Reavivados por Sua Palavra


2 SAMUEL 4 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
11 de outubro de 2022, 1:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO 2 SAMUEL 4 – Primeiro leia a Bíblia

2 SAMUEL 4 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL

2 SAMUEL 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO – ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

Acesse os comentários em vídeo em nosso canal no Youtube (pastores Adolfo, Valdeci, Weverton, Ronaldo e Michelson)



2 SAMUEL 4 by Luís Uehara
11 de outubro de 2022, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/2sm/4/a>

Dois irmãos, filhos de Rimom, o beerotita, mataram Isbosete em seu leito e o decapitaram. Em seguida, levaram a cabeça de Isbosete a Davi, pensando que estavam levando boas novas. Porém, Davi não podia validar tal ato de traição como meio de elevar-lhe ao cargo de rei de todo o Israel. Ele ordenou que os dois capitães assassinos fossem executados. Ao fazê-lo, Davi declarou a todos que considerava Isbosete “uma pessoa justa” e o sepultou com dignidade. A morte e sepultamento de Isbosete significou o colapso do reino do norte e indicou que Davi estava mais próximo de se tornar rei de Israel e Judá.

Nota-se aqui a incoerência no modo como Davi lidou com os assassinos de Isbosete e com o seu próprio sobrinho Joabe, que havia assassinado Abner. Davi parecia ser fraco ao lidar com os membros de sua própria família de forma justa e aberta. Esta tendência também se fez notar na forma como Davi lidou com a rebelião e morte de seu próprio filho Absalão. Nunca é honesto tratar de forma diferente aqueles que cometem erros, sendo ou não membros da família e não importando a gravidade do erro cometido.

Samuel Wang
Centro do trabalho no Leste da Ásia
Taiwan

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2sa/4
Tradução: Pr. Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



II SAMUEL 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
11 de outubro de 2022, 0:50
Filed under: Sem categoria

637 palavras

Este capítulo apresenta outra história que mostra que Davi não teve envolvimento na morte dos membros da família de Saul. Andrews Study Bible.

1 A importância de Abner era tal que, com sua morte, o Estado de Israel se desmoronou imediatamente. O próprio Is-Bosete se mantinha ainda no poder devido à fidelidade de Abner à casa de Saul. Bíblia Shedd.

Os israelitas ficaram perturbados, porque… sabiam que provavelmente era só uma questão de tempo antes que Isbosete fosse eliminado e Davi assumisse o reino. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 667.

Is-Bosete era um homem quer retirava sua coragem e força de outro homem (Abner) em vez de Deus. Quando Abner morreu, Is-Bosete ficou sem nada. Em crise e sob pressão, ele desmoronou em medo. O medo pode nos paralisar, mas fé em confiança em Deus podem superar o medo (2Tm 1:6-8; Hb 13:6). Se confiamos em Deus, poderemos responder com firmeza aos eventos ao nosso redor. Life Application Study Bible Kingsway.

o beerotita. Beerote era uma cidade gibeonita (Js 9:17) dada à tribo de Benjamim (Js 18:25). CBASD, vol. 2, p. 667.

Jônatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado dos pés. Aqui parece haver uma quebra na narrativa. A razão para a introdução desse incidente que envolveu o filho de Jônatas [Mefibosete] é mostrar que a linhagem de Saul, nesse tempo, foi praticamente extinta com a morte de Isbosete. O filho de Jônatas seria o único candidato ao trono. CBASD, vol. 2, p. 667.

O escritor está ressaltando que, com a morte de Is-Bosete (cf. v. 6) não havia na família de Saul outro pretendente viável para o trono. Bíblia de Estudo NVI Vida.

O restante da história de Mefibosete é contada no cap. 9. Life Application Study Bible Kingsway.

estando este a dormir, ao meio dia. Ele estava descansando em sua sesta do meio-dia. Esse era um costume em muitas regiões do antigo Oriente. CBASD, vol. 2, p. 667.

pelo caminho da planície. Isto é, ao longo do Arabá, ou seja, do vale do Jordão. CBASD, vol. 2, p. 667.

6 …no texto grego (LXX) se lê: “A porteira da casa, estando a limpar a casa, cochilava e adormeceu; assim os irmãos Recabe e Baanã não foram notados”. Bíblia Shedd.

O SENHOR vingou, hoje, ao rei, meu senhor, de Saul e da sua descendência. Recabe e Baanã retratam o assassinato de Is-Bosete em termos piedosos, esperando que Davi os louvasse pelo seu ato – grave erro de cálculo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

11 Fingiam ser amigos de Davi; mas, ao se tornarem traidores do homem a quem serviam, demonstraram ser cidadãos indignos da nação de Israel. Caso alguma reviravolta nos acontecimentos colocasse Davi em situação desfavorável, não hesitariam em matá-lo, exatamente como fizeram com Isbosete. Não se podia confiar nesses homens. CBASD, vol. 2, p. 668.

Davi chamou Is-Bosete de “homem justo” [ARA; NVI: “inocente”]. Como filho de Saul, Is-Bosete tinha razões a pensar que estava na linha para o trono. Ele não era ímpio por querer ser rei. … Apesar de Davi saber que Is-Bosete não era o líder forte necessário para unir Israel, ele não tinha intenção de matá-lo. Deus havia prometido o reinado a Davi e ele sabia que Deus cumpriria Sua promessa. Life Application Study Bible Kingsway.

11 não requereria eu o seu sangue de suas mãos? Essa expressão implica pena de morte (v. Gn 9.5, 6). Bíblia de Estudo NVI Vida.

12 tendo-lhes cortado as mãos e os pés. As mãos que tinham assassinado Is-Bosete, e os pés que tinham corrido com as notícias. Bíblia de Estudo NVI Vida.

os penduraram junto ao açude. Um lugar público, onde os corpos seriam vistos por todos. A mutilação dos corpos acrescentava ainda mais vergonha aos criminosos, e o ato de pendurar os cadáveres no tanque público dava a máxima divulgação ao evento. Tal tratamento serviria como uma terrível advertência a todos de que não haveria tolerância para com tais crimes. CBASD, vol. 2, p. 668.



2Samuel 04 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
11 de outubro de 2022, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Indo Recabe e Baaná, filhos de Rimom, beerotita, chegaram à casa de Isbosete, no maior calor do dia, estando este a dormir, ao meio-dia” (v.5).

Ao tomar conhecimento da morte de Abner, Isbosete ficou apavorado. E não só ele, como todo o Israel percebeu que após a morte de Abner era só uma questão de tempo para que Davi estabelecesse o seu trono de uma vez por todas. Mas, a serviço de Isbosete, também havia mais dois “capitães de tropas; um se chamava Baaná, o outro, Recabe” (v.2). Mas então, parece que a história é interrompida no verso quatro. Uma pausa para falar sobre Mefibosete, filho de Jônatas, que ficou manco quando era apenas uma criança.

Continuando o capítulo, aqueles dois capitães, como que apenas entrando na casa do filho de Saul para buscar alimento, mataram Isbosete, “estando este a dormir ao meio-dia” (v.5), cortaram sua cabeça e a levaram até Davi, como se fosse um tipo de troféu. Se ele tanto sofreu com a morte de Abner, imagina com a morte de um dos filhos de Saul e irmão de seu amável amigo Jônatas? E assim como fez com o portador de notícias acerca da morte de Saul, o fez também àqueles malignos capitães. A recompensa que receberam por aquele troféu macabro foi a morte.

Diante do perigo que o cercava, dormir “no maior calor do dia” (v.5) era como um atentado contra a própria vida. Isto não exime, de forma alguma, a culpa dos assassinos, mas nos deixa uma advertência que Jesus insistiu em repetir:

“Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor” (Mt.24:42). Ora, o que faz um vigia? Primeira coisa e mais importante: ele fica acordado. “Ficai também vós apercebidos” (Mt.24:44).

Na parábola das dez virgens, cinco eram néscias e cinco eram prudentes. Percebam que na parábola todas acabam adormecendo. Porém, ao ouvirem que o noivo havia chegado, as prudentes prontamente preparam suas lâmpadas com o azeite adicional e seguem à festa de casamento. Enquanto que as néscias acabam com a lâmpada apagada e ficam de fora das bodas.

A nossa preparação, meus irmãos, é pessoal. Assim como as virgens prudentes não podiam encher de azeite as lâmpadas das néscias, também não podemos ser segurança de salvação para ninguém, e ninguém pode ser a nossa. É por isso que Cristo terminou a parábola com a seguinte advertência: “Vigiai”! (Mt.25:13). Baaná e Recabe foram à presença de Davi crentes de que tinham realizado um grande feito ao tirar a vida de Isbosete, e Davi os condenou à morte. As virgens néscias, mesmo com lâmpadas apagadas vão à presença do Noivo acreditando que Ele as receberá, mas dEle ouvirão: “Em verdade vos digo que não vos conheço” (Mt.25:12).

Se você permanecer em Cristo através da Palavra, examinando as Escrituras e orando em todo tempo no Espírito, com certeza, ainda que esteja enfrentando o pior calor da sua vida, ainda que os problemas estejam lhe queimando como o sol de meio-dia, quando vier o Noivo, e toda a Sua comitiva de anjos aos milhares, a sua lâmpada brilhará e iluminará o seu caminho rumo à festa eternal! “Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes […] e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios […] mas procurai compreender qual a vontade do Senhor” (Ef.5:14, 15 e 17). Vigiemos e oremos!

Bom dia, vigilantes do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#2Samuel4 #RPSP Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



II SAMUEL 4 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
11 de outubro de 2022, 0:40
Filed under: Sem categoria

II SAMUEL 4 – Buscar pelo poder é perigoso. Ambiciosos fazem política almejando promoção. Inclusive estratégias assassinas são praticadas visando a vantagens pessoais. E, pode-se ir fundo ao ponto de usar Deus para justificar atitudes imorais e perversas.

A deserção de Abner e depois seu assassinato enfraqueceu o rei descendente de Saul, favorecendo ao reino de Davi, que até então só regia sobre Judá. Baanã e Recabe assassinaram e decapitaram Isbosete enquanto tirava uma sesta ao meio-dia. Desta forma, o único rival de Davi era Mefibosete, o filho sobrevivente de Jônatas, o qual era aleijado e não representava ameaça ao reino dravídico (II Samuel 4:1-7).

Após transpassarem seu abdômen, deceparam a cabeça de Isbosete e a levaram a Davi; alegando, assim, terem cumprido a vingança divina sobre a casa de Saul (I Samuel 15:17-18), na expectativa de obter favor de Davi (II Samuel 4:8-12). “Os dois homens perversos tentaram sugerir que seu ato havia sido inspirado pelo Senhor. Davi, porém, sabia que não era verdade! Deus não os levaria a transgredir a lei a fim de entronizar seu rei escolhido. O Senhor era plenamente capaz de cumprir Suas promessas a Davi sem a ajuda de assassinos. Ele os acusou de serem mais culpados do que o homem que havia assumido o crédito da morte de Saul e ordenou a execução imediata. O corpo dos dois foi exposto de modo vergonhoso, enquanto a cabeça de Isbosete foi enterrada com honras na sepultura de Abner”, comenta William MacDonald.

Como Baanã e Recabe, muitas pessoas se orgulham de atitudes das quais deveriam ter vergonha.

Traição, ambição, politicagem e exploração foram pecados que Davi cortou pela raiz para não proliferarem em seu reino. Sua atitude foi radical, pois tais males surgiram com Lúcifer contra o governo de Deus a tal ponto de suscitar guerra no ambiente perfeito do Céu (Apocalipse 12:7-9).

Na cosmovisão divina, a interpretação dos fatos contrasta com a cosmovisão dos reinos pagãos. Não há vantagem real na politicagem. Interpretar atos impróprios como bênção de Deus certamente atrai a condenação de justos, não premiação.

A arte de rejeitar o favor de bajuladores que conspiram contra seus superiores a fim de obter nossa atenção e simpatia significa aprender a viver com sabedoria. Portanto, renovemos nossa mente e reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: