Reavivados por Sua Palavra


2Reis 22 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
14 de dezembro de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Tendo o rei ouvido as palavras do Livro da Lei, rasgou as suas vestes” (v.11).

Ao contrário de seu pai, Josias fez “o que era reto perante o Senhor”, e “andou em todo o caminho de Davi”, sem se desviar “nem para a direita nem para a esquerda” (v.2). Josias não se apartava do Senhor, ainda que não tivesse o completo conhecimento das Escrituras. O início de sua história assemelha-se muito com a do rei Joás. Coroados ainda na infância, os dois promoveram a restauração da Casa do Senhor, um símbolo do desejo em resgatar a verdadeira adoração no meio de uma geração idólatra.

O que Josias não esperava era que, além do relatório sobre o andamento dos reparos do templo, Safã retornaria com o que daria início à verdadeira, urgente e mais necessária reforma. Após ouvir a leitura do Livro da Lei, o rei “rasgou as suas vestes” (v.11) e ficou sobremodo aflito. Por muitos anos, o povo andava errante e, mesmo que buscasse andar reto diante de Deus, Josias lamentou o tempo em que permaneceu na ignorância. Sua atitude de humilhação revelou a beleza de seu caráter.

Josias buscou ser fiel a Deus dentro do mínimo que havia aprendido. Mas no mínimo de que tinha conhecimento, foi grande em fidelidade. Compreendem, amados? Como está escrito: “Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam” (At.17:30). Conseguiram entender melhor porque não é a Lei que salva? É Cristo Jesus, e apenas Ele. Mas é a Lei do Senhor que revela os nossos pecados; é a Palavra de Deus que nos santifica (Jo.17:17) e aponta para a nossa necessidade de um Salvador. Por isso que Josias sentiu-se imensamente constrangido e se humilhou diante de Deus. Porque ele amava ao Senhor com todo o seu coração, e entristecê-Lo era a última coisa que ele queria.

Josias era um verdadeiro adorador do Deus vivo, mesmo desconhecendo a maneira correta de adorá-Lo. E esta é uma enorme lição para nós, hoje. Somos naturalmente críticos e julgadores. Temos muita facilidade em atirar pedras, mas corremos léguas se estas estiverem apontadas em nossa direção. No entanto, eu lhes convido a prestar muita atenção ao que o Espírito Santo nos quer dizer hoje: O Senhor possui um exército de verdadeiros adoradores espalhados por todo o globo! E o Seu alistamento não é feito na igreja. Repito: o alistamento para o exército militante de Deus não é realizado na igreja. A convocação para o exército de uma multidão que ninguém poderá enumerar (Ap.7:9) é realizada no coração e na mente. Deus procura por Seus verdadeiros adoradores, e esta busca só terá fim quando cada pessoa tiver decidido de que lado do conflito estará.

“Porquanto o teu coração se enterneceu” (v.19), foi a atitude de Josias. Naquele momento a sua fidelidade foi provada e aprovada. Ele entendeu que o que leu não se tratava apenas de um livro, e sim o Livro de Deus, a carta de amor do Senhor que o ouviu (v.19). Deus tem Seus servos fiéis espalhados por todo este mundo. Pessoas que ainda não conhecem a verdade, mas que são motivadas pelo amor que “tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (1Co.13:7). Pessoas que ainda não carregam o título de cristãs no nome, mas que já o são no coração. Algo que será revelado ao mundo quando este reavivamento manifestar os frutos da reforma. E isso ocorrerá através do profundo e diligente estudo da Bíblia.

A resposta do Senhor por intermédio da profetisa Hulda não foi somente para Josias, mas para todo aquele que, como ele, deseja servir a Deus com inteireza de coração. E Deus terminou dizendo que ele iria morrer em paz e que seria poupado de ver o mal que sobreviria sobre o povo. Estamos muito perto de ver cumprido o juízo de Deus, e Ele também tem recolhido muitos dos Seus filhos para poupá-los de todo o mal que sobrevirá a esta terra. Mas muitos de nós O veremos voltar em vida e precisamos estar prontos para este grande Dia. É hora de enternecer o coração, de se humilhar perante Deus, de rasgar as “vestes” vergonhosas do pecado e chorar diante dAquele que fez a fiel promessa: “Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniquidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar” (Mq.7:19).

O “Livro da Lei” (v.8) está à nossa disposição, não somente como nosso alimento diário, mas para que possamos compartilhá-lo com nossos semelhantes. Não deixemos que ele fique apenas limitado à igreja, mas que seja a bússola que nos guia ao encontro do Senhor e daqueles que hão de herdar a salvação. A verdade precisa ser anunciada a todos, assim como fez Josias (como veremos no capítulo de amanhã). Mesmo que muitos se escandalizem ou não deem ouvidos, os fiéis soldados do exército do Deus vivo têm erguido a bandeira da salvação em inabalável convicção de que ainda não estão em casa. Há celebração no Céu, ansiedade por parte dos anjos, todos os seres viventes unem-se num só louvor e Cristo derrama as Suas últimas lágrimas de amor! Preparemo-nos, meus irmãos, eis que o Rei vem vindo! Vigiemos e oremos!

Bom dia, igreja do Deus vivo!

Rosana Garcia Barros

#2Reis22 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Amém!

Comentário por Antonio dos Santos Neto




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: