Reavivados por Sua Palavra


CANTARES 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
17 de agosto de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

1-16 A noiva e o noivo descrevem a beleza um do outro com elogios exuberantes (v. 1-15; 5:10-16; 6:4-10; 7:1-9), semelhantes aos cânticos de louvor nos casamentos sírios da zona rural na atualidade. Os elogios mútuos apresentam força e movimento dinâmicos. Com frequência, referem-se às qualidades morais dos amados. Bíblia de Estudo Andrews.

1-7 Sentimo-nos como espectadores estranhos quando lemos essa troca intensamente privada e íntima. No êxtase de seu amor, os amantes se elogiavam com belas imagens. Suas palavras podem parecer estranhas para leitores de uma cultura diferente, mas seus intensos sentimentos de amor e admiração são universais. Comunicar amor e expressar admiração tanto em palavras quanto em ações pode melhorar qualquer casamento. Life Application Study Bible Kingsway.

1 És formosa. Até aqui, a principal interlocutora dos Cânticos tem sido a donzela sulamita. A partir deste verso, inicia-se o discurso mais extenso do noivo. As lembranças visam exaltar a beleza da noiva e culminam com uma proposta de casamento [8-15], que ela aceita [v. 16]. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 1265. 

Como o rebanho de cabras. Os cabelos dela são negros e macios, como os pelos das cabras da Palestina que, em sua maioria, possuíam pelagem negra ou marrom escura. CBASD, vol. 3, p. 1265. 

Rebanho de dentes nenhuma delas há sem crias. É bela a brancura de dentes, bem formados e simétricos, dos quais não há falta de nenhum. CBASD, vol. 3, p. 1265. 

4 torre de Davi. A imagem que alude a uma torre militar (ver também 7:4; 8:10) simboliza não só a beleza e a força da mulher, mas também sua pureza e virgindade. Bíblia de Estudo Andrews.

A localização desta torre é desconhecida. Bíblia de Genebra.

6 mirra […] incenso. As duas especiarias das montanhas podem fazer menção aos seios da noiva (mencionados no versículo anterior). Bíblia de Estudo Andrews.

7 Tu és formosa. Você é encantadora, não tem nenhum defeito. Apresenta-se a Jesus como dizendo estas palavras à Sua noiva, a igreja (ver CBV, 356; MDC, 64). CBASD, vol. 3, p. 1265. 

Descrição das qualidades morais e físicas da noiva, tipificando a noiva de Cristo, a igreja (comparar com Ef 5:27). Bíblia de Estudo Andrews.

[Ap] Cristo mesmo cobre as imperfeições da nossa vida e das nossas obras, com a Sua perfeição e santidade; Ele, tanto quanto o Pai, nos vê, agora, completamente santos; somos vestidos do próprio Senhor Jesus Cristo (Ef 5.25-27; Gl 3.27). Bíblia Shedd.

Amana. Cordilheira do Antilíbano [região do Líbano]. CBASD, vol. 3, p. 1265. 

Líbano […] Hermon. Picos isolados no distante horizonte setentrional [do norte], simbolizando o caráter inacessível da mulher (comparar com 2:14). Bíblia de Estudo Andrews. 

Noiva minha. Estas palavras [“esposa”, no hebraico original] não estão usadas literalmente, mas como um termo de afeto, em antecipação ao casamento. Bíblia de Genebra.

9 irmã. Termo afetuoso comum nas poesias culturais de amor. Bíblia de Estudo Andrews.

Nos idiomas do Oriente próximo, “irmã” é comumente usado pelos apaixonados como termo de carinho. Expressa uma proximidade entre pessoas que não são membros de uma mesma família. Bíblia de Genebra.

10 Teu amor. Literalmente, “teus amores”, isto é, as muitas atenções e manifestações de amor (ver Ct 1:2). CBASD, vol. 3, p. 1266.

12 Jardim fechado és tu… manancial recluso. Estas são figura de linguagem da virgindade. Bíblia de Genebra.

Denota virgindade. Por ocasião do casamento, a mulher ainda era virgem. Em Cântico dos Cânticos, o ato sexual entre os amados só acontece dentro do contexto da aliança matrimonial. Bíblia de Estudo Andrews.

manancial… fonte. O amado anelava por ela como um viajante sedento anela por águas refrescantes (Pv 5.15-20). Bíblia de Genebra.

[Ap] Amor ao mundo é uma espécie de adultério espiritual (1Jo 2.15-17; cf 2Co 11.2). É igual à idolatria (cf 1Jo 5.21; Ap 2.20). Bíblia Shedd.

15 Poço de águas vivas.Esta imagem exprime como o jovem gostaria que sua amada fosse: não mais uma fonte selada (v. 12, nota). Há um convite implícito à entrega sexual. Bíblia de Genebra.

[Ap] A linguagem deste verso tem sido usada para ilustrar as correntes perenes e refrescantes que se podem obter da Palavra de Deus (ver PR, 4112; PR, 234). CBASD, vol. 3, p. 1266.

A noiva de Salomão era tão refrescante para ele como uma fonte. Seu cônjuge poderia dizer o mesmo sobre você? Às vezes, a familiaridade que vem com o casamento nos faz esquecer os sentimentos avassaladores de amor e revigoramento que compartilhamos no início. Muitos casamentos poderiam se beneficiar de um curso de “refrigério”. Você revigora seu cônjuge ou é um fardo de queixas, tristezas e problemas? Os cônjuges devem trabalhar continuamente para renovar um ao outro por meio de uma palavra de incentivo, um presente inesperado, uma mudança de ritmo, um telefonema ou uma carta ou bilhete surpresa, ou mesmo evitar uma discussão sobre algum problema até o momento apropriado. Seu cônjuge precisa que você seja um refúgio de refrigério, porque o resto do mundo geralmente não é. Life Application Study Bible Kingsway.

16 Venha o meu amado para o seu jardim. A jovem destrancou o “jardim” de sua virgindade para o seu amado (v. 12, nota). Bíblia de Genebra.

Esta é a resposta da sulamita. ela convida o noivo a entrar em seu jardim e comer de seus frutos. CBASD, vol. 3, p. 1266.

4:16-5:1 Levanta-te […] leite. O ponto alto, o centro exato do livro (com 111 versos poéticos de cada lado destes dois versículos), equivalente aos votos matrimoniais atuais; a noiva convida e o noivo aceita o convite para consumar o casamento por meio da união sexual.

5.1 Já entrei no meu jardim. O amado aceita o convite de sua amada. Bíblia de Genebra.

Comei e bebei, amigos. Esta voz de autoridade, pronunciando aprovação e bênção sobre o casamento e sua consumação física, provavelmente é a do próprio Deus, que oficiou o primeiro matrimônio no Éden (Gn 2:22-24). Bíblia de Estudo Andrews.


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Bom dia! No comentário sobre o versículo 7 há um pequeno erro, onde diz que Cristo nos cobre com sua imperfeição e santidade… Creio que a intenção foi colocar a palavra perfeição… Acompanho o RPSP há um tempo e agradeço por cada postagem edificante… Que Deus nos abençoe!

Comentário por pattyejesus

Excelente observação! Todos ficamos muito gratos! Já retificado.

Comentário por Jeferson Quimelli




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: