Reavivados por Sua Palavra


Deuteronômio 04 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
19 de junho de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Por isso, hoje, saberás e refletirás no teu coração que só o Senhor é Deus em cima no céu e embaixo na terra; nenhum outro há” (v.39).

Imagine uma nação inteira parando para ouvir as últimas palavras de seu líder. Crianças, jovens e idosos, todos estavam reunidos e bem atentos às últimas instruções de Moisés. Certamente, foram momentos solenes, mas também cheios de comoção. Que empatia havia em cada palavra proferida! Não consigo pensar no final deste primeiro discurso como um ditado comum, mas como uma emocionante tentativa de Moisés de reencontrar seus amados irmãos no Grande Dia do Senhor; de fortalecê-los na certeza de que Deus os amava com amor eterno.

A sequência de verbos utilizados por Moisés nos indica as coordenadas de Deus para a salvação: ouvir, cumprir, viver, entrar e possuir (v.1). Eis as perfeitas pegadas deixadas por Jesus Cristo! Não se trata de uma obediência cega ou forçada, e nem de salvação por obras, mas do resultado direto de quem deseja dar ouvidos à Palavra do Senhor. Cumprir ou obedecer as Escrituras resulta em vida, e vida em abundância; e ainda promove a propagação do evangelho “perante os olhos dos povos que, ouvindo todos estes estatutos, dirão: Certamente, este grande povo é gente sábia e inteligente” (v.6).

Em regra, obediência gera obediência. Por isso que o nosso primeiro dever consiste em guardar a nós mesmos de não esquecermos a vontade de Deus (v.9) e para que o nosso primeiro alvo missionário seja a nossa casa: “a fim de que aprenda a temer-Me todos os dias que na terra viver e as ensinará a seus filhos” (v.10). Sobre isto, Paulo advertiu: “pois, se alguém não sabe governar a própria casa, como cuidará da igreja de Deus?” (1Tm.3:5). E continuou dizendo: “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente” (1Tm.5:8).

Há grande perigo em negligenciar as prescrições do Senhor. A comunhão dos pais para com Deus deve refletir sobre os filhos as bênçãos de andar com Ele. O propósito do Senhor em nos dar as Suas leis é a de conduzir o Seu povo em famílias para o reino dos céus. A lei de Deus revela as nossas iniquidades e a nossa necessidade de um Salvador que “foi obediente até à morte e morte de cruz” (Fp.2:8). “Guardai, pois, cuidadosamente” (v.15), a fim de que os ídolos modernos não ocupem o lugar de Cristo em seu coração e em seu lar.

Por isso, hoje” (v.39), “não vos esqueçais da aliança do Senhor, vosso Deus” (v.23), “para que te vá bem a ti e a teus filhos depois de ti e para que prolongues os dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá para todo o sempre” (v.40). Vigiemos e oremos!

Feliz semana, famílias que o Senhor amou e escolheu para salvar (v.37)!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Deuteronômio4 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: