Reavivados por Sua Palavra


SALMO 103 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS  by Ivan Barros
11 de fevereiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece dos que O temem” (v. 13).


Não tem uma imagem que retrate mais a paz do que a de uma criança dormindo. O rosto sereno e o sono tranquilo revelam a ausência de preocupação. A criança em tenra idade é totalmente dependente dos pais e requer cuidados especiais que jamais conseguiria prover sozinha para si. Os pais procuram oferecer ao infante tudo o que ele necessita, além de lhe ser a primeira lição que precisa aprender, de que a figura paterna deve ser a representação terrena do Pai celeste.

Quando Deus tirou o Seu povo do Egito, lhes proveu água, alimento, proteção, amor e estabeleceu regras. Ora, não é isso que todo o pai deve fazer por seus filhos? Deus manifestou “os Seus feitos aos filhos de Israel” (v. 7), como Pai, cuidando de cada uma de suas necessidades. Por mais que o povo se comportasse como um filho rebelde, ao arrepender-se, o SENHOR o perdoava e o sarava (v. 3). A isso chamamos misericórdia e compaixão (v. 8).

Imaginem que um filho desobedeceu o pai. Então, esse pai olha para ele e muito friamente diz: 

– Pode ir embora, você não me serve mais!

A atitude correta não seria a de procurar corrigir o filho e orientá-lo a não mais agir daquela forma? O nosso Pai é “assaz benigno” (v. 8). “Ele é benigno até para com os ingratos e maus”, afirmou Cristo (Lucas 6:35). E ainda disse: “Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos Céus, dará boas coisas aos que Lhe pedirem?” (Mateus 7:11).

Como ninguém, “Ele conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó” (v. 14). Deus conhece a nossa condição vulnerável e mortal (v. 15-16), e nos oferece a Sua eterna misericórdia e a Sua justiça “sobre todos que O temem… sobre os filhos dos filhos, para com os que guardam a Sua aliança e para com os que se lembram dos Seus preceitos e os cumprem” (v. 17-18). Agora, percebam a ligação perfeita com os textos a seguir:

“Temei a Deus e dai-Lhe glória, pois é chegada a hora do Seu juízo; e adorai Aquele que fez os céus, e a terra, e o mar, e as fontes das águas” (Apocalipse 14:7). Quem fez céus, terra e mar? O mesmo que disse:

“Lembra-te do dia de sábado para o santificar… porque em seis dias, FEZ O SENHOR OS CÉUS E A TERRA, O MAR E TUDO O QUE NELES HÁ” (Êxodo 8 e 11). Então, o Deus que não muda (Vide Tiago 1:17), o mesmo que com o dedo escreveu os Seus mandamentos, disse que nos últimos dias, o povo de Deus, os que O temem, serão estes: “os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Apocalipse 14:12).

Meus amados, se somos filhos do SENHOR e almejamos a Sua herança; se queremos um dia estar na morada dos anjos, como eles devemos obedecer a Sua Palavra e fazer a Sua vontade (v. 20-21). Sabem porquê? Porque o Pai só quer o melhor para os Seus filhos. E se Ele disse: “Não terás outros deuses diante de Mim… Lembra-te do dia de sábado para o santificar… Não matarás… Não adulterarás…” (Vide Êxodo 20), é porque Ele nos ama e os Seus mandamentos nos são uma proteção contra os nossos pecados. A transgressão da lei (Vide I João 3:4) é pecado e “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23).

Somos chamados a bendizer o nome de Deus com tudo o que somos (v. 1), e isso só é possível quando há arrependimento e total entrega à Sua vontade. Quem assim aceita viver, nem a morte o separará do amor de Deus, “que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Vide Romanos 8:38-39). Ele entregou o Seu único Filho para que mediante a vitória sobre a morte, possa em breve nos coroar “de graça e misericórdia” (v. 4) e renovar a nossa mocidade pela eternidade sem fim (v. 5).

Como uma criança, aceite os cuidados de seu Pai e seja-Lhe submisso. Lembre-se de que “se não vos converterdes e não vos tornar como crianças, DE MODO ALGUM entrareis no Reino dos Céus” (Mateus 18:3).

Bom dia, crianças do SENHOR!

Desafio do dia: Já estamos no nosso terceiro dia de oração. Hoje, oremos para que possamos aceitar o verdadeiro selo de Deus em nossa vida e para que estejamos firmes ao lado do SENHOR no grande conflito.

*Leiam #Salmo103

Rosana Garcia Barros 

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: