Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 4 by Luís Uehara
19 de junho de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/dt/4

Neste capítulo Moisés discorre acerca da importância da lei de Deus, proclamada audivelmente por Ele no Monte Sinai. Os Dez Mandamentos fazem parte do concerto de Deus com Seu povo e foram dados num contexto de relacionamento. Como Deus os havia libertado do Egito, a gratidão seria a base para o povo obedecer aos Dez Mandamentos (Êx 20:1-17).

Deus destaca neste capítulo a singularidade de Israel. Deus os tirou da fornalha de ferro do Egito e lhes deu Sua lei para que eles pudessem saber que existe somente um Deus. No segundo mandamento Ele os advertiu contra fazer imagens, não-deuses, o que os levaria a esquecer a singularidade de Deus e sua própria singularidade. Caso contrário, eles seriam levados cativos por outras nações.

A Igreja de Deus hoje é chamada a adorar a Deus como o Criador (Ap. 14:6-7), uma mensagem a ser dada ao mundo neste tempo do fim, quando a evolução exerce grande influência. Somente permaneceremos únicos enquanto nos lembrarmos de que Deus é o nosso Criador, sem qualquer crédito à evolução. Enquanto muitos acreditam que Deus tenha criado por meio da evolução, os adventistas devem dar ao mundo a mensagem de que Deus é o Criador e que a evolução é um deus feito pelo homem, um ídolo destituído de qualquer relacionamento da aliança.

Norman Gulley
Southern Adventist University

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/deut/4
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: