Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 45 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
5 de outubro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Porque assim diz o Senhor, que criou os céus, o Deus que formou a terra, que a fez e a estabeleceu; que não a criou para ser um caos, mas para ser habitada: Eu sou o Senhor, e não há outro” (v.18).

Babilônia, em seu apogeu, havia conquistado o mundo antigo e fazia 70 anos que Jerusalém fora reduzida a ruínas e seu povo levado cativo. Dentre os exilados, a Bíblia destaca a experiência de Daniel, Ananias, Misael e Azarias. Jovens hebreus que guardaram com fidelidade o “assim diz o Senhor”. Tinham tudo em seu favor para ceder às condescendências de um país idólatra e completamente alheio ao temor do Senhor. Longe de seus pais e diante de uma verdadeira lavagem cerebral palaciana, aqueles quatro jovens permaneceram fiéis e foram agraciados com dons especiais e uma fé bem fundamentada nas Escrituras.

Passado o período do exílio (Jr.29:10), o profeta Daniel passou a orar e almejar pelo cumprimento profético. Oh, quão maior deve ser o nosso desejo e quão maior o quebrantamento do coração pelo retorno do Senhor à Terra! Aos filhos de Israel foi-lhes dado um libertador, o qual Deus chamou pelo nome: “Ciro” (v.1). Após a derrocada da “cabeça de ouro” do sonho de Nabucodonosor (Dn.2:38), “despertou o Senhor o espírito de Ciro, rei da Pérsia” (Ed.1:1), para dar liberdade ao Seu povo de retornar à sua terra, bem como de reconstruir as cidades e o templo. Mesmo sem conhecer o Senhor, Ciro foi usado por Ele e logo descobriu que a sua vida e tudo o que fazia obedecia fielmente ao propósito grandioso dos oráculos de Deus.

O decreto de Ciro abriu as portas de Babilônia. Sua nobreza e boa consciência lhe renderam o favor do Senhor. Contudo, sua obra foi limitada a devolver a Israel uma liberdade provisória num reino terreno. O “Senhor, que criou os céus, o Deus que formou a terra… não a criou para ser um caos” (v.18). Há milênios a raça humana tem sofrido no cativeiro do pecado. Sob a influência de Satanás, a Terra criada “para ser habitada” (v.18), está imersa em um verdadeiro caos. O exílio do príncipe das trevas tem nos maltratado e, muitos, como na antiga Babilônia, têm se recusado a atender ao chamado de Deus pela conformação com os padrões deste século.

Ai daquele que contende com o seu Criador!” (v.9); que diz adorar o Oleiro enquanto vive para fazer a própria vontade. Como Daniel, precisamos orar e confiar em Deus até que do alto venha a resposta. Jesus veio primeira vez e pagou o preço para nos libertar do cativeiro maligno. Todo aquele que perseverar em olhar para Ele (v.22), “será salvo pelo Senhor com salvação eterna” (v.17). Aquele que forma a luz e faz a paz (v.7) também permite que o mal revele os seus mais terríveis resultados a fim de que, diante de todo o Universo, não restem dúvidas de que “tão somente no Senhor há justiça e força” (v.24). Logo, “ao nome de Jesus se [dobrará] todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua [confessará] que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai” (Fp.2:10-11). Que façamos parte daqueles que assim o farão “em toda a eternidade” (v.17). Vigiemos e oremos!

Bom dia, livres em Jesus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Isaías45 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: