Reavivados por Sua Palavra


MATEUS 15 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
13 de maio de 2021, 0:40
Filed under: Sem categoria

MATEUS 15 – Mensagens fortes afastam aos egoístas, mas convertem aos humildes. Se você tem coragem, continue lendo!

Embora Jesus intentasse em alcançar os perdidos judeus, eles rejeitaram o único que poderia salvá-los.

“Por isso, Mateus 15.1-16.12 mostra Jesus voltando-se dos judeus para os gentios, entre os quais teve melhor acolhida. Em 15.1-20, Jesus não tinha saído de Israel em termos geográficos, mas com certeza o fizera em termos ideológicos […]. Em 15.21-28 Jesus sai da Galileia e vai para a Siro-Fenícia (região de Tiro e Sidom), onde encontrara uma mulher que Mateus deliberadamente chama de cananeia – um rótulo que devia recordar os horrores causados pelos antigos inimigos de Israel. Essa mulher admite estar num plano secundário na história da salvação […]. De modo ainda mais impressionante ele repetiu o milagre dos pães e dos peixes, dessa vez para quatro mil homens gentios e suas famílias (15.29-39)” (Craig Blomberg).
• Jesus respeita quem O rejeita, e procura quem O aceita!

“Em contraste com a zombaria dos judeus, esses gentios ‘glorificaram o Deus de Israel’, particularmente quando Jesus opera novamente uma série de milagres” (Blomberg).

Do capítulo em análise destacam-se preciosas lições:
• Hipócritas elaboram regras sobre as diretrizes divinas, então, acham defeitos onde não existem; valorizam mais o aspecto externo da religião do que o interno; além disso, suas críticas e implicâncias revelam que eles se sentem superiores até de Cristo.
• Jesus mostra que toda manipulação humana da Palavra de Deus macula a verdadeira religião. Legalismo e liberalismo revelam tal constatação.
• Tem pessoas e denominações dando mais crédito a dogmas e leis eclesiásticas do que à Palavra de Deus. As tradições humanas parecem mais atraentes que os ensinamentos divinos, a isso Jesus reprova.
• A religião aprovada pelo Céu começa no interior e se expande no exterior; precisamos entregar nosso coração inteiro, que parece um poço de pecados, ao senhorio absoluto do Senhor para que a adoração seja genuína, não hipócrita.
• Os promotores de falsas doutrinas devem ser rejeitados – assim como Jesus os rejeitou –, por mais que os mestres pareçam sábios e tenham status religiosos na sociedade.
• Quando a verdade celestial é rejeitada, devemos pedir a direção de Deus e tomar outro rumo, onde encontraremos pessoas receptivas.
• Finalmente, que não sejamos nós os resistentes à verdade.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: