Reavivados por Sua Palavra


GÁLATAS 4 by Jobson Santos
11 de outubro de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/gl/4

Depois de esperarem 10 anos pela chegada do filho prometido, Abrão e Sara concluíram que Deus devia estar esperando que eles fizessem algo. Olhando para os costumes antigos de utilizar uma escrava como mãe de aluguel para uma esposa estéril, Abrão e Sara decidiram ter um filho através de sua serva egípcia, Hagar (Gênesis 16:1-6). Somente cerca de 15 anos depois Abraão finalmente percebeu que a promessa de salvação de Deus era algo que só Deus poderia efetuar – como o nascimento milagroso do filho Isaque através de sua esposa estéril Sara.

Olhando para trás é fácil ver quão tola havia sido a tentativa de Abraão e Sara de tentar contribuir para o cumprimento da promessa de Deus. No entanto, quão frequentemente fazemos a mesma coisa! Em vez de esperar no Senhor para que Ele realize o que prometeu – seja em nossa própria vida ou na vida de familiares e amigos – ficamos impacientes e tentamos obter o cumprimento das promessas por meio de nossos esforços, resultando na maior confusão.

Ao refletirmos sobre a experiência de Abraão, aprendamos a confiar menos em nós mesmos e mais nas promessas de Deus.

Carl P. Cosaert
Professor Associado de Religião
Universidade de Walla Walla, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1341
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: