Reavivados por Sua Palavra


MARCOS 5 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
31 de maio de 2021, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Jesus, porém, não lho permitiu, mas ordenou-lhe: Vai para tua casa, para os teus. Anuncia-lhes tudo o que o Senhor te fez e como teve compaixão de ti” (v.19).

Creio que os mais lindos e significativos relatos dos evangelhos são aqueles em que pessoas têm uma experiência pessoal com Jesus. Cada um deles é singular e transmite o caráter amoroso de Deus e Seu desejo em curar e salvar. O que acho mais sublime, porém, é o fato de Jesus Se deslocar de um lugar para outro, deixando as multidões a fim de atender o público de um homem só. O encontro de Jesus com o “homem possesso de espírito imundo” (v.2) explica o porquê a travessia até aquele lugar foi tão turbulenta. O temporal de vento açoitando o barco onde estava Jesus foi uma forma do inimigo impedir o que estava prestes a acontecer. Cristo ouviu o grito da alma daquele sofredor e Ele certamente chegaria “à outra margem do mar” (v.1) para resgatá-lo.

A libertação daquele homem, agora “assentado, vestido, em perfeito juízo” (v.15), tinha um propósito bem maior do que simplesmente livrar os gerasenos de um endemoninhado perigoso. Diante de tal acontecimento e do que aconteceu aos porcos, suplicaram para que Jesus “Se retirasse da terra deles” (v.17). Mas “o que fora endemoninhado” suplicava para “que o deixasse estar com Ele” (v.18). Sua missão, contudo, consistia em testemunhar onde Jesus havia sido rejeitado. Existem muitos lugares onde Jesus e Sua Palavra não são bem-vindos. Julgam a obra do Senhor como sendo um prejuízo enquanto o objetivo de Deus é lançar fora todas as porcarias que domesticam. A começar por sua casa e por seus parentes, aquele homem que antes representava uma ameaça foi o instrumento divino para que Cristo pudesse voltar àquele lugar e ainda libertar a muitos outros prisioneiros de Satanás.

Sabem, amados, Jesus viajou de uma margem à outra, e de novo regressou, porque Ele conhecia exatamente o tempo do milagre acontecer e para quem seria o milagre. A rejeição dos gerasenos não O desanimou, porque Ele sabia que do outro lado da margem estava um pai aflito e uma mulher que precisava tocar nas Suas vestes. E Ele também sabia que o trabalho missionário do ex-endemoninhado O faria retornar a Decápolis no tempo determinado. Cristo espera que a nossa experiência com Ele nos motive a proclamar tudo o que Ele tem feito por nós e como teve compaixão de nós. Que, constrangidos por Seu amor, não nos intimidemos ainda que todos O rejeitem (v.17) ou queiram nos desanimar a crer nEle (v.35). Jesus nos diz, hoje: “Não temas, crê somente” (v.36). Porque quando Ele está prestes a realizar o maior milagre de nossa vida, Ele manda sair de nossa presença todos os incrédulos e zombadores (v.40).

Como nunca antes, estamos vivendo no tempo de correr para dentro de nossas casas e circunvizinhanças anunciando tudo o que o Senhor fez por nós; de exclamar com grande voz as três mensagens angélicas com a poderosa coerência de um testemunho favorável à pregação do evangelho eterno, ou que mesmo sem falar, nossa vida seja uma testemunha ocular do amor e do poder de Deus. Por isso, devemos compreender a nossa missão e vivê-la conforme a ordem do Senhor: “Vai […] Anuncia-lhes […]” (v.19). Nos momentos finais do conflito entre o bem e o mal, quando a tempestade se aproxima, Jesus tem derramado o Seu “Espírito sobre toda a carne” (Jl.2:28), libertando, purificando e concedendo uma nova vida a todos aqueles que, presos pelos “grilhões e cadeias” (v.4) deste mundo tenebroso, estão aceitando o Seu convite de graça.

Você e eu fomos salvos por Cristo para sermos Suas testemunhas. A começar por nossa família, Ele está ansioso por cumprir a Sua Palavra: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (At.16:31). O encontro de Jesus comigo, e com você, já estava registrado nos anais dos Céus. O Senhor do Universo aguarda apenas a nossa permissão: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, Comigo” (Ap.3:20). Você já permitiu que Ele entre em sua vida e em sua casa? Ele está disposto a cruzar todas as camadas celestes e enfrentar a fúria do inimigo só para te encontrar e te dar uma nova vida. Não permita que o seu coração se feche para tão grande amor. Porque em meio de mais de sete bilhões de pessoas, Ele te vê e deseja te dizer: “Filho(a), a tua fé te salvou; vai-te em paz e fica livre do teu mal” (v.34). Vigiemos e oremos!

Bom dia, salvos para salvar!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Marcos5 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: