Reavivados por Sua Palavra


Atos 3 by Jobson Santos
1 de fevereiro de 2015, 1:06
Filed under: Espírito Santo | Tags: , , , , ,
Comentário devocional:
Um dia Pedro e João estavam a caminho do Templo para orar. Quando entraram, um homem aleijado lhes pediu esmola. Eles não tinham dinheiro para lhe dar e poderiam ter dado ao homem somente esperanças de que alguém iria ajudá-lo. Mas eles não fizeram isso. “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande.” (v 6 NVI). Mas não fizeram só isso. O tomaram pela mão, o ergueram, e quando o fizeram (atuando pela fé), os seus pés e tornozelos recuperaram sua força, e ele começou a pular e louvar a Deus.
Vendo alguém em necessidade, você já deve ter pensado: “Bem, eu realmente não tenho nada significativo para dar. Eu vou deixar para que alguém que tenha mais do que eu ajude”. Mas Deus não nos pede muito, ele só nos pede para dar o que temos, que é Jesus. No entanto, ao darmos Jesus, devemos também oferecer uma mão amiga. Esta é a parte assustadora e exige fé. Ela é chamada de “colocar o evangelho nos sapatos de trabalho”, ou seja, é precisar colocar o evangelho em prática. Se sairmos de nossa zona de conforto e nos exercitarmos mais neste cristianismo prático, faremos grande diferença em nosso mundo hoje!
“Por tudo que nos confere vantagem sobre outros – seja educação e refinamento, seja nobreza de caráter, educação cristã ou experiência religiosa – achamo-nos em dívida para com os menos favorecidos; e, o quanto estiver ao nosso alcance, cumpre-nos ajudá-los. Se somos fortes, devemos sustentar as mãos do fraco.”(O Desejado de Todas as Nações, p. 440).
Ao fazermos isso, o Espírito Santo nos concederá o sucesso. Mas também devemos dar toda a glória a Deus, como o fizeram Pedro e João. “Por que vocês estão olhando para nós, como se tivéssemos feito este homem andar por nosso próprio poder ou piedade?” (v 12 NVI), disseram à multidão surpresa. “Isto não vem de nós. Vem de Jesus. Agora arrependam-se e se convertam, e façam o mesmo.” (paráfrase do vs. 19).
Melody (Melodious Eco) Mason
Líder do Ministério de Oração ARME
Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/act/3/
Traduzido por JAQ/GAQ
Texto bíblico: Atos 3
Comentário em áudio

 



Atos 3 – Comentários Selecionados by Jeferson Quimelli
1 de fevereiro de 2015, 0:00
Filed under: cura, Espírito Santo, milagres | Tags: , , ,

1 Oração da hora nona. Por volta das três da tarde. Esta era a hora do sacrifício da tarde. Era conhecida como hora de oração e hora do incenso. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 6, p. 143.

3 Iam entrar no templo. Como os apóstolos estavam prestes a entrar no templo, a fim de adorar, o coxo concluiu que eram homens piedosos, de quem ele poderia esperar uma esmola. CBASD, vol. 6, p. 144.

4 Olha para nós. Pedro não pretendia que o coxo considerasse que eles tinham poder em si mesmos para curá-lo. Mas tentaram concentrar neles a atenção do homem a fim de direcioná-la a Cristo. CBASD, vol. 6, p. 144.

6 Em nome. O nome de Jesus Cristo, o Salvador ungido, contém a descrição da personalidade e do caráter de seu portador divino. A invocação reverente de Seu nome resultou numa demonstração de poder. CBASD, vol. 6, p. 145.

7 E […] o levantou. O gesto de Pedro foi um auxílio à fé iniciante do.coxo. CBASD, vol. 6, p. 145.

10 Reconheceram. As pessoas reconheceram que o homem era mesmo coxo, não um simulante. Viram que estava curado.Puderam vê-lo entrar no templo, saltando e alegrando-se por sua saúde e louvando a Deus. CBASD, vol. 6, p. 146.

13 A quem vós traístes. Ou, “entregastes”. Pedro é franco e ousado ao colocar a culpa pela morte de Jesus sobre os judeus, como os apóstolos passaram a fazer desta ocasião em diante. CBASD, vol. 6, p. 147.

14 Pedistes […] um homicida. Isto é, Barrabás (Mc 15:7). CBASD, vol. 6, p. 147.

17 Por ignorância. A ignorância é perigosa tanto no âmbito espiritual quanto em outros contextos. As pessoas podem pecar por ignorância, como neste exemplo, mas a ignorância não justifica o pecado. CBASD, vol. 6, p. 148.

21 Desde a antiguidade. Estas palavras abrangem as muitas promessas imutáveis dos profetas que despertaram a esperança do povo de Deus ao longo das eras. CBASD, vol. 6, p. 151.

25 Os filhos dos profetas. Os profetas foram enviados especialmente aos israelitas. CBASD, vol. 6, p. 152.

26 Primeiramente a vós outros. Esta primazia dos judeus em relação ao evangelho é digna de nota. Pedro ainda não conhecia as condições da pregação do evangelho aos gentios, mas indica que a mensagem deveria ser pregada primeiramente aos judeus. CBASD, vol. 6, p. 152.

Para vos abençoar. A bênção mencionada aqui sucede a ressurreição e envolve o poder de Cristo que capacita o ser humano a deixar o pecado e seguir a nova vida que se encontra nEle. CBASD, vol. 6, p. 152.

Cada um se aparte. O sentido desta passagem é dúbio. Pode-se dizer que Jesus aparta os seres humanos da iniquidade ou que Ele os abençoa quando se afastam do mal. Em certo sentido, ambos são verdadeiros. As bênçãos da salvação só podem ser recebidas mediante o poder restaurador do Espírito Santo. Segue-se o necessário afastamento do pecado, com arrependimento e conversão. CBASD, vol. 6, p. 152.

 

Compilação: TatianaW




%d blogueiros gostam disto: