Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 11 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
26 de junho de 2022, 1:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO DEUTERONÔMIO 11 – Primeiro leia a Bíblia

DEUTERONÔMIO 11 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL

DEUTERONÔMIO 11 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

Acesse os comentários em vídeo em nosso canal no Youtube (pastores Adolfo, Valdeci, Weverton, Ronaldo e Michelson)



DEUTERONÔMIO 11 by Luís Uehara
26 de junho de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/dt/11

Há um elemento de proteção em obedecer a Deus. Basta olhar ao longo deste capítulo e vemos recompensas como: força, “vida longa”, boas condições climáticas, sucesso, a bênção de Deus, e assim por diante.

Mas uma ênfase exagerada sobre as “recompensas da obediência”, muitas vezes gera obediência por razões erradas. Na verdade, esse era o problema de Israel quando Jesus viveu entre eles. Desde o tempo do cativeiro babilônico, os judeus começaram a obedecer a Deus com o claro propósito de obter as recompensas prometidas por Ele. A obediência tornou-se mecânica e motivada pelo ganho. A obediência não era uma resposta espiritual, íntima, ao Deus misericordioso que eles adoravam.

No cerne do capítulo temos a promessa: “darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas…” (v.14) É claro que isso está se referindo às chuvas reais. Na Palestina, as primeiras chuvas eram necessárias para amolecer o solo para arar e semear. As últimas chuvas permitiam a maturação final das culturas.

Hoje, o Espírito Santo deseja nos dar chuva espiritual e operar em nós o querer e o efetuar da boa vontade de Deus (Fp 2:13). Deixaremos isso acontecer?

John Ash
Missionário aposentado da União Missão Chinesa

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/deut/11
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



DEUTERONÔMIO 11 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
26 de junho de 2022, 0:50
Filed under: Sem categoria

686 palavras

preceitos. Heb mishmar, lit “aquilo que se deve guardar”, portanto, a soma total daquilo que Deus ordenou ao povo observar. Bíblia Shedd.

a Datã e Abirão. Moises distinguiu Datã e Abirão de Corá. Por semelhante modo, o Sl 106.7 não incluiu Corá com aqueles que foram sepultados vivos. … Uma leitura mais cuidadosa do registro em Nm 16.16-35 mostrará que Corá estava no tabernáculo, entre os 150 homens que portavam incensários. Datã e Abirão, que não eram levitas, estavam defronte de suas tendas, juntamente com seus familiares, quando a terra os engoliu e a família de Corá estava com eles. Mas o próprio Corá pereceu com os 150 por causa do fogo que saiu do Senhor. Bíblia de Genebra.

10 não é como a terra do Egito, donde saístes. O Egito dependia de irrigação para ser frutífero, mas Canaã dependia da bênção direta de Deus, cf 8.7. Bíblia Shedd.

O Egito era regado pelo constante fluxo do rio Nilo, de onde os fazendeiros retiravam água para seus campos, através de canais de irrigação e outros meios. Por contraste, a terra de Israel depende da chuva, a qual Deus provê. Isto significa que Deus pode suster a chuva se Seu povo precisava ser disciplinado (vs. 16-17). Andrews Study Bible.

13 de todo o vosso coração. O mandamento de amar a Deus “de todo o coração” (Dt 6.5) é repetido em Deuteronômio pelo menos seis vezes. Bíblia de Genebra.

com o pé, a regáveis. O pé era usado para abrir e fechar pequenos canais em lugares onde a água era necessária. Bíblia Shedd.

14 chuva de outono e de primavera. A estação chuvosa na Palestina começa em outubro e termina em abril. Bíblia de Estudo NVI Vida.

18 frontal. A palavra assim traduzida provém de uma raiz cujo significado é “atar”, “rodear”. O substantivo é encontrado apenas nesta passagem, em Êxodo 13:6 e em Deuteronômio 6:8. Os judeus tomaram o conselho ao pé da letra, atando filactérios à fronte, pensando que desta forma ganhariam mérito com Deus (ver com. de Êx 13:9). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 1086.

21 como os dias do céu acima da terra. Quer dizer para sempre. Bíblia Shedd.

24 Todo lugar que pisar a planta do vosso pé. A mesma expressão e as mesmas fronteiras da terra de Canaã são reiteradas em Js 1.3-5. Bíblia de Genebra.

26 a bênção e a maldição. Essa introdução à cerimônia de bênçãos e maldição que devia ser celebrada em Ebal e Gerizim é reiterada em Dt 30.19, no fim do discurso de Moisés. Sob inspiração divina, Moisés enfatizou a obrigação do povo de Israel de amar a Deus e de obedecer aos Seus mandamentos. Bíblia de Genebra.

É surpreendente que Deus tenha colocado aos israelitas uma escolha entre bênçãos e maldições. É mais surpreendente ainda que a maioria deles, através da desobediência, escolheu as maldições. Nós temos a mesma escolha fundamental hoje. Podemos viver para nós mesmos ou viver em serviço a Deus. Escolher nosso próprio caminho é viajar em uma estrada sem saída, mas escolher os caminhos de Deus significa receber a vida eterna (Jo 5:24). Life Application Study Bible.

29 Gerizim … Ebal. A quem viaja das planícies de Moabe (34.1), é fácil avistar ao longe aquelas duas montanhas, para além do vale do Jordão, onde, ao entardecer, o sol se esconde (30). Ali estão a atestar a necessidade de uma escolha entre o bem e o mal. Bíblia Shedd.

Do lado sul do vale fértil onde fica Siquém [fica Gerizim]. O monte Ebal está ao norte do mesmo vale. O monte Gerizim é fértil e o Ebal, não. Alguns comentaristas consideram que essa distinção dá motivo, ao menos em parte, a que um seja o monte da “bênção” e o outro, o da “maldição”. CBASD, vol. 1, p. 1087.

Os detalhes desta cerimônia são vistos nos caps. 27-28; a própria cerimônia foi realizada por Josué conforme a direção de Moisés (Js 8.30-35).

30 As frases “além do Jordão, na direção do por de sol” (v. 30) indicam uma localização de Canaã (isto é, a oeste do rio Jordão). Bíblia de Genebra.

Alguém que esteja do lado oriental do Jordão, do outro lado de Jericó, pode ver o pôr do sol próximo aos montes Gerizim e Ebal,  a uns 60 km de distância. CBASD, p. 1087.



Deuteronômio 11 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
26 de junho de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, e todos os dias guardarás os Seus preceitos, os Seus estatutos, os Seus juízos e os Seus mandamentos” (v.1).

Já naquele tempo, cada recado dado a Israel resultava em uma mensagem aos verdadeiros adoradores até a última geração: “Guardai, pois, todos os mandamentos que hoje vos ordeno, para que sejais fortes, e entreis, e possuais a terra para onde vos dirigis” (v.8). Como peregrinos a caminho do Lar, temos uma escolha individual e diária a fazer: “Se o Senhor é Deus, segui-O; se é Baal, segui-O” (1Rs.18:21). Disse Jesus: “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mt.6:24). “Considerai hoje” (v.2) tudo o que o Senhor nos deixou escrito como a Sua carta de amor à humanidade. Uma vida de integridade e de retidão diante de Deus não é feita apenas de experiências do passado e nem pode ser alcançada no ato do batismo, mas mediante a constante entrega de nós mesmos aos cuidados do Espírito Santo a fim de que, por Seu fruto, possamos ouvir e praticar as palavras de Cristo Jesus.

Inúmeros são os benefícios da obediência, e destrutiva a maldição da rebeldia. Ninguém que conhece a Deus e prossegue em conhecê-Lo será abandonado à sua própria sorte. Sem dúvida, colherá as bênçãos provenientes das promessas divinas aqui e no porvir. O Senhor tem prazer em cuidar dos Seus filhinhos. Como um Pai amoroso e bom Pastor, Ele nos toma em Seus braços e nos fala aos ouvidos: “Certamente, venho sem demora!” (Ap.22:20). Essa esperança deve encher o nosso coração de confiança e inspirar-nos a seguir olhando sempre para Jesus, o Autor e Consumador de nossa fé.

Deus aguarda apenas que, como Elias dos últimos dias, a Sua igreja desperte para dar testemunho a todas as nações. E com insistente fé, como um só homem, esteja unida em oração a fim de que desça sobre nós a última chuva; que, com santa ousadia, derribemos os altares da idolatria e reedifiquemos o altar do Senhor em nosso coração e em nossa casa; que o nosso coração e alma sejam regidos pelo “assim diz o Senhor”; que nossos filhos sejam “ensinados do Senhor” (Is.54:13), tornando-se homens e mulheres de fé inabalável. Mas isso só acontecerá mediante o poder e a eficácia do Espírito Santo.

Eis que, hoje”, o Senhor coloca diante de nós “a bênção e a maldição” (v.26). De que lado estaremos nos momentos finais deste grande conflito? Apegue-se ao Senhor, vosso Deus, “amando o Senhor, vosso Deus” (v.22) em todo o tempo! “Guardai, pois, todos os mandamentos […] para que sejais fortes, e entreis, e possuais a terra para onde vos dirigis” (v.8). Não esmoreçamos agora que falta tão pouco tempo para recebermos o maior e melhor abraço de nossa vida! Clamemos pelo Espírito Santo!

Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Porque, ainda dentro de pouco tempo, Aquele que vem virá e não tardará” (Hb.10:35-37). Vigiemos e oremos!

Feliz semana, perseverantes do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Deuteronômio11 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



DEUTERONÔMIO 11 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
26 de junho de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

DEUTERONÔMIO 11 – Muitas crentes apegam-se cegamente à letra da lei, não à essência dela. A maioria não entra profundamente na revelação e ensina uma religião legalista, fria, apenas exigências e regras. O seguinte texto deve pautar nossa compreensão da mensagem de Deuteronômio:

“Portanto, se vocês obedecerem fielmente aos mandamentos que hoje dou a vocês” – Quais mandamentos? De amar “ao Senhor, Seu Deus, e servindo-O de todo coração e de toda alma, então”, os resultados virão nitidamente (Deuteronômio 11:13-15).

Note que, em Deuteronômio 10:11-13, há uma pergunta retórica: “Que é que o Senhor, o seu Deus, pede a você, senão que tema ao Senhor, o seu Deus, que ande em todos os Seus caminhos, que O ame e sirva ao Senhor, o seu Deus, de todo o coração e de toda sua alma, e obedeça aos Seus mandamentos e aos decretos do Senhor, que hoje dou a vocês para o seu próprio bem?”.

Em Deuteronômio 6:5-8 o mandamento divino é: “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, e de todas as suas forças. Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração” – quais palavras? De amar intensa e profundamente ao Senhor. Estas palavras devem estar na mão direita (ação) e na testa (decisão).

Profeticamente, a marca da besta em Apocalipse 13:16 surge com prerrogativas de extinguir a essência da religião verdadeira. A besta “obrigou a todos… a receberem certa marca na mão direita ou na testa”, combatendo assim a mensagem de Deuteronômio.

Decidir amar a Deus (testa) resulta em ação (mãos). “O amor a Deus dará frutos em amor ao próximo. Muitos pensam que é impossível amar ao próximo como a nós mesmos, mas este é o único fruto genuíno do cristianismo”. “O amor é o fundamento da piedade. Qualquer que seja a profissão, ninguém tem verdadeiro amor a Deus se não tiver amor desinteressado ao seu irmão”. “Se amarmos a Deus, porque primeiro nos amou, amaremos a todos por quem Cristo morreu” enfatizou Ellen White (BS, 49, 81-82).

Deuteronômio 11 mostra que revelar o bondoso e gracioso caráter de Deus é a prova de que o fiel O ama de todo o coração – essa é a essência da verdadeira religião! Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: