Reavivados por Sua Palavra


ATOS 18 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
12 de maio de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

ATOS 18 – A esta altura no estudo de Atos, deveríamos ter assimilado a importância prática de pregar estrategicamente o evangelho de Cristo nos mais variados lugares e, aos diversos tipos de públicos, sempre dependendo do poder do Espírito Santo e da orientação de Cristo – o dono da Igreja.

Outro detalhe muito importante, nossa motivação para pregar o evangelho não deve ser apenas porque faz parte da agenda de nossa igreja, porque o pastor desafiou os membros, ou para obter fama apresentando relatórios invejáveis, ou também para ostentar um título de “bom cristão” almejando cargos elevados, ou um espaço no céu.

• Devemos evangelizar porque decidimos submetermo-nos ao senhorio de Cristo, o qual espera que Seus súditos conquistem escravos do reino das trevas para Seu reino eterno.

• Os primeiros cristãos se dedicavam à causa de Cristo ao ponto de, ousadamente, testemunharem mesmo correndo sérios riscos de perder a vida – como realmente muitos perderam. E nós?

Após passar por vários lugares, Paulo avançou aproximadamente 80 km de Atenas. Em Corinto, Deus colocou amigos para apoiá-lo e então continuou pregando a Palavra a quem encontrasse, apesar dos que faziam pouco caso dele, dos que o queriam prendê-lo e dos que o acusavam de blasfêmia perante o governador romano (vs. 1-17).

Depois, de Corinto Paulo foi à Cencreia, onde raspou sua cabeça (v. 18) para ir rumo à Síria; depois dirigiu-se à Éfeso, onde permaneceu pouco tempo – embora houvesse um clamor para que ele permanecesse (vs. 19-21). Dali, seu destino foi sua cidade de origem: Antioquia da Síria (v. 22). Assim Paulo encerrou sua segunda aventura missionária pelo Império Romano.

Entre a segunda e a terceira viagem de Paulo, Apolo encontrou-se com o casal de amigos de Paulo e os três se organizam para fazer o evangelho avançar (vs. 24-28).

Reflita:

• Há responsabilidade em proclamar a Palavra de Deus: Os novos crentes precisam ter sua fé revigorada até se tornarem discípulos firmes e ativos (v. 23).
• Quem se entrega totalmente à Palavra, testemunha de Cristo em todo momento e em todo lugar (v. 5).
• Há desafios em proclamar a Palavra de Deus; porém, além do Senhor colocar amigos para apoiar-nos e fortalecer-nos na dura missão, Ele mesmo se faz presente para consolar-nos (vs. 9-11; conferir Mateus 28:20).

“Senhor, reaviva-nos!” – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: