Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 47 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
12 de dezembro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Ah! Espada do Senhor, até quando deixarás de repousar? Volta para a tua bainha, descansa e aquieta-te” (v.6).

Quando a Bíblia se refere aos filisteus, certamente a nossa mente remete para o filisteu mais conhecido até mesmo pelas crianças: o gigante Golias. Desafiando os exércitos de Israel, os filisteus anunciaram o duelo da morte. Por dias, seu soldado “imbatível” gritava palavras de insulto a Israel e aguardava um guerreiro corajoso o suficiente para enfrentá-lo. Para a sua surpresa, porém, Golias avistou um rapazinho vindo em sua direção com vestes e instrumento de pastor de ovelhas. Bem, já conhecemos a história e o seu desfecho. Davi o abateu com uma pedra na fronte e o matou com a espada do próprio filisteu.

Os juízos de Deus dependem da rejeição de Sua misericórdia. Quando o homem ou um povo dá as costas ao Senhor, como foi com Golias, suas armas se voltam contra eles mesmos, pois “o cruel a si mesmo se fere” (Pv.11:17). O homem mau busca a sua própria ruína, de forma que Deus precisa cumprir a Sua justiça na Terra, ou, de outro modo, a Terra já teria sido destruída pela maldade do coração humano. Foi assim no tempo de Noé. “Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na Terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração” (Gn.6:5). Como se levantaram as águas do dilúvio, o Senhor levantaria os exércitos “do Norte” como “se levantam as águas” se tornando “em torrentes transbordantes” (v.2) sobre a Filístia, destruindo “a todos os filisteus” (v.4), que rejeitaram o tempo da graça que lhes fora concedido.

Há um apelo sendo feito. Há um clamor sendo erguido. Há um arauto apregoando quão perto estamos das bodas do Cordeiro. Há uma ira prestes a ser derramada sobre esta Terra manchada pelo pecado. Por causa do pecado todos nos tornamos inimigos do bem e possuidores de uma natureza má e enganosa. “Mas Deus prova o Seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo Seu sangue, seremos por Ele salvos da ira. Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do Seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela Sua vida” (Rm.5:8-10).

Oh, amados, quão maravilhoso é o amor de Deus em Cristo Jesus! Enquanto a profecia se avoluma no sentido de que “o amor se esfriará de quase todos” (Mt.24:12), que o nosso coração transborde do perfeito amor. Não fomos criados para a destruição. Fomos criados para desfrutar para sempre do amor do nosso Criador. Persevere em viver esse amor, que redime, que salva e que liberta. Não se deixe levar pelas águas da incredulidade e da maldade. Mas vá à Fonte das águas vivas, e “receba de graça a água da vida” (Ap.22:17). Aproxima-se o Dia em que, como os filisteus, “clamarão os homens, e todos os moradores da Terra se lamentarão” (v.2). Que, pela graça de Deus, sejamos encontrados “entre os sobreviventes, aqueles que o Senhor chamar” (Jl.2:32). Vigiemos e oremos!

Feliz sábado, chamados para a salvação!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Jeremias47 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: