Reavivados por Sua Palavra


ATOS 14 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
8 de maio de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

ATOS 14 – Pela graça divina o evangelho se espalha. O evangelho tem poder de penetrar em muitos corações quando compartilhado pelo poder do Espírito Santo. Contudo, os missionários regidos por Deus enfrentam não apenas oposição mas incompreensão, rejeição e até perseguição.
 
O capítulo 14 de Atos é assim esboçado por F. F. Bruce, no capítulo “Icônio, Listra e Derbe” de seu livro:
 
1. Aventuras em Icônio (vs. 1-7);
2. Cura milagrosa em Listra (vs. 8-13);
3. Proclamação do Deus vivo (vs. 14-18);
4. Perseguidos em Listra, os missionários vão a Derbe e depois voltam sobre seus passos (vs. 19-23);
5. Retorno a Antiquia pelo rio Orontes (vs. 24-28).
 
Deus abriu as portas para os apóstolos anunciarem as boas novas de salvação aos gentios. A pregação ousada/destemida foi o método usado. Uma multidão de judeus e gregos creu; todavia houve alguns incrédulos entre os judeus que, motivados por sua descrença, incitaram e irritaram os ânimos dos gentios contra os evangelistas (vs. 1-2).
 
Reflita que em todos os tempos:
• Apesar dos obstáculos (adversidades), aqueles que fazem a vontade de Deus continuam perseverantemente falando ousadamente no Senhor, confirmando a palavra de Sua graça e realizando sinais e prodígios graciosos (v. 3).
• O verdadeiro evangelho suscita ódio aos que preferem à mentira. O coração desprovido de amor não mede esforços para atacar aos Servos do Senhor. Ao serem expulsos, os dedicados missionários insistem na pregação do evangelho por onde vão (vs. 4-7).
• A cosmovisão de pessoas moldadas por filosofias e tradições antibíblicas interpreta incorretamente a exposição do evangelho, deturpa conceitos divinos e age cegamente. Neste caso, pessoas assim precisam do esforço dos crentes a fim de corrigirem a visão distorcida; as palavras dos cristãos devem ter como propósito a conversão dos pagãos (vs. 8-18).
• O Grande Conflito é mais nítido quando o verdadeiro evangelho entra em contado direto com o reino das trevas. Paulo sentiu na pele o que realmente isso significa. Ele foi apedrejado, arrastado e diagnosticado morto após pregar o evangelho, mas Deus preservou sua vida (vs. 19-20).
• O instrutor bíblico deve fazer discípulos pregando antes, durante e depois da conversão das pessoas. Não se deve esquecer os recém-conversos, enquanto amadurecem é importante instruí-los na liderança eclesiástica (vs. 21-23).
• Relatar testemunhos missionários enriquece/aviva a igreja de Cristo (vs. 27-28).
 
Reavivemo-nos! Vamos evangelizar mais… – Heber Toth Armí.

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: