Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 39 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
4 de dezembro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Pois certamente te salvarei; e não cairás à espada, porque a tua vida te será como despojo; porquanto confiaste em Mim” (v.18).

Como predito pela boca do profeta, Jerusalém foi invadida pelos babilônios “quando se fez uma brecha na cidade” (v.2). “Então, entraram todos os príncipes do rei da Babilônia e se assentaram” (v.3) no lugar dos magistrados de Judá, vindicando para si a posse e a autoridade daquele reino. A fuga noturna de Zedequias e seus homens de guerra parecia a melhor forma de escapar do juízo que trouxeram sobre si ao ignorar as palavras do Senhor. “Mas o exército dos caldeus os perseguiu e alcançou” (v.5), deixando um rastro de morte, dor e humilhação. Com seus olhos vazados e preso com cadeias, Zedequias foi levado à Babilônia como espetáculo do horror que poderia ter sido evitado.

Por outro lado, a ira de Nabucodonosor contra os impenitentes se tornou em misericórdia para com os fiéis servos de Deus. Jeremias e Ebede-Meleque foram poupados das mazelas acometidas ao povo e bem podem representar os justos dos últimos dias. Ao contemplar a firmeza de caráter e fé inabalável dos santos, muitos atenderão ao último sonido do clamor que tem sido fortemente erguido: “Retirai-vos dela, povo Meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos” (Ap.18:4). E estendendo a mão para ajudar os mensageiros de Deus, se unirão a eles como os trabalhadores “da hora undécima” (Mt.20:6).

Enquanto seu povo o rejeitou, Jeremias foi reconhecido e protegido por Nabucodonosor como um homem de Deus. Da mesma forma, Ellen White descreve quem serão os piores inimigos dos seguidores de Cristo: “Quando for invalidada a lei de Deus e a igreja for joeirada pelas ardentes provações que sobrevirão a todos os que vivem sobre a Terra, uma grande proporção dos que parecem genuínos darão ouvido a espíritos enganadores e tornar-se-ão traidores, traindo depósitos sagrados. Demonstrar-se-ão os nossos piores perseguidores. “Dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles;” (At.20:30) e muitos darão ouvido a espíritos enganadores” (Maranata, p.198).

Semelhante ao livramento de Noé e sua família quando o mundo era afogado em água; a Ló, poupado das chamas de Sodoma; a Elias, sustentado no deserto; aos três jovens hebreus, salvos de uma fornalha sete vezes aquecida; ou a Daniel, seguro entre os leões; Deus não abandonará aqueles que nEle confiam. A estes, Ele diz: “A ti, porém, Eu livrarei naquele dia, diz o Senhor, e não serás entregue nas mãos dos homens a quem temes” (v.17). É intuito de Satanás infundir terror na mente dos filhos de Deus e fazê-los pensar que seus casos não têm solução. Mas, fechadas as brechas aos prazeres mundanos, ele sabe que a única forma de os atingir é, qual foi com Daniel, buscar algo contra eles “na lei do seu Deus” (Dn.6:5).

Hoje é o tempo dado para “que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo” (Fp.1:9-10). Que no tempo da “grande tribulação” (Mt.24:21), o Senhor declare a nosso respeito: “Pois certamente te salvarei…, porquanto confiaste em Mim” (v.18). Vigiemos e oremos!

Bom dia, justos dos últimos dias!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Jeremias39 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: