Reavivados por Sua Palavra


MIQUEIAS 1 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
24 de março de 2021, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO MIQUEIAS 1 – Primeiro leia a Bíblia

MIQUEIAS 1 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)  

MIQUEIAS 1 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUÁREZ(link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO(link externo)

COM. VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)



MIQUEIAS 1 by Jobson Santos
24 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/mq/1

Nesta era do “politicamente correto”, é altamente indesejável ser rotulado como alguém que julga os demais. Muitas pessoas na sociedade de hoje parecem ter adotado uma atitude que diz: “Viva e deixe viver” e nunca julgue o comportamento de outra pessoa porque “não é da sua conta!”

Existe uma hora e lugar para chamar o pecado pelo seu nome correto. Como diz Ellen White: “A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Educação, p. 57. (1903). Confrontar aqueles que estão desonrando o nome de Deus é a coisa certa a ser feita pelos líderes.

A advertência feita por Miqueias a respeito do julgamento pode não tê-lo tornado muito popular, mas o julgamento do tempo do fim é uma mensagem clara da Bíblia. Precisamos proclamar que estamos vivendo os últimos dias da história desse mundo.

Gordon Bietz
Ex-presidente da Southern Adventist University (aposentado)

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1140
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



MIQUEIAS 1 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
24 de março de 2021, 0:50
Filed under: Sem categoria

821 palavras

1. Morastita. Habitante de Moresete (v. 14), povoado supostamente localizado na parte de baixo de Judá, cerca de 35 km a sudoeste de Jerusalém, atualmente chamado de Tell ej-Judeideh. O nome Moresete-Gate significa “propriedade [ou, vinha] de Gate”.

Nos dias de Jotão. Ver página 1115 [CBASD, vol. 4]. Isaías, Oseias e Amós começaram a profetizar pouco antes de Miqueias, durante o reinado de Uzias, pai de Jotão (Is 1:1; Os 1:1; Am 1:1). Sem dúvida, os reis mencionados são os de Judá porque a missão de Miqueias se desenvolveu particularmente no Reino de Judá, do sul. No entanto, como Amós (ver página 1053 [CBASD, vol. 4), ele também profetizou contra o reino do norte de Israel.

2 Todos os povos. O mundo inteiro é convocado a testemunhar os juízos divinos contra Samaria e Jerusalém. No destino do esposo do povo escolhido de Deus, as pessoas podem ler o destino de todas as nações que se recusam a seguir o plano divino (ver PR, 364; Dn 4:17).

3 Os altos da Terra. Deus é representado como descendo e caminhando sobre o topo das montanhas e colinas (ver Am 4:13).

4 Os montes … se derretem. Frequentemente, a vinda do Senhor é representada como acompanhada por convulsão da natureza (ver Jz 5:4, 5, Sl 97:4, 5; ver com. [CBASD] do Sl 18:7, 8). Uma agitação mais terrível do mundo físico vai preceder a segunda vinda de Cristo (Mt 24:29; Apocalipse 16:18-21; GC, 636, 637).

5 Transgressão. Os v. 5 a 7 descrevem a punição vindouras sobre Israel, o Reino do norte, por seus pecados.

Samaria. Como capitais de Israel e Judá, respectivamente, Samaria e Jerusalém haviam se tornado em centros de idolatria e iniquidade. Samaria fora construída pelo ímpio Onri e seu filho Acabe, que, seguindo os passos do pai, erigiu ali um tempo a Baal (ver 1Rs reis 16:23-33; para uma descrição de Samaria, ver com. [CBASD] de 1Rs 16:24).

Os altos. A LXX diz aqui: “qual é o pecado da casa de Judá?” Essa leitura provê um melhor paralelismo com a frase precedente: “qual é a transgressão de Jacó?” … Ezequias foi o primeiro dentre os reis de Judá a combater severamente esses centros idólatras (ver 2Rs 18:4). Evidentemente, a profecia de Miqueias precedeu esta reforma.

6 Farei. O tempo verbal no futuro indica que a destruição de Samaria, que teve lugar no sexto ano do reinado de Ezequias, ainda não via havia ocorrido (2Rs 18:9-11).

Campo. Ou, “plantações”. Samaria devia ser destruída tão completamente que vinhas cresceriam em seu lugar.

7 Salários. Do heb. ‘ethnan, palavra frequentemente usada em conexão com o aluguel de uma prostituta (ver Dt 23:18; Ez 16:31,34; Os 9:1).

Ajuntou. Eles [imagens de escultura e ídolos] haviam sido adquiridos por meio do “aluguel de uma prostituta”. A prostituição era praticada em certos templos pagãos, como parte da adoração à deusa da fertilidade.

Volverão. O sentido geral da passagem parece claro. Samaria deveria sofrer a perda daquilo em que confiava.

Nu. Do heb. ‘Arom, designando nudez completa ou alguém semi despido. Miqueias representa a si mesmo, não só como enlutado que tira as vestes exteriores, mas também como um cativo que está completamente despido e é levado nu e despojado (ver Is 20:2,3).

9 Incuráveis. O dia de graça havia acabado para Samaria. … Chegara o tempo da ira divina entrar em ação (ver PR, 364).

Até Judá. Também Judá era a culpada (v. 5) e deveria receber o castigo).

10 Não o anuncieis. Os v. 10 a 16 constituem um canto fúnebre sobre o julgamento que cairia sobre Judá. A frase da frase de abertura é tirada do lamento de Davi em relação a Saul (2Sm 1:20).

Gate. Uma das 5 principais cidades dos filisteus, cuja localização é incerta (sobre os lugares sugeridos, ver 2Rs 2:17). A ruína de Judá não devia ser proclamada neste centro inimigo.

13 Ata os corcéis. Ou seja, engate os cavalos ao carro para que haja uma fuga precipitada.

Laquis. Uma cidade-fortaleza de Judá cerca de 43 km a sudoeste de Jerusalém. A cidade caiu sob Senaqueribe, no momento da invasão de Judá (ver 2Rs 18:14). Um baixo-relevo no museu Britânico, levado da Assíria, descreve o cerco de Laquis (ver vol. 2 [CBASD], p. 47). As ruínas de Laquis hoje são chamadas de Tell ed-Duweir.

O princípio do pecado. Não é revelado como Laquis se tornou o princípio do pecado de Judá.

14 Portanto Evidentemente Judá é abordada aqui.

Aczibe. Do heb. ‘Akzib, possivelmente uma cidade localizada em Sefelá ou na várzea de Judá perto de Adulão … Como a palavra traduzida como “mentira” é aqui akzab, há aqui outro jogo de palavras significativo: “As casas de Aczibe [Cidade-Mentira] serão ‘akzab [mentira]”.

15 Chegará até Adulão a glória de Israel. A sentença pode ser traduzida como na NVI: “a glória de Israel irá a A”. Alguns pensam que a referência é a nobreza de Israel que iria buscar refúgio em lugares como a caverna de Adulão, onde Davi se escondeu (1Sm 22:1, 2).

16 Faze-te calva. Um símbolo de luto (Ver Amós 8:10). Jerusalém é chamada a lamentar seus filhos levados ao exílio.

Águia. Do heb. nesher, usada para designar tanto a águia quanto o falcão. Provavelmente, aqui, a palavra se refere ao abutre careca.

Fonte: Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 118-1120.



MIQUEIAS 1 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
24 de março de 2021, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Ouvi, todos os povos, prestai atenção, ó Terra e tudo o que ela contém, e seja o Senhor Deus testemunha contra vós outros, o Senhor desde o Seu santo templo” (v.2).

Desde a separação entre Reino do Norte (Israel) e Reino do Sul (Judá), criou-se uma constante tensão e disputa entre estes reinos. Possuindo a maioria das tribos, Israel evocava o direito a permanecer como a nação eleita. Já o reino de Judá, apesar da pequena representação, se apegava ao fato de ser detentor de Jerusalém e do Templo, da aliança divina com Davi e da profecia de que “o cetro não se arredará de Judá” (Gn.49:10). Ambos os reinos, porém, foram colocados em pé de igualdade pelo Senhor: “Qual é a transgressão de Jacó? Não é Samaria? E quais os altos de Judá? Não é Jerusalém?” (v.5). Tanto Israel quanto Judá haviam se afastado do Senhor e quebrado a Sua santa aliança. Aos olhos de Deus era um só reino dividido contra si mesmo.

A respeito desse tipo de problema, Jesus declarou: “Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá” (Mt.12:25). Contemporâneo de Isaías, Amós e Oseias, o profeta Miqueias recebeu a difícil incumbência de reforçar a verdade presente naquele tempo. Pela quantidade de mensageiros, isso revela que se tratava de um tempo sobremodo difícil, de grande corrupção moral e idolatria. Israel e Judá estavam prestes a sofrer a terrível invasão assíria, colhendo os resultados de suas feridas incuráveis (v.9), e a única saída para o povo de Deus estava em se arrepender e se converter dos seus maus caminhos.

Em Seu ministério terrestre, Jesus Se deparou com a séria rivalidade entre judeus e samaritanos. Nenhum dos lados reconheceu o tempo de Sua chegada. Nenhum estava preparado para receber Aquele que veio para proclamar e confirmar o único reino que “subsistirá para sempre” (Dn.2:44). Junto à “fonte de Jacó” (Jo.4:6), Jesus assentou-Se a fim de declarar ao público de uma só mulher uma verdade que nos alcança com o infalível poder de Sua palavra. Aquela mulher ilustrava muito bem a condição espiritual de Israel: prostituída e desprezada por seus irmãos. Jesus revelou o pecado daquela mulher com brandura e misericórdia, o que despertou-lhe o interesse em ouvi-Lo mais e resultou em uma conversão genuína e evangelismo prático e eficiente.

Despertada para uma nova experiência, a mulher expôs o dilema que a angustiava: “Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar” (Jo.4:20). A resposta do Salvador esclarece o fato de que Deus tem sim uma igreja, uma nação eleita, um povo de Sua exclusiva propriedade (1Pe.2:9), mas que o Pai está procurando e recolhendo como Seu precioso trigo: “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para Seus adoradores” (Jo.4:23). Esta verdade continuará viva em seus efeitos até que do Céu brade a ordem: “chegou a hora de ceifar, visto que a seara da Terra já amadureceu” (Ap.14:15).

Eu creio que já está mais do que claro no que estudamos nas Escrituras até agora que cada mensagem de juízo divino era acompanhada pela essência do caráter de Deus, que é o amor. Vemos isso claramente, por exemplo, nos livros dos contemporâneos de Miqueias. O livro de Isaías começa com uma mensagem de juízo e termina com uma mensagem de esperança. O livro de Amós inicia com uma ameaça e termina com a promessa da restauração. O livro de Oseias começa revelando a infidelidade do povo e é encerrado com promessas do perdão divino. Veremos que não é diferente no livro de Miqueias. Começamos estudando uma mensagem de juízo e terminaremos com um dos mais lindos textos sobre o perdão, a fidelidade e a misericórdia de Deus.

Estamos vivendo em tempos decisivos e emprestados. Muitos de nós nem sequer temos a liberdade de adorar em um templo. Mas enquanto a nossa liberdade de ir e vir está sendo restringida, ou por motivos de saúde, sendo limitada, a nossa fé precisa ser fortalecida. A experiência pessoal com Deus através de uma vida de comunhão diária com Ele resulta em obediência às verdades que nos levam a conhecê-Lo. E, muitas vezes, situações adversas são permitidas a fim de moldar o nosso caráter e nos fazer enxergar, ainda que palidamente, quem de fato Deus é. É assim que aprendemos a caminhar com Deus, adorando-O em espírito e em verdade, e por Ele somos encontrados como Seus verdadeiros adoradores, “a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade” (1Tm.3:15).

Portanto, não fique chateado se por algum meio a repreensão lhe alcançou, mas, como a mulher samaritana você perceba quem é Aquele que está a lhe corrigir a fim de lhe salvar e de torná-lo uma testemunha Sua nesses dias finais. Prossigamos, pois, amados, em conhecer ao Senhor através de mais este livro inspirado. Vigiemos e oremos!

Bom dia, igreja do Deus vivo!

* Oremos para que o Espírito Santo nos fortaleça nesses dias difíceis e nos encontre como Seus verdadeiros adoradores. Oremos uns pelos outros!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Miqueias1 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100




%d blogueiros gostam disto: