Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 29 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
15 de janeiro de 2023, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: I CRÔNICAS 29 – Primeiro leia a Bíblia

I CRÔNICAS 29 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL

I CRÔNICAS 29 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

Acesse os comentários em vídeo em nosso canal no Youtube (pastores Adolfo, Valdeci, Weverton, Ronaldo e Michelson)



I CRÔNICAS 29 by Luís Uehara
15 de janeiro de 2023, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/1cr/29

Davi solicitou do povo os materiais para construir a Santa Casa de Deus. Ele declara: “Além disso, pelo meu amor ao templo do meu Deus, agora entrego das minhas próprias riquezas, ouro e prata para o templo do meu Deus, além de tudo o que já tenho dado para este santo templo.” (v. 3)

O versículo 25 afirma que o “Senhor exaltou muitíssimo Salomão em todo o Israel e concedeu-lhe tal esplendor em seu reinado como nenhum rei de Israel jamais tivera.”

Que honra que a glória do Deus imutável brilhou sobre Salomão! Enquanto mantivermos um coração perfeito para guardar os mandamentos de Deus, os testemunhos de Deus e Seus estatutos por meio de Sua graça, a glória do Senhor também brilhará sobre você e sobre mim. Ao construirmos um palácio para o Senhor em nosso coração e em nossa mente, o plano de redenção do Senhor repousará em nós.

Jesse Lirazan
Igreja Adventista do Sétimo Dia de Doha, Catar

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/1ch/29
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



I CRÔNICAS 29 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
15 de janeiro de 2023, 0:50
Filed under: Sem categoria

327 palavras

3 o ouro e prata particulares que tenho dou. Davi contribuiu com suas próprias riquezas em adição aos despojos de guerra (18.8, 11; 2Cr 30.24 e notas). Bíblia de Genebra.

5 Trazer ofertas liberalmente. Ele [Davi] identificou o projeto de construção do templo com o serviço a Deus. … O serviço aceitável a Deus é voluntário, alegre e imediato. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 3, p. 210.

7 daricos (ARA; NVI: “moedas”). O darico era uma moeda persa usada nos dias do cronista [à época do retorno do exílio babilônico]. Ele usou essa terminologia para a compreensão de seus leitores. Bíblia de Genebra.

O dárico era uma moeda persa, que parece ter recebido o nome de Dario (522-486 a.C.) em cujo reinado aparece pela primeira vez (v. Ed 8.27).

11 Teu, SENHOR. Provavelmente, esta seja a origem do final mais longo da oração do Pai Nosso (Mt 6.13; cf. Lc 11.4). Bíblia de Genebra.

10 Israel, nosso pai. Referência a Jacó, que teve seu nome mudado para “Israel”(Gn 32.28). Bíblia Shedd.

17 Da sinceridade. Deus está interessado em justiça e misericórdia, não no formalismo religioso e na conformidade exterior com a lei. Retidão interior resulta em bondade, justiça, honestidade e benevolência. Deus pede uma religião do coração que produza frutos de uma vida reta (ver Mq 6:8). CBASD, vol. 3, p. 211.

Dei voluntariamente. Não havia hipocrisia nesta oração; brotava de uma sinceridade profunda. O que Davi fez, o fez com disposição e alegria, encontrando nisso grande satisfação. CBASD, vol. 3, p. 211.

19 Íntegro. Em heb, shalem, traduzido por integral, perfeito (2Cr 16.9). Bíblia Shedd.

20 Louvou. A palavra traduzida como “louvou” significa basicamente “ajoelhar-se”, “prostrar-se”. CBASD, vol. 3, p. 211.

22 Segunda vez. A primeira vez foi aquela feita precipitadamente, quando da rebelião de Adonias. Bíblia Shedd.

24 Todos … prometeram submissão. Cp. porém, à rebelião de Adonias, na qual os oficiais e filhos do rei tinham ajudado na tentativa de golpe de estado (1Rs 1.9, 19, 25). Bíblia de Estudo NVI Vida.

29 Crônicas. Natã e Gade escreveram um relatório histórico acerca do período de reinado de Davi, mas essas crônicas não mais existem. Bíblia Shedd.



1Crônicas 29 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
15 de janeiro de 2023, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Porque quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos dar voluntariamente estas coisas? Porque tudo vem de Ti, e das Tuas mãos to damos” (v.14).

Último capítulo, últimas palavras e últimos dias do rei Davi. E que capítulo poderoso! Cada palavra revela a essência do homem segundo o coração de Deus, que “morreu em ditosa velhice, cheio de dias, riquezas e glória” (v.28). Além de amar ao Senhor com todo o seu coração, Davi ofertou tudo o que tinha para a Casa do Deus que tanto amava. Diante de todos, deu testemunho de sua entrega e devoção a Deus, desafiando-os a fazer o mesmo: “Quem, pois, está disposto, hoje, a trazer ofertas liberalmente ao Senhor?” (v.5). E o “povo se alegrou com tudo o que se fez voluntariamente; porque de coração íntegro deram eles liberalmente ao Senhor” (v.9).

Além de rei e herói de guerra, Davi foi um talentoso compositor. Seus Salmos emanam palavras de sabedoria, amor e intimidade com Deus. Enquanto tangia sua harpa, Deus tangia as “cordas” de seu coração. Mas essa sinfonia celeste não ficava apenas em seu dom musical ou em suas palavras. O seu testemunho e desprendimento em oferecer ao Senhor o que tinha de melhor foi o que levou todo o povo a fazer o mesmo. E, na sequência, Davi orou, louvando a Deus e engrandecendo um princípio de inestimável valor: Tudo pertence a Deus.

Quando ofertamos algo ao Senhor não estamos Lhe dando nada, nem tampouco nossas boas ações são dignas de aplausos. “Porque Teu é tudo quanto há nos céus e na terra” (v.11). Somos administradores da criação de Deus. Ele criou todas as coisas para o nosso deleite, mas também nos delegou a responsabilidade de cuidá-las e de preservá-las. Deus Se agrada de todo aquele que com “coração íntegro” (v.19) reconhece que tudo o que Lhe devolve vem dEle e dEle é. Então, a devolução do que a Ele pertence se torna não uma obrigação, e sim um privilégio.

Meus irmãos, Salomão não sentou em seu trono, mas “no trono do Senhor” (v.23). Ele não foi engrandecido pelo que deu ou pelo que tinha, mas “o Senhor o engrandeceu” (v.25). As obras de nossas mãos são falíveis e insuficientes. O nosso coração é corrupto e inconstante. Contudo, Deus, voluntariamente, escolheu nos amar! Ele não está pedindo a sua casa, o seu carro e nem o dinheiro de sua conta bancária. Não se trata de uma barganha, e sim de uma entrega voluntária e sincera.

Davi não prosperou porque possuía palácios, mas em reconhecer que “o palácio não é para homens, mas para o Senhor Deus” (v.1). Salomão não prosperou pelo que Davi lhe deixou por herança, mas pelo que Deus o tornou. A prosperidade material, porém, nem sempre corresponde a uma vida espiritualmente próspera. Davi ofertou seus bens ao Senhor com alegria porque, antes, ofertou o seu coração a Ele. Se assim o fazemos a cada dia, então, Deus nos dá “coração íntegro para guardar os [Seus] mandamentos, os [Seus] testemunhos e os [Seus] estatutos” (v.19).

Que a nossa vida seja uma oferta voluntária a Deus todos os dias. A pergunta é: “Quem, pois, está disposto, hoje […] ?” (v.5). Vigiemos e oremos!

Feliz semana, ofertas voluntárias ao Senhor!

Rosana Garcia Barros

#1Crônicas29 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I CRÔNICAS 29 – COMENTÁRIO PR HEBER  by Jeferson Quimelli
15 de janeiro de 2023, 0:40
Filed under: Sem categoria

I CRÔNICAS 29 – Deus deve estar acima de talentos, trabalho, tempo, e recursos; aliás, Ele só será nosso Deus quando O consideramos muito além de nós mesmos. Nisso consiste o sentido real da vida!

Sem espiritualidade saudável, todo o resto fica imprestável. Sem Deus na vida… é como ter celular sem carga na bateria… ou, estar num avião sem combustível!

Corroborando com a mensagem de Esdras em Crônicas, Paulo é direto ao declarar que, cristão de verdade deve procurar “as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus”. Isso significa manter “o pensamento nas coisas do alto… NÃO nas coisas terrenas” (Colossenses 3:1-2). Uma coisa… ou outra!

No último capítulo de I Crônicas vemos três verdades que merecem nossa especial atenção:
1. Nossa dedicação a Deus deve ir muito além da busca por bens materiais: Generosidade nas ofertas para projetos de Deus revelam nossa prioridade (I Crônicas 29:1-9).
2. Nossa oração deve revelar quão exaltado é Deus em nosso coração: Exaltar a grandeza e majestade de Deus na oração mostra Sua soberania em nossa existência (I Crônicas 29:10-20).
3. Nossa ocupação com sucessores espirituais revelam nossas prioridades: Cuidar da continuidade na obra divina após nossa morte é essencial para quem prioriza a espiritualidade acima de tudo (I Crônicas 29:21-30).

A Bíblia é mais que manual de vida. Ela eleva-nos para conectar ao Autor da existência. Devemos dedicar nossa vida a estudá-la e meditar em seu conteúdo – inclusive no livro de Crônicas, o qual nos nutre com alimento sólido para fortalecer nossa espiritualidade.

Crônicas não é meramente reiteração da mensagem de Samuel e Reis. Kenneth Mathews afirma que “Primeiro Crônicas ilustra um uso responsável das Escrituras. O uso que o cronista faz do Pentateuco e dos Profetas para lançar nova luz sobre suas principais fontes – os livros de Samuel e Reis – demonstra que as Escrituras são o melhor guia para a interpretação das Escrituras. A necessidade de interpretar a ‘velha’ história de Samuel e Reis para uma geração nova, no pós-exílio, determinou a composição de 1 e 2Crônicas. Cada geração encara a tarefa de confrontar o próprio mundo com a verdade das Escrituras de tal modo que elas atendam às necessidades específicas de sua época”.

Precisamos refletir, reavaliar e reavivarmo-nos! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: