Reavivados por Sua Palavra


MATEUS 6 by Jobson Santos
4 de maio de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/mt/6

A linguagem em que o Pai-Nosso foi proferido carrega um significado profundo. O Novo Testamento foi escrito em grego. Jesus, por outro lado, falava aramaico porque era a linguagem da comunicação diária. Os estudiosos da Bíblia concordam que Jesus apresentou essa oração na língua aramaica, o que em si foi uma ação revolucionária.

Embora os judeus falassem aramaico em sua vida cotidiana, esperava-se que recitassem suas orações em hebraico, não em aramaico. O hebraico era considerado uma língua sagrada. Portanto, o uso do aramaico cotidiano na oração e na adoração na época de Jesus era inaceitável. Hoje, os cristãos que falam inglês às vezes tendem a usar o inglês antigo, pensando que é mais sagrado. O mesmo acontecia na idade medieval, quando os cristãos usavam o latim nas orações. Na verdade, apenas a tradução latina da Bíblia era aceitável no culto cristão naquela época.

Mas, ao nos ensinar como orar, Jesus vira de ponta cabeça as visões religiosas de Seu tempo e do nosso tempo. Para Jesus não existe língua sagrada, não existe cultura sagrada. Os crentes podem entrar na presença de Deus usando a linguagem com a qual estão mais acostumados – a linguagem do coração.

Oleg Kostyuk
Docente, Advent Health University, Orlando, Flórida, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1181
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: