Reavivados por Sua Palavra


LUCAS 15 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
26 de junho de 2021, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Entretanto, era preciso que nos regozijássemos e nos alegrássemos, porque esse teu irmão estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado” (v.32).

Certamente, as mais lindas e encantadoras ilustrações acerca do amor de Jesus pela humanidade estão contidas neste capítulo. Uma parábola (v.3), três formas de contá-la, mas apenas um protagonista: “um pecador que se arrepende” (v.7, 10). Jesus enfatizou o zelo de Deus em salvar uma única alma que seja. Mas das três alegorias, tenho um apreço especial pela segunda.

Multidões têm vivido sob o manto da falsa religiosidade e caridade. Pensam estar no caminho certo, quando, na verdade, estão bem longe da verdadeira piedade. A ovelha perdida não sabia como voltar para junto do seu pastor, mas sabia que precisava de ajuda. O filho pródigo caiu em si e tomou o caminho de volta para a casa do pai. Mas o que dizer da dracma? Jesus usou um objeto inanimado para ilustrar a situação de tantos que nem fazem ideia de seu fracasso espiritual.

A dracma perdida, à semelhança dos fariseus e dos escribas, representa uma classe de professos cristãos que não se dá conta de sua terrível condição. São pessoas que estão dentro de casa pensando ser o bastante para estar em segurança. Este tem sido um dos piores enganos de Satanás. Como no tempo do profeta Jeremias, dizem confiantes: “Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor é este” (Jr.7:4). Precisamos, porém, manter comunhão com o Senhor da casa, para que então Ele nos oriente acerca do nosso papel em Sua obra.

Mas a feliz notícia é que Jesus não desiste de procurar as Suas dracmas, porque Lhe são muito valiosas. Eu andei muitos anos perdida dentro de casa, como a dracma que nem fazia ideia de sua triste situação. Tinha valor, mas estava entre os escombros de uma religião morna. Dentre as muitas atividades religiosas e seculares, não percebia que, paulatinamente, estava me afastando dos propósitos de Deus para minha vida. Não sabia o que era assumir um compromisso de amor com Deus, mas uma relação de negócios: eu fazia a Sua obra e Ele me retribuía com a vida eterna. Então, quando paro e penso por quanto tempo estive enganada, mais aumenta a minha gratidão por Aquele que não desistiu de me procurar.

Amados, o Senhor tem uma forma singular de falar com cada um de nós. Porque Ele nos fez diferentes uns dos outros, mas nos ama com o mesmo amor. Só Ele conhece o nosso coração, e só Ele sabe como alcançá-lo. Assim como Ele me alcançou, através de Sua Palavra, também deseja alcançar a todos os que desejam receber o Seu alívio e descanso. Eis o Seu convite: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei” (Mt.11:28). O pecado nos deixa debaixo de duras cargas, mas o amor de Jesus nos liberta de todas elas. Porque o fardo pesado Ele já carregou por você e por mim.

Deixe que Jesus te encontre, corra até você e te abrace com a salvação! Busque conhecê-Lo mais a cada dia através das Escrituras, pois Ele mesmo afirmou: “E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a Quem enviaste” (Jo.17:3). Hoje é dia de celebração, pois o Espírito do Senhor está convertendo corações e “há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende” (v.10). Vigiemos e oremos!

Feliz sábado, alvos do amor de Jesus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Lucas15 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: