Reavivados por Sua Palavra


JOEL 3 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
9 de março de 2021, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Proclamai isto entre as nações: Apregoai guerra santa e suscitai os valentes; cheguem-se, subam todos os homens de guerra” (v.9).

Certa noite eu sonhei que estava dentro de um barracão de armamentos. Sem entender o que estava fazendo ali, saí daquele lugar e ao olhar ao redor, percebi que se tratava de um acampamento de guerra. Ao olhar um pouco mais longe, vi que estávamos todos dentro de um vale e haviam homens subindo e descendo escadas. Então, pensei: “Como estamos vulneráveis neste vale! E se o inimigo nos cercar?” De repente, chegaram muitos ônibus repletos de soldados, tanto homens como mulheres. Ao ver aqueles ônibus, pensei se tratar de uma invasão inimiga, mas logo me senti aliviada com a seguinte impressão: “Não são inimigos, são reforços”. Caminhando até o meio do acampamento, fiz o seguinte questionamento: “Se estamos em uma guerra, precisamos orar. Onde será a barraca de oração?” E, no mesmo instante, me veio a resposta: “Não há somente um local de oração, para que o inimigo não venha e os destrua a todos, mas há vários lugares de oração por todo o acampamento”.

Após a convocação para uma assembleia solene, de santo jejum e santificação, o profeta encerrou as palavras inspiradas com mais duas convocações: para o “juízo” (v.2) e para a “guerra santa” (v.9). Todas as nações são convocadas “para o vale de Josafá” (v.12). Não se trata de um lugar geográfico, mas do Dia do juízo de Deus, conforme o significado do nome “Josafá”: O Senhor julga. Podemos dividir o capítulo de hoje em três partes: o juízo sobre os ímpios, a batalha final e a restauração do povo de Deus.

Há um juízo contra os inimigos do povo de Deus com base em acusações bem definidas, quando se cumprirá o que está escrito: “A Mim Me pertence a vingança; Eu é que retribuirei, diz o Senhor” (Rm.12:19). Chegará o tempo em que o clamor do sangue dos filhos de Deus (Gn.4:10; Ap.6:10) atingirá o seu clímax e o Senhor descerá com Sua “foice afiada” (Ap.14:17), “em chama de fogo, tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus […], a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade” (2Ts.1:8; 2:12).

Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e a nossa reunião com Ele” (2Ts.2:1), quão perto estamos deste momento! E que guerra se apresenta bem à nossa frente! Existe um inimigo voraz e cheio de cólera com hostes malignas usando todas as suas armas e as estratégias mais baixas a fim de arrebanhar o maior número de pessoas para a destruição. E é contra esses adversários espirituais que temos de lutar. Não com armas forjadas por mãos humanas, mas com a indestrutível armadura de Deus.

Portanto, é hora de suscitar “os valentes” (v.9) do Senhor. “Ó Senhor, faze descer os Teus valentes” (v.11); aqueles que, revestidos “de toda a armadura de Deus”, resistirão “no dia mau” e permanecerão inabaláveis; aqueles que cingidos “com a verdade” e vestidos “da couraça da justiça”, se apressarão em pregar o “evangelho da paz”; que, “embraçando sempre o escudo da fé”, não serão atingidos pelos “dardos inflamados do Maligno”; que tendo a mente protegida pelo “capacete da salvação” não darão ouvidos a “falatórios inúteis e profanos e as contradições do saber” (1Tm.6:20); que empunhando com mão firme “a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus”, não temerão defendê-la perante os seus algozes; aqueles que, “orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos”, reconhecerá que “já é hora de” despertarmos “do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto do que quando no princípio cremos” (Rm.13:11; Leia Ef.6:10-18).

O “vale da Decisão” (v.14) não se trata de um momento em que decisões serão tomadas, mas do tempo em que será declarado: “Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se” (Ap.22:11). Amados, é tempo de confiarmos no Senhor e crermos em Seus profetas de todo o nosso coração (2Cr.20:20)! “Porque o Dia do Senhor está perto” (v.14) e os sinais no céu e na terra já anunciam a chegada do nosso Redentor. Enquanto os ímpios tremerão diante das últimas manifestações, “o Senhor será o refúgio do Seu povo e a fortaleza dos filhos de Israel” (v.16). Diante disso, até a mais frágil alma poderá dizer: “Eu sou forte” (v.10). Aleluia!

Há um rio, cujas correntes alegram a cidade de Deus” (Sl.46:4), de onde sai “uma fonte da Casa do Senhor” (v.18) para dessedentar os que aceitaram receber “de graça a água da vida” (Ap.22:17). Ali serão recebidos os vitoriosos combatentes, que se submeteram ao “lavar regenerador e renovador do Espírito Santo” (Tt.3:5). Deus está suscitando um exército de homens, mulheres e crianças tal qual os que abalaram o mundo na fé primitiva. Cristãos que, como Paulo, se entregarão “totalmente à Palavra” (At.18:5), e como Estêvão, “cheio de graça e poder”, e do Espírito, “pelo qual ele falava” (At.6:8 e 10). Pessoas como o carcereiro romano, que, com toda a sua casa, “manifestava grande alegria, por terem crido em Deus” (At.16:34). Que, pela graça de Deus, estejamos diariamente nas trincheiras do Senhor. “E há de ser que, naquele dia” (v.18), o Senhor nos dirá: “Vinde, benditos de Meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo” (Mt.25:34). Vigiemos e oremos!

Bom dia, exército de oração!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Joel3 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Vem senhor Jesus!

Comentário por Enio Sergio




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



<span>%d</span> blogueiros gostam disto: