitas são aquelas que ultrapassam os limites da consciência e das proibições impostas pelo Senhor em Sua Palavra (Rm.14:23 e 1:26-27; At.15:28-29; Lv.18). Admirar o corpo do cônjuge e desejá-lo não é pecado. Faz parte do propósito de Deus para o casamento. Portanto, não leve em pouca consideração o cuidado com a aparência, com a saúde e com a higiene. A partir do momento em que você contraiu matrimônio com o seu cônjuge, o seu corpo foi entregue a ele e o dele a você: “A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher” (1Co.7:4). Em outras palavras: Casou? Então assuma o compromisso: “Eu sou do meu amado e o meu amado é meu” (Ct.6:3).

A Bíblia nos diz que o matrimônio, bem como o leito sem mácula é digno de honra (Hb.13:4). O que precisamos cultivar no casamento são pensamentos puros e respeitáveis, tornando a intimidade um momento onde não tenhamos vergonha da presença de Deus. O quarto do casal, mais do que qualquer outro cômodo da casa, deve ser o mais espiritual. Não permita que a condescendência com a imoralidade do mundo invada o lugar que deve ser imaculado. Ellen White escreveu: “Nessa fase de nossa história, os votos matrimoniais são, muitas vezes, desconsiderados. Deus jamais quis que o casamento escondesse a multidão de pecados que são praticados. Sensualidade e práticas vulgares no relacionamento matrimonial estão educando a mente e o gosto moral para as práticas imorais fora da relação conjugal” (EGW, Conduta Sexual, p.63).

Portanto, seja o Espírito Santo o conselheiro matrimonial do teu casamento. Busque nEle a sabedoria e o amor tão necessários para um relacionamento feliz, e a força e o poder para abrir mão de tudo o que esteja retardando ou impossibilitando essa felicidade. O mesmo Espírito me impele a deixar com vocês a seguinte advertência: Cuidado com as redes sociais! Elas têm despertado nas pessoas sentimentos como inveja, cobiça e ódio. O desejo de ter uma vida à semelhança de outros cria expectativas que, uma vez frustradas, causam constante insatisfação. Estabeleça limites para uso das redes sociais e dedicar esse tempo extra para estudar sobre a vida de Jesus e investir em seu casamento. Acredite, Deus operará grandes milagres! Vigiemos e oremos!

Bom dia, vós que sois a noiva de Cristo!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Cantares7 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: