Reavivados por Sua Palavra


I Samuel 3 by Jeferson Quimelli
6 de março de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

“Todavia, Eli não manifestou os frutos do verdadeiro arrependimento. Confessou sua falta, mas deixou de renunciar ao pecado. Ano após ano o Senhor retardava os Seus ameaçados juízos. Muito se poderia ter feito naqueles anos para remir as faltas do passado; mas o idoso sacerdote não adotou medidas eficazes para corrigir os males que estavam a poluir o santuário do Senhor, e levando em Israel milhares à ruína. A paciência de Deus deu lugar a que Hofni e Finéias endurecessem o coração, e se tornassem ainda mais audazes na transgressão. As mensagens de advertência e reprovação à sua casa foram por Eli dadas a conhecer à nação toda. Por este meio ele esperava até certo ponto contrariar a má influência de sua passada negligência. Mas as advertências foram desatendidas pelo povo, assim como haviam sido pelos sacerdotes. O povo das nações circunvizinhas também, o qual não ignorava as iniquidades
abertamente praticadas em Israel, tornou-se ainda mais audaz em sua idolatria e crime. Não experimentavam a intuição de culpa pelos seus pecados, como o teriam feito caso houvessem os israelitas preservado a sua integridade. …tornou-se necessário intervir Ele para que se mantivesse a honra de Seu nome.”

Ellen G. White
Patriarcas and Profetas p. 538-539.

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/1sa/3 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/1sa/3 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/1sa/3/
Texto original expandido em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2012/12/11/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: I Samuel 3
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 13



I SAMUEL 3 – Comentario Pr. Heber Toth Armí by Jeferson Quimelli
6 de março de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

I SAMUEL 3 – Em julho de 2015, quando no UNASP Campus Engenheiro Coelho-SP, cursando um mestrado em Teologia Pastoral, assisti, com a Ketlin, minha esposa, a um sermão do Pr. Valdecir S. Lima. Dentre frases e aplicações impressionantes desse excelente orador e proclamador da palavra de Deus, uma, em especial, chamou-me a atenção:

“A igreja nunca será o que você quer que ela seja; ela será aquilo que você é”.

Isso vale não apenas para a liderança eclesiástica como também é relevante aos membros da igreja em geral. Nos dias dos juízes tanto líderes do povo (os juízes) como o povo em geral viviam a religião de forma deturpada, vergonhosa, uma vida imoral.

Por causa disso, Ana orou e consagrou Samuel para uma obra especial.

Não adianta criticar, apontar erros, condenar líderes religiosos ou políticos; é preciso clamar a Deus para Ele te usar para influenciar, impactar e reavivar as famílias, a igreja e… por que não toda uma nação?

Quem era Ana comparada ao Sumo Sacerdote Eli? Ana era pobre, mulher, estéril, depressiva…; e, Eli, líder máximo da igreja, com dois filhos no ministério sacerdotal/pastoral…

Mas, quem fez a diferença: Ana ou Eli?

· Com Eli, líder espiritual negligente, a espiritualidade do povo descambou nos dias dos juízes a ponto de Deus fazer uma profecia (cap. 2:27-36) sem demorar cumpri-la na vida desse Sumo Sacerdote (vs. 11-18);

· Com Hofni e Fineias havia profanação/perversão do nome sagrado e do santuário a tal ponto de haver necessidade de Deus tomar providências imediatas para que as consequências nacionais não fossem piores;

· Como uma flor pura em meio às imundícias de uma sociedade imoral ligada à perversão da religião “Samuel crescia. O Eterno estava com ele, e a reputação profética de Samuel era impecável. Todos em Israel, de Dã, ao NORTE, até Berseba, ao SUL, reconheciam que Samuel era íntegro, um verdadeiro profeta do Eterno” (vs. 19-21).

· Deus falou pessoalmente ao menino Samuel, por estar ele disposto a ouvir Sua voz (vs. 1-10). De norte ao sul, Samuel tornou-se a influência que a igreja precisava. Porém, essa influência resultou, primeiramente, da poderosa influência de Ana.

Qual é nossa influência? Ao clamar a Deus, nossa influência fará diferença; ao reclamar/criticar/acusar seremos pessoas revoltadas/resmungonas/azedas em meio à indiferença religiosa!

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



I Samuel 3 – Comentários selecionados by Jeferson Quimelli
6 de março de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

Esta é a história do chamado de Samuel ao ministério profético, o primeiro sinal de um profeta verdadeiro. Andrews Study Bible.

1-5 Deus falara diretamente e audivelmente com Moisés e Josué, mas Sua palavra tornara-se rara durante os três séculos do governo pelos juízes. Ao tempo de Eli, nenhum profeta trazia a mensagem de Deus a Israel. Porque? Veja a atitude dos filhos de Eli. Eles tanto se recusavam a ouvir a Deus como permitiam que a ganância ficasse no caminho de qualquer comunicação com Ele. Ouvir e responder é vital em um relacionamento com Deus. Apesar de Deus nem sempre utilizar o som de uma voz humana, Ele sempre fala claramente através de Sua Palavra.Para receber Suas mensagens, devemos estar prontos a ouvir e agir de acordo com o que Ele nos diz. Como Samuel, esteja pronto a dizer “eis-me aqui” [v. 16] quando Deus o chamar à ação. Life Study Application Bible Kingsway.

Quando o Senhor retém a Sua Palavra, é sinal de Seu desagrado (14.37; Sl 74:9; Lm 2.9; Am 8.11-12). De maneira inversa, Sua comunicação com Samuel é sinal do Seu favor. Bíblia de Genebra.

jovem. Josefo diz ser aos 12 anos. Bíblia Shedd.

palavra do Senhor refere-se à atitude da pessoa em receber e aplicar as verdades reveladas, evitando assim o pecar. Interpretando o sentido do hebraico, sugerimos a seguinte tradução: “Naqueles dias a profecia era rara e faltava a visão (aos responsáveis que erravam constantemente)”. Bíblia Shedd.

as visões não eram frequentes. …a palavra do Senhor era “preciosa” ou “rara”… mensagens inspiradas raramente eram reveladas ao povo de Deus. … Deus não aparecia aos homens em homens em visão [hazon] com tanta frequência como em outros tempos. A palavra hazon se origina de um verbo que significa “perceber com visão interior”. … O fato é ressaltado para mostrar que as percepções espirituais e intelectuais de Israel haviam, na época, atingido um ponto munto baixo. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 493, 494.

2, 3 A arca de Deus era mantida no Lugar Santíssimo, o aposento mais interno do tabernáculo, onde apenas o sumo sacerdote podia entrar uma vez ao ano.Em frente ao Lugar Santíssimo ficava o Lugar Santo, onde os móveis sagrados do tabernáculo eram mantidos (o altar de incenso, o pão da presença, o candelabro). Imediatamente ao lado de fora havia um lugar com pequenos quartos aonde os sacerdotes deveriam ficar. Samuel provavelmente dormia ali com os outros sacerdotes, a poucos metros da arca. Life Study Application Bible Kingsway.

lâmpada de Deus (heb ner). Nome popular do candelabro (heb menorah) de sete lâmpadas (Êx 37.17-24). Bíblia Shedd. 

se apagasse. Ainda era noite, mas aproximavam-se as horas da madrugada quando a chama ficava fraca ou se apagava (v. Êx 27.20, 21; 30:7, 8; Lv 24:3,4; 2Cr 13.11; Pv 31.18). Permitir que a lâmpada se apagasse antes do amanhece era uma violação dos regulamentos do Pentateuco. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Ao nascer do sol as lâmpadas eram apagadas (Êx 27.20-21). Bíblia Shedd.

O candelabro de ouro com sete lâmpadas, colocado no lado sul do lugar santo, nunca deveria ser apagado (ver com. de Êx 27:20, 21). As lâmpadas eram preenchidas com o melhor azeite de oliva, símbolo do Espírito Santo. CBASD, vol. 1, p. 494.

Samuel ainda não conhecia o SENHOR. Samuel ainda não tinha experiências pessoais e diretas com o Senhor. Bíblia Shedd.

8, 9 Seria natural se esperar que uma mensagem audível de Deus fosse dada ao sacerdote Eli e não à Samuel, uma criança. Eli era velho e muito experiente e ocupava a posição apropriada. Mas a cadeia de comando de Deus é baseada na fé, não em idade ou posição. … Esteja preparado para trabalhar pelo Senhor em qualquer lugar, a qualquer tempo e através de qualquer um que Ele escolha. Life Study Application Bible Kingsway.

8 A lentidão de Eli em reconhecer que Deus estava chamando Samuel relembra ocasiões anteriores de falta de percepção (1.12-16) e de consciência (2.22, nota), o que contribuiu à impressão do leitor de Eli como um sacerdote idoso cujos olhos se escureceram (v. 2) de mais de uma maneira. Bíblia de Genebra.

10 veio o SENHOR… e chamou…: Samuel, Samuel!  Deus já não se comunicava mais com Eli, nem com seus filhos (PP, 581). CBASD, vol. 1, p. 495.

11 lhe tinirão ambos os ouvidos. Esta frase define audivelmente o choque de saber que um juízo severo estava a caminho. Andrews Study Bible.

12 tudo quanto tenho falado. Ver 2.27-36. A repetição a Samuel do oráculo contra Eli confirma o próprio oráculo e estabelece Samuel como um profeta do Senhor (v. 20). Bíblia de Genebra.

e ele não os repreendeu. Eli, tendo em conta sua posição como sumo sacerdote, deveria ter tomado medidas para refrear os seus filhos logo que a repreensão verbal tivesse comprovado sua ineficácia. Bíblia de Genebra.

14 expiada quer dizer “perdoada”. Deus estava dizendo que o pecado dos filhos de Eli não poderiam ser cobertos por sacrifício e que eles iriam ser punidos. Life Study Application Bible Kingsway.

15 Samuel… abriu as portas da Casa do SENHOR. Samuel era também o porteiro (1Cr 9.17-32). Cargo importantíssimo, o que impedia a entrada de coisas imunda no templo (Jo 2.14). Bíblia Shedd.

temia relatar a visão a Eli. Neste mundo de pecado, nunca é fácil ser porta-voz do Senhor. CBASD, vol. 1, p. 496.

Visão (heb mareah) e “vidente” (roeh) vêm do mesmo verbo raah, “ver”. É a visão em que a revelação é recebida mediante sonhos, visões, Urim e Tumim. Bíblia Shedd.

17 Deus te faça o que bem Lhe aprouver (ARA; NVI: “Deus o castigue, e o faça com muita severidade). Fórmula de maldição (v.14.44; 20.13; 25.22; 2Sm 3.9, 35; 19.13; Rt 1.17; 1Rs 2.23; 2Rs 6.31), em geral dirigida contra a própria pessoa que fala, mas aqui usada por Eli contra Samuel caso este ocultasse alguma coisa dita pelo Senhor (v. tb. nota em 14.24). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Eli está pressionando Samuel a lhe contar a verdade. Andrews Study Bible.

18 que faça oque Lhe parecer melhor  (NVI). Eli se humilha diante de Deus e aceita como justo o castigo (v. Êx 34.5-7). Bíblia de Estudo NVI Vida.

19 Crescia Samuel, e o Senhor era com ele. O sol de Eli estava prestes a se pôr, mas o de Samuel já nascia. Cristo sofreu as angústias da separação do Pai (ver DTN, 685, 686, 753, 756), mas Deus nunca conduziu Seu povo pela total escuridão que representa a separação dEle. Na cruz, Cristo sentia-Se sozinho em Sua missão; no entanto, o Pai estava ali sofrendo com Ele. CBASD, vol. 1, p. 496.

e nenhuma de todas as suas palavras deixou cair em terra. Samuel prestava cuidadosa atenção a todas as mensagens de Deus e as apresentava fielmente ao povo. Ele apresentou a mensagem de Deus de repreensão a Eli, a despeito do fato de Eli ser como um pai para ele. Falsos profetas apresentam somente mensagens para agradara sua audiência. Andrews Study Bible.

Deve ter sido uma alegria para o Senhor encontrar um rapaz que almejava o privilégio de aprender Seus caminhos e estava determinado a obedecer-Lhe a qualquer custo. Não é de admirar que o povo o tenha aceitado como profeta [v. 20] quando ainda era pouco mais que uma criança. CBASD, vol. 1, p. 496.

20 A frase “de Dã até Berseba”era frequentemente utilizada para descrever os limites da terra prometida. Dã era uma das cidades mais ao norte da terra e Berseba uma das cidades mais ao sul. Neste contexto, este era um modo de enfatizar que todos em Israel sabiam que Samuel havia sido chamado a ser profeta. Life Study Application Bible Kingsway.

Embora as responsabilidade de Samuel como juiz o levariam a servir numa determinada área nas regiões montanhosas centrais, sua reputação como profeta espalhava-se por “todo o Israel” (2Sm 3.10; 17:11; 24.25; 1Rs 4.25). Bíblia de Genebra.

21 Siló. Samuel ministrava a palavra do Senhor em Silo, enquanto lá permanecia a arca do Senhor. Depois transferiu-se para Ramá (ver 4.10; 7.17). Bíblia Shedd.




%d blogueiros gostam disto: