Reavivados por Sua Palavra


Atos 8 by jquimelli
6 de fevereiro de 2015, 1:00
Filed under: alegria, Espírito Santo, evangelismo | Tags: , , ,

Comentário devocional:

O Espírito Santo ocupa o lugar central nas duas histórias principais de Atos 8. Na primeira história, Simão o mágico, é batizado depois de Filipe apresentar uma série evangelística em Samaria, e posteriormente ele oferece dinheiro a Pedro e João pelo poder do Espírito Santo. A resposta de Pedro à tentativa de Simão de barganhar com Deus é inequívoca e serve como um aviso severo para nós: “Pereça você com o seu dinheiro! Você pensa que pode comprar o dom de Deus com dinheiro?” (v. 20 NVI).

Existe possibilidade de que nós também tenhamos procurado comprar dons de Deus. Podemos não ter dado um envelope recheado com dinheiro para o pastor junto com um pedido pelo poder do Espírito Santo. Mas podemos ter colocado dinheiro no prato ou cesto de coleta e confiantemente achar que Deus estava agora obrigado a nos abençoar com alguma coisa. Ou talvez pensemos que Deus nos deve algo em troca de nossas boas ações. Podemos também acreditar que Deus nos deve alegria, paz, prosperidade porque guardamos o sábado, honramos nossos pais e não roubamos. Mas a nossa justiça é como trapos imundos para Deus. A única coisa que pode nos recomendar a Deus é nossa fé nos méritos de Jesus.

Mais tarde, em Atos 8, o Espírito Santo diz a Filipe para conversar com um eunuco etíope, o poderoso chefe da tesouraria da rainha etíope. É fascinante ver como o Espírito Santo trabalha no coração das pessoas. Em resposta a perplexidade do eunuco etíope sobre os escritos do livro de Isaías, Filipe “começando com aquela passagem da Escritura, anunciou-lhe as boas novas de Jesus” (v 35 NVI). Filipe ajudou o etíope a ver pelas Escrituras que Jesus era o Messias. O etíope foi profundamente tocado pelo Espírito Santo e ele imediatamente pediu o batismo, dizendo: “creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.” (v. 37 NVI).

Após saírem os dois da água, o Espírito Santo arrebatou a Filipe, e o etíope “cheio de alegria, seguiu o seu caminho.” A alegria é um dom do Espírito Santo. O rico etíope não tinha procurado comprá-lo.

“Querido Deus, molda-me para que eu me torne mais parecido com o etíope do que com o feiticeiro. Que eu estude diligentemente as Escrituras. Que o meu coração seja tocado e convertido pelo Espírito Santo. Que o meu caráter seja purificado pela água da Tua Palavra. E que hoje eu possa seguir alegre em Ti no meu caminho. Amém. “

Andrew McChesney
Editor de notícias da Adventist Review

 
Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/act/8/
Traduzido por JAQ/GASQ
Texto bíblico: Atos 8 
Comentário em áudio 



Convite a repartir as bênçãos by jquimelli
28 de novembro de 2014, 11:28
Filed under: alegria, crescimento espiritual, Estudo devocional da Bíblia, testemunho | Tags:

Amado irmão, amada irmã!

Temos tido uma média de 2.000 acessos em nosso blog “ReavivadosPorSuaPalavra.org“. 

Além disso, hoje tivemos a bênção de chegarmos a 1.500 inscritos a receber os novos posts em seus e-mails (newsletter).

Louvado seja Deus por este interesse em Sua Palavra!

Cremos, entretanto, que podemos alcançar ainda mais pessoas para a glória do Reino dos céus.

Que tal você enviar um email a pelo menos um amigo especial convidando-o a participar conosco do estudo do livro de Marcos?

Conte a ele as bênçãos que você tem recebido ao participar deste programa de leitura da Bíblia!

Com a sua divulgação novas pessoas poderão também ser “Reavivadas Pela Palavra de Deus”!

Obrigado por sua companhia e apoio.

Equipe Reavivados



Malaquias 2 by jquimelli
30 de outubro de 2014, 0:00
Filed under: adoração, testemunho | Tags: , , , , ,

Comentário devocional:

” ’E agora esta advertência é para vocês, ó sacerdotes. Se vocês não derem ouvidos e não se dispuserem a honrar o meu nome’, diz o Senhor dos Exércitos, ‘lançarei maldição sobre vocês, e até amaldiçoarei as suas bênçãos…’ “(Mal. 2:1-2 NVI).

Algumas vezes temos a falsa ideia de que as pessoas só sacrificavam animais quando pecavam. Isso não é verdade. Aqui estão os tipos de sacrifício oferecidos. Neles, o sangue e a gordura eram totalmente queimados e a carne era comida, exceto na oferta de expiação quando tudo era completamente queimado.

* Oferta pelo Pecado: pelo pecado individual.
* Oferta de Comunhão: para louvor.
* Oferta de grãos: para dedicação e bênção.
* Holocausto (oferta totalmente queimada): para expiação.

Vemos um princípio importante aqui: cada área da vida do adorador deveria ser oferecida a Deus. Mas na época de Malaquias, este compromisso total com Deus não estava havendo nem por parte das pessoas comuns nem por parte dos próprios sacerdotes.

As repreensões do Senhor aos líderes sacerdotais de Israel eram tão diretas quanto poderiam ser: “Por causa de vocês eu destruirei a sua descendência; esfregarei na cara de vocês os excrementos dos animais oferecidos em sacrifício em suas festas e lançarei vocês fora, com os excrementos. … Porque os lábios do sacerdote devem guardar o conhecimento, e da sua boca todos esperam a instrução na Lei, porque ele é o mensageiro do Senhor … Mas vocês se desviaram do caminho e pelo seu ensino causaram a queda de muita gente…” (Mal. 2:3, 7, 8 NVI).

A apostasia do sacerdócio israelita foi um dos processos mais tristes no Antigo Testamento. A tribo de Levi – separada como se fossem vasos consagrados ao serviço do Senhor – estava sendo representada agora por homens cujo coração tinha se afastado do Senhor.

Ao longo dos próximos 400 anos, a situação do sacerdócio só iria piorar: os políticos e mundanos saduceus distorceriam toda a função do Templo transformando-o em um covil de ladrões (Cf. Mat 21:12,13). 

E quanto a nós? O que podemos dizer a respeito de nossa santidade e dedicação ao Senhor? Cristo nos constituiu sacerdotes (Apoc. 1:5-6). Por meio de nossas palavras e ações representamos aquele que nos ama e morreu por nós. Que através de nossa vida coerente e altruísta possamos inspirar outros a conhecer mais do Deus Criador e Redentor.

Andy Nash 
Southern Adventist University

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/mal/2/

Traduzido por JAQ/JDS

Texto bíblico: Malaquias 2 

Comentário em áudio 



Jeremias 5 by jquimelli
6 de maio de 2014, 0:00
Filed under: obediência | Tags: , ,

Comentário devocional:

Deus tem me abençoado mais do que mereço. Ele me deu uma boa saúde, pais e amigos queridos e até mesmo posses materiais. Mas às vezes me pergunto se estou deixando de receber ainda mais bênçãos, especialmente as espirituais.

Os israelitas dos dias de Jeremias não pensavam que deixavam de receber bênçãos por causa de seus pecados. De igual maneira as nações de hoje não acham que bênçãos são retidas por causa dos seus pecados. Mas Jeremias disse que era isto que acontecia. Ele lembrou aos israelitas que era Deus quem lhes concedia as chuvas de outono e primavera, responsáveis por uma boa colheita. Mas “os pecados de vocês têm afastado essas coisas; as faltas de vocês os têm privados desses bens.”(v. 25 NVI).

Sofremos as conseqüências de nossas ações. Esta é uma lei básica da natureza. É por isso que às vezes as pessoas dizem: “O que vai, volta.” Eles querem dizer que se você matar alguém ou roubar alguma coisa, você será punido por isso. Se você gritar com raiva para alguém, essa pessoa pode gritar de volta para você ou pelo menos ficar de mau humor. Da mesma forma, um sorriso pode retornar na forma de um desejo amistoso de bom dia.

Quando se trata do pecado, Jeremias nos lembra que uma conseqüência direta de nossos erros é que ele interrompe o fluxo das bênçãos do céu. Deus não pode derramar Sua bondade nas pessoas que O estão deliberadamente desobedecendo.

Oração: “Querido Deus, meus pecados têm me privado de Sua bondade. Por favor, ajude-me a ouvi-Lo e obedecê-Lo, não porque eu quero mais bênçãos, mas porque Tu sabes o que é melhor para mim e para minha felicidade. Ajude-me a obedecer-Te, porque Te amo. Amém”.

Andrew McChesney
Jornalista na Rússia

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/5/

Traduzido por JAQ/JDS

Texto bíblico: Jeremias 5 



Provérbios 22 by jquimelli
26 de janeiro de 2014, 0:00
Filed under: escolhas | Tags: ,

Comentário devocional:

Muitas pessoas acreditam ser importante se esforçarem para alcançar sucesso e riqueza. No entanto, Provérbios 22 nos aconselha que é mais importante ter um bom nome do que grandes riquezas.

Este capítulo nos ensina como construir um bom nome – não para a auto-glorificação, mas para a glória de Deus. O verso 4 explica como alcançar o verdadeiro sucesso: “A recompensa da humildade e do temor do Senhor são a riqueza, a honra e a vida” (NVI).

Deus concede bênçãos específicas àqueles que preferem um bom nome a grandes riquezas! Observe como:
Generosidade: Quem é generoso será abençoado (v. 9).
Humildade: Quem ama a sinceridade e sabe se expressar agradavelmente, terá a amizade do rei (v. 11).
Riqueza e Honra: Um homem que faça muito bem o seu trabalho será chamado a trabalhar para os reis (v. 29).
De acordo com os versículos 17-21, tornamo-nos equipados para viver bem ao entesourarmos o conhecimento em nosso coração e aplicarmos a sabedoria de Deus aos nossos lábios. Assim, nossa confiança no Senhor torna-se fortificada.

As admoestações sábias deste capítulo também advertem contra as escolhas erradas e suas conseqüências. Deus bondosamente nos incentiva na direção certa e nos indica as àreas de perigo:
Tempos difíceis: O perverso terá espinhos e armadilhas em seu caminho (v. 5).
Tristeza: Quem semeia a iniqüidade colherá tristeza (v. 8).
Problemas financeiros: Quem oprime ao pobre para enriquecer-se, e aquele que dá ao rico, ficarão pobres e passarão necessidade (v. 16).

Em última análise, cada pessoa que vive neste mundo escolhe correr atrás das riquezas ou atrás de um bom nome. Aqueles que escolhem buscar um bom nome acima da busca pelas riquezas experimentarão as bênçãos de Deus. Qual será a sua escolha hoje?

Querido Deus, por favor me ajude a fazer as escolhas certas hoje e buscar um bom nome, não para obter vantagens pessoais egoístas, mas para experimentar a alegria da Tua companhia, o bem do meu próximo e para honra e glória do Teu reino. Amém.

Susan Marcellino
Hope Channel, EUA

 

Texto original: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/22/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS

Texto bíblico: Provérbios 22



Provérbios 11 by jquimelli
15 de janeiro de 2014, 0:00
Filed under: sabedoria | Tags: , ,

Comentário devocional:

Um amigo russo uma vez me perguntou o quanto de dízimos eu devolvia. E eu, assustado com a pergunta, respondi: “Um dízimo, é claro”.

Meu amigo, em seguida, me desafiou a dar “três dízimos”, um princípio praticado pelos israelitas, embora isso não fosse exigido deles. A Igreja Adventista em sua doutrina sobre mordomia enfatiza a devolução de um dízimo. 

No entanto, no livro “Nisto Cremos”, que apresenta as principais crenças dos Adventistas, encontrei um pensamento que me fez pensar: “Os israelitas provavelmente contribuíam com cerca de um terço de suas rendas para propósitos religiosos e de caridade.” Um pouco adiante, o texto pergunta: “Deveríamos nós doar  tanto quanto os israelitas…? […] Em parte alguma, o Novo Testamento repele ou descuida deste sistema. Quando comparamos nossos privilégios e bênçãos com aqueles do antigo Israel, compreendemos que em Jesus nossa porção é consideravelmente maior” (p. 340, 341).

O princípio do dízimo compartilhado pelo meu amigo russo era simples: 10 por cento para o dízimo normal da igreja, 10 por cento para ofertas voluntárias para ajudar a igreja com suas necessidades e 10 por cento para caridade. A ideia de abrir mão de um terço da minha renda me surpreendeu inicialmente. Mas, pensei, se os israelitas deram esse montante, certamente eu poderia fazer o mesmo. Então, eu me comprometi a fazer isso por seis meses.

Deus me permitiu participar deste ministério expandido de uma forma nova, surpreendente. Não apenas sinto satisfação em ver o nosso fundo de construção da igreja crescer de forma constante, mas também tive a alegria de ajudar vários estudantes africanos a voar para casa para passar o verão com a família e de ajudar um pai da Moldávia a adquirir um carro para melhor cuidar de seu filho autista de 7 anos de idade.

Por incrível que pareça, nunca mais tive falta de dinheiro. Na verdade, consegui poupar mais do que eu já tinha feito antes.

Salomão, um dos homens mais ricos de todos os tempos, conhecia o segredo desse princípio do dízimo. É por isso que ele disse: “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá” (v. 24, 25 NVI) .

Andrew McChesney
Jornalista na Rússia

Texto original em: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/11/

Traduzido por JAQ/GASQ

Texto bíblico: Provérbios 11 



Provérbios 5 by jquimelli
9 de janeiro de 2014, 0:00
Filed under: sabedoria | Tags: , ,

Comentário devocional:

Seria de se esperar que Salomão tivesse algo a dizer sobre os perigos do adultério. Após a leitura deste capítulo ficamos com a impressão de que se Salomão pudesse voltar no tempo e retomar a sua vida desde o começo, ele teria sido mais forte (e possivelmente mais sábio), e não teria tomado para si tantas mulheres, se contentando com apenas uma. Ele mostra que deseja algo melhor para seu filho.

Salomão pede agora a seu filho que se concentre e preste muita atenção, caso não o tenha feito até agora, no que ele queria lhe ensinar: “Preste atenção no que eu digo”, diz ele (v. 1 NTLH). “Não se desvie das minhas palavras” (v. 7 NVI).

“Beba água da sua própria cisterna”, ele aconselha, sugerindo que um relacionamento monogâmico tem benefícios que superam, em muito, os relacionamentos extra-conjugais.O desejo de Salomão para seu filho é que ele não repita seus próprios erros, mas que tenha uma vida mais disciplinada do que ele próprio teve  e se alegre com a mulher da sua mocidade (v. 18).

Com vergonha e arrependimento, Salomão termina o capítulo, reconhecendo que tudo o que ele havia feito tinha sido visto e avaliado pelo Senhor, e que sua grande insensatez e falta de disciplina o desencaminharam.

A sua falta de disciplina o está conduzindo a caminhos tortuosos, hoje? Peça a Deus que lhe ajude a obedecê-lo em todas as coisas antes que seja tarde demais.

Jackie Ordelheide Smith

 

Texto original em: http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/5/

Traduzido por JAQ/GASQ/JDS 

Texto bíblico: Provérbios 5  




%d blogueiros gostam disto: