Reavivados por Sua Palavra


SALMO 115 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
23 de fevereiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao Teu nome dá glória, por amor da Tua misericórdia e da Tua fidelidade” (v. 1).


Uma das primeiras coisas que Deus cuidou de fazer após Israel sair do Egito foi instituir a Sua Lei moral. Após um período de mais de quatrocentos anos como escravos, o povo havia se corrompido com toda sorte de abominações dos egípcios e o SENHOR precisava apresentar-lhes “a lei da liberdade” (Tg 2:12).

O Salmo de hoje tem um vínculo intrínseco com os dois primeiros mandamentos do Decálogo:

  1. “Não terás outros deuses diante de Mim.
  2. Não farás para ti imagens de escultura… Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque Eu sou o SENHOR, Teu Deus, Deus zeloso” (Êxodo 20:3-5).

Tendo como base os mandamentos de Deus, o salmista expressa a sua preocupação em que a glória seja devida ao SENHOR, e não ao homem. Cada ser humano foi criado para a glória de Deus (Is 43:7) e não para ser um objeto de qualquer tipo de adoração. Louvar pessoas que já morreram e tornar-lhes objetos de adoração, por mais zelosas que tenham sido enquanto aqui viveram, é transgredir a Lei de Deus, e é PECADO (1Jo 3:4).

A Bíblia é bem clara, amados: “Os mortos não louvam o SENHOR, nem os que descem à região do silêncio” (v. 17). Mas todos dormem (Ec 9:5; João 11:11) e igualmente descansam para serem despertados ou para a ressurreição da vida ou para a ressurreição do juízo (1Co 6:14; João 5:29). Esta é a verdade. E o nosso compromisso deve ser com a verdade!

O nosso Deus não está aqui ou ali. Ele não é pó como nós e não pode ser esculpido. “No Céu está o nosso Deus e tudo faz como Lhe agrada” (v. 3). Deixar de confiar no SENHOR para confiar em esculturas inanimadas, é tornar-se semelhantes a elas (v. 8). Mas os que confiam no SENHOR, “Ele é o seu amparo e o seu escudo” (v. 9, 10 e 11). Por três vezes consecutivas o salmista repete esta sentença. Por três vezes Deus nos diz que vai nos amparar e nos proteger. Pai, Filho e Espírito Santo unidos na obra de nos salvar. E para todo aquele que nEle confia há bênção sobre nós (v. 12), há bênção sobre nossos filhos (v. 14), há bênção material (v. 16) e há bênção eterna (v. 18).

“Ele abençoa os que temem o SENHOR, tanto pequenos como grandes” (v. 13; Ap 11:18; 19:5). E quem teme ao SENHOR faz o que, amados? Guarda os Seus mandamentos (Ec 12:13; Ap 14:12). Que a sua e a minha oração hoje seja a do salmista: “Não a nós, SENHOR, não a nós…” e seremos para sempre “benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra” (v. 15). Que toda a honra e toda a glória sejam dadas somente a Deus!

Bom dia, benditos do SENHOR!

Dando continuidade ao projeto #primeiroDeus, compartilhe conosco… A leitura de hoje é importante para minha vida porque:

*Leiam #Salmo115

Rosana Garcia Barros


1 Comentário so far
Deixe um comentário

O Salmo de hoje é importante para que eu confie verdadeiramente em Deus.

Comentário por Marcos Estêvão Cardoso




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: