Reavivados por Sua Palavra


SALMO 130 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
11 de junho de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Aguardo o Senhor, a minha alma O aguarda; eu espero na Sua Palavra” (v.5).

Um grito de socorro ecoa do Salmo de hoje. “Das profundezas” (v.1) do desespero e do pecado, o salmista recorreu ao Único capaz de livrá-lo e perdoá-lo (v.4). Ao reconhecer a sua condição e o abismo em que estava, sentiu saudades do Pai que não Se importa em estender a Sua santa mão através do abismo para redimir um filho que se perdeu. Contemplado pelo perdão e pela “copiosa redenção” (v.7), seu desejo era de estar perto do Senhor e andar com Ele. E esta obra tem sido realizada na vida de muitos que, das profundezas do pecado e da depressão, têm suplicado por auxílio.

A Bíblia apresenta diversos testemunhos de homens e mulheres como você e eu, que estiveram no fundo do poço, mas que, pela oração e súplica, foram iluminados pela luz divina. Pessoas que o mundo rejeitou, mas que Deus abraçou. A mulher adúltera, por exemplo, foi exposta ao vexame e jogada no meio de um tribunal popular e ilegal. Sua mente confusa e amedrontada pelo castigo e pela culpa não conseguia formular sequer uma palavra que pudesse ir de encontro às suas necessidades. Mas Aquele a quem a turba enfurecida esperava autorizar a morte da pecadora era o Leitor de corações, que ouviu o grito da alma daquela mulher e a despediu com o perdão imerecido (Jo.8:11).

Sabem, amados, desde a entrada do pecado no mundo, todos nós fomos lançados nas profundezas. A nossa natureza carnal luta contra a espiritual e nossas armas são impotentes diante deste conflito. Não fosse o Senhor, e todos estaríamos mortos em nossos delitos. Esta Terra tornou-se um lugar escuro, mas Deus derramou sobre ela “copiosa redenção” (v.7) ao nos enviar o Seu Filho. O cumprimento das profecias através do ministério terrestre de Cristo e de Sua vitória sobre a morte apontam para o fiel cumprimento de Sua última promessa: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá” (Ap.1:7). Por isso que eu “Aguardo o Senhor, a minha alma O aguarda; eu espero na Sua Palavra. A minha alma anseia pelo Senhor mais do que os guardas pelo romper da manhã” (v.5-6).

Precisamos esperar “no Senhor, pois no Senhor há misericórdia” (v.7). Só Ele pode nos redimir de todas as nossas iniquidades e nos tornar novas criaturas em Cristo Jesus. Eis que é tempo de afligir a nossa alma em arrependimento e confissão de pecados, indicando ao Israel espiritual de Deus a Fonte do perdão, para que temam a Deus (v.4). Cavemos nas profundezas de nosso coração o que ainda precisa ser abandonado e confiemos ao Espírito Santo a obra de moldar o nosso caráter. Eu não lhe conheço, mas eu conheço Aquele que não Se importa com o tamanho do seu pecado, porque “onde abundou o pecado”, Ele deseja fazer superabundar “a graça” (Rm.5:20). Vigiemos e oremos!

Bom dia, Israel de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo130 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: