Reavivados por Sua Palavra


EZEQUIEL 2 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
24 de dezembro de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

1872 palavras

Continuação audível da primeira visão. O cap. 1 descreve  o que Ezequiel viu, e o cap. 2 transmite, de modo especial, o que o profeta ouviu. Bíblia de Estudo Andrews.

1 Filho do homem. Do heb. ben-adham. Esta é forma costumeira de Deus dirigir-Se a Ezequiel. A forma ocorre 93 vezes ao longo do livro. Daniel é o único profeta a também ser chamado desta forma, mas o título ocorre em seu livro só uma vez. O hebraico tem várias palavras para designar “homem”, como: (1) ‘Ish, no que se refere a um homem como indivíduo do sexo masculino ou como marido de uma mulher. (2) ‘Enosh, que é um termo mais geral, raramente usado no no singular, e que, na maioria das vezes, é aplicado coletivamente para toda raça humana. Parece referir-se ao homem em sua condição frágil, enferma e mortal. Jesus, que tomou sobre Si não a natureza dos anjos, mas a da raça humana após 4 mil anos de pecado terem deixado suas marcas de degeneração, é profeticamente designado como “Filho do homem [‘enash]” (Dn 7:13); ‘enash é a forma aramaica de ‘enosh) (3) ‘Adham, que descreve o homem no sentido geral. Deus disse: “Façamos o homem [‘adham] à nossa imagem” (Gn 1:26). A expressão “ser humano”, em muitos casos, traduz adequadamente a palavra  ‘adham. (4) Geber, que descreve o homem no vigor de sua juventude.

Ezequiel, ao ser chamado de “filho do homem” (ben-adham), é lembrado de que é membro da raça humana. Foi por meio de canais humanos que Deus Se propôs a transmitir Sua mensagem de salvação para as pessoas a perecer. Ele podia ter empregado outros meios: anjos poderiam ter sido designados como Seus embaixadores; ou uma voz audível vinda do Céu poderia proclamar o evangelho. No entanto, Deus desejou que o ser humano partilhasse das alegrias de um ministério abnegado em favor de outros e, assim, lhe confiou “a palavra da reconciliação”(2Co 5:19). Nenhum “filho do homem”pode se esquivar a essa tarefa: pessoas são salvas ou perdidas segundo a maneira com que o profeta encara sua responsabilidade. Assim, ser chamado de “filho do homem” é ser indicado para um ministério pessoal ou público baseado em profunda paixão pelo próximo. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 633, 634.

Põe-te em pé. A visão da glória de Deus deixou Ezequiel prostrado. … No chamado para o serviço divino, esses profetas foram primeiramente levados a sentir a própria fraqueza; depois o poder divino os reanimou, restaurando-lhes a força física e os capacitando a receber a comunicação celestial. CBASD, vol. 4, p. 634.

2 Quando o Espírito de Deus e Sua palavra se unem, forma-se vida, como na criação (ver Gn 1:1-3). Bíblia de Estudo Andrews.

Entrou em mim. A profecia é um dos dons do Espírito (1Co 12:28). O chamado para o ofício profético não ocorre por escolha pessoal, mas por nomeação divina (ver Nm 12:6; 1Co 12:28). A recepção do Espírito Santo, que comunica a capacidade profética, é a evidência do chamado genuíno. Qualquer pretensão ao dom sem este pré-requisito essencial é falsa. CBASD, vol. 4, p. 634.

3-5 O mundo dos negócios define sucesso como dar aos consumidores o que eles querem. Ezequiel, contudo, foi chamado a dar a mensagem de Deus ao povo, indiferente se ouvissem ou não. A medida do sucesso de Ezequiel  não era quão bem o povo respondesse, mas o quanto Ezequiel obedecesse a Deus e portanto atingisse o propósito de Deus para ele. Isaías e Jeremias também profetizaram com pouca resposta positiva (ver Is 6:9-12; Jr 1:17-19). A verdade de Deus não depender de como o povo responda. Deus não nos julgará baseado em como os outros respondam à nossa fé, mas o quão fiel nós temos sido. Deus sempre nos dá a força para atingir o que Ele nos pede para fazer. Life Application Study Bible Kingsway.

3 Eu te envio aos filhos de Israel [descendência de Jacó/Israel]. Aqui se inicia a comissão de Ezequiel. Basicamente, sua mensagem era para os exilados de Judá; contudo, em seu escopo mais amplo, abrangia as dez tribos que, mais de 100 anos antes, haviam sido levadas em cativeiro pelos assírios. As mudanças em curso deram a Babilônia e à Média os territórios da Assíria , de forma que, quando o cativeiro babilônico englobou o remanescente de Judá, as 12 tribos foram, em certo sentido, novamente reunidas, estando então todas sob jugo estrangeiro (ver Jr 50:17, 18, 33). CBASD, vol. 4, p. 634.

Às nações rebeldes … eles e seus pais prevaricaram. A palavra traduzida como “nações” é a que se emprega geralmente para designar os pagãos. Israel descera tão baixo em sua deliberada separação de Deus que, embora devesse ter sido um reino de sacerdotes e uma nação santa (ver Êx 19:6), é designado como uma nação pagã e recebe o epíteto adicional de rebelde. O profeta é ainda lembrado de que a apostasia de Israel já vinha de longa data. CBASD, vol. 4, p. 634.

4 De duro semblante. O significado da expressão é: “obstinados”, “teimosos”e o termo “obstinados de coração”, que segue, enfatiza ainda mais essa ideia. O Senhor estava pintando um quadro da depravação de Israel. O quadro não era exagerado, como o profeta logo descobriria. CBASD, vol. 4, p. 634.

Assim diz o SENHOR DEUS. O encargo dado a Ezequiel é a comissão que Deus atribui a todo ensinador da Palavra, a todo expositor da verdade sagrada. A Palavra de Deus não deve ser misturada com opiniões humanas. Teorias particulares são falíveis. No que respeita aos assuntos divinos, somente as coisas que Deus revela podem ser definitivamente conhecidas como fatos; tudo o mais é mera opinião humana. Sendo que sopra todo vento de doutrina, e que circula toda espécie de interpretação, os seres humanos precisam da certeza de uma mensagem respaldada por um “Assim diz o SENHOR”. Essa declaração é a voz da autoridade. Ezequiel precisava dessa garantia. A ruína de Judá era iminente, e sua mensagem trazia as credenciais da mais alta autoridade. CBASD, vol. 4, p. 634, 635.

5 Deixem de ouvir. O deixar de ouvir não deve ser atribuído a um ato de predestinação. O plano salvífico de Deus abrange a todos: “Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens”(Tt 2:11); Deus não quer que ninguém pereça (2Pe 3:9). A todos é dada oportunidade adequada para a salvação. Jesus é a luz que “ilumina a todo homem”(Jo 1:9). Todas as influências possíveis coerentes com o livre-arbítrio e com as questões relacionadas com o grande conflito são disponibilizadas aos seres humanos para levá-los a aceitar a salvação. Mas cabe a eles o decidir se a aceitam ou não. Os desobedientes ficam sem desculpa. Deus poderá dizer a toda pessoa que porventura venha a se perder: “Que mais se podia fazer ainda … que Eu lhe não tenha feito?”(Is 5:4). Assim, os homens se destroem por sua recusa de aceitar a salvação de Cristo (ver T5, 120). No final do grande conflito, a história do mundo será retratada em visão panorâmica, revelando a cada pessoa sua relação para com as questões relativas a essa grande luta. Como resultado disso, todos reconhecerão a justiça de Deus e a amplitude da graça que lhes foi oferecida (Rm 14:10, 11; Ap 15:3; cf. GC, 666-671). CBASD, vol. 4, p. 635.

Hão de saber. A evidência máxima de que o profeta traz as credenciais divinas é o cumprimento de sua palavra. Contudo, quando ele apresenta sua mensagem, o Espírito Santo testifica aos corações endurecidos que essa mensagem dada pelo porta-voz de Deus vem do Céu. Aos rebeldes cativos, o Espírito Santo daria a convicção de que sua conduta de obstinada iniquidade era injustificada. eles poderiam zombar abertamente do mensageiro divino, mas, por trás das expressões de desprezo, estaria o medo profundo de que a voz rejeitada era de fato a de Deus. As mensagens de Ezequiel seriam ou de “cheiro de morte para a morte” ou “de vida para a vida”. CBASD, vol. 4, p. 635.

profeta. Do heb. nabi, um porta-voz de Deus (33:33), chamado por ele para transmitir Sua mensagem ao povo. Bíblia de Estudo Andrews.

6-10 Por três vezes Deus disse a Ezequiel para não temer. Quando o Espírito está em nos, podemos deixar de lado os nossos medos de rejeição ou ridículo. A força de Deus é poderosa o suficiente para nos ajudar a viver mesmo sob a mais pesada crítica. Life Application Study Bible Kingsway.

6 Não os temas. Sua tarefa seria difícil, pois enfrentaria muita oposição. Bíblia de Estudo Andrews.

A oposição a Ezequiel viria de governantes, sacerdotes e supostos profetas. Eles iriam ridicularizar, caluniar, acusar e ameaçar o profeta; mas, em meio a tudo isso, ele não devia ceder às tentativas de intimidação, nem aos temores despertados por todos os lados que poderiam levá-lo ao desânimo. CBASD, vol. 4, p. 635.

8 Não te insurjas. Havia o perigo de que, com uma perspectiva tão ameaçadora, Ezequiel fugisse à sua responsabilidade. Ao fazê-lo, ele se identificaria com a própria rebelião que fora enviado a reprovar. Havia o perigo de ele se influenciar pelo ambiente de apostasia generalizada e perder o senso da malignidade do pecado. Há um veneno sutil na atmosfera de uma sociedade má. É difícil uma pessoa ter fé quando está rodeada dos que não têm fé, especialmente se professam ter as mesmas esperanças e aspirações que ela. É por isso que o maior perigo da igreja vem de dentro, não de fora. … A história da apostasia de Israel revela o resultado destrutivo que ocorre quando as pessoas olham para o semelhante e confiam em líderes que praticam o mal. CBASD, vol. 4, p. 635.

Qualquer servo de Deus que, conhecendo a vontade divina revelada no Seu livro (9-10) e, vendo que as atividades da sociedade na qual vive não estão à altura da mensagem do Livro, recusa-se a pregar contra tais atividades está pecando da mesma forma que os próprios pagãos. Bíblia Shedd.

Como o que Eu te dou. Esta é uma profecia simbólica, e o profeta comeu o rolo do livro em visão, não a realidade … A figura é cheia de significado. A fim de comunicar a mensagem aos outros, o ensinador precisa primeiramente recebê-la de Deus. Depois, assim como a nutrição física introduzida no corpo se torna carne, sangue e ossos, a mensagem precisa ser assimilada e se tornar parte do mensageiro. O ensinador não pode ser capacitado para o serviço por um conhecimento superficial e incerto da mensagem. A mensagem precisa chegar ao mais íntimo de sua natureza, penetrar em sua mente e ser introduzida em todas as funções de sua vida espiritual; tem de se tornar parte do pensamento e da vida. CBASD, vol. 4, p. 635, 636.

10 Escrito por dentro e por fora. Os livros antigamente eram escritos em pele ou papiro e eram emendados uns aos outros, formando longas tiras que eram então enroladas. Normalmente esses rolos eram escritos apenas de um lado. O que foi entregue a Ezequiel estava escrito em ambos os lados, para indicar abundância de assunto. … a revelação da calamidade foi o meio que Deus usou para despertar corações endurecidos pelo pecado a fim de que pudesse curá-los com o bálsamo do evangelho. À medida que se desenvolvia seu ministério, muitas vezes, foi privilégio de Ezequiel temperar seus discursos de reprovação com apelos para a aceitação da misericórdia disponível. CBASD, vol. 4, p. 635.

lamento, pranto e ais. Embora Ezequiel depois recebesse ordens de pregar a esperança (v. nota em 33.1), sua comissão inicial (até a queda de Jerusalém) era declarar o desagrado de Deus e a inevitabilidade de seu juízo contra Jerusalém e todo Judá. Bíblia de Estudo NVI Vida.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: