Reavivados por Sua Palavra


SALMO 115 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
23 de fevereiro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 115 – Estudar profundamente as Escrituras robustece a fé, e fortalece a estrutura do indivíduo ao colocar em prática os princípios dali extraídos.

Os resultados são ainda mais evidentes quando cada crente entende que os receptores da mensagem divina são transmissores dessa mensagem para promover a vida da humanidade desfalecida.

Priorizar Deus em nosso viver diário é a melhor forma de passar nossa existência desde o berço até a sepultura. Reflita…

• As sábias instruções divinas nos dão suporte para nossas ações;
• As incomparáveis revelações escriturísticas dão o norte para nossas decisões;
• As elevadas informações inspiradas são úteis para rejeitarmos filosofias pagãs e religiões fraudulentas.

Antes de esboçar os pontos importantes do Salmo em foco, abra a tua mente para que sejas moldado pelas revelações do Senhor e não pelas informações humanas (ou pior, criadas pelos demônios).

1. Os ignorantes desprezam a Deus e provocam ao Seu povo; até o Senhor operar, deixando-os sem argumentos (vs. 1-3). Um dia os incrédulos terão que responder por suas atitudes e ficarão sem palavras.

2. Deuses falsos, imagens de esculturas de pessoas boas que morreram, ídolos, embora sejam de materiais valiosos, são obras das mãos humanas (vs. 4-8), que podem ter…

• boca, mas são incapazes de predizer o futuro;
• olhos, mas não velam pelo povo;
• ouvidos, mas não ouvem a aflição dos sofredores;
• nariz, mas não sentem cheiro das ofertas;
• mãos, mas não seguram nem abençoam nada;
• pés, mas não saem do lugar sem ajuda de alguém.

3. Há um enorme contraste na existência de quem deposita sua fé no Deus vivo e aqueles que confiam em insignificantes ídolos. É bem melhor servir a Deus corretamente (vs. 9-15).

4. A crença em imagens de esculturas (ídolos) tem muitas razões para ter sido aceita, a principal delas é a rejeição da crença de que os mortos se encontram inertes e, em silêncio absoluto. Nada sabem e nada fazem (vs. 17-18).

Não priorizar a Deus facilita a absorção de crenças espúrias, a aceitação de doutrinas falsas e ao terrível ato de criar deuses, que não passam de ídolos absolutamente inúteis. Pois, quando Deus não ocupa o primeiro lugar em nossa vida, inventamos, reverenciamos e adoramos o que não é Deus de fato.

Experimente: A presença divina certamente transforma nossa vida! – Heber Toth Armí.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: